Baixe o melhor Livros Para Aprender Francês online. Formatos: PDF, kindle, ebook, ereader, epub

Procurando por Livros Para Aprender Francês gratuitamente para desfrutar de uma boa leitura? Você veio ao lugar certo! No booksbonus.com, oferecemos uma grande variedade de Livros Para Aprender Francês para que você nunca pare de ler. Por acreditarmos que o acesso à cultura deve ser gratuito e gratuito, em nosso catálogo você encontrará as melhores opções para conhecer autores clássicos e atuais.

DMCA.com Protection Status Copyright Infringement Warning: Wordslovers do NOT host any copyrighted material. All content links are provided by Google Search Results and are linked from/to their respective hosts domains.

Melhores livros em Livros Para Aprender Francês para download em PDF gratuitamente

Se você é apaixonado por Livros Para Aprender Francês, pesquise em nosso website. Você encontrará uma grande variedade de títulos de livros escritos por autores famosos, contemporâneos, clássicos e novatos. Nosso objetivo é que você possa ter uma grande biblioteca virtual para que possa satisfazer seu desejo de ler e desfrutar de uma boa leitura.

Francês Básico-Livro.pdf - eduCAPES

Salut, em nossa primeira aula você vai conhecer o vocabulário necessário para realizar sua apresentação pessoal em língua francesa, além de estudar aspectos.

LE GUIDE PRATIQUE DU FRANÇAIS GUIA PRÁTICO DO ...

Foi pensando em tudo isso que criei este e-book para te motivar a aprender o francês. Para você me conhecer mais, também deixo os links das minhas redes sociais ...

Aprenda-Frances-Sozinho-Aula-04.pdf

Áudio livros são ótimos para treinar intonação. ... para você se familiarizar com o francês escrito e para aprender palavras novas.

aprenda francês - ILA France

Se você pretende aprender Francês rapidamente para se comunicar com confiança, e também estudar em uma das ... de trabalho ou apenas recomendar-lhe livros.

Sites, recursos e materiais úteis para a disciplina de Francês.

A conta grátis permite ao professor criar 40 livros. https://bookcreator.com/. Criação de fichas de trabalho online. Plataforma muito bonita e atraente ...

E aí, Chloé? | uma estória para você aprender a aprender o ...

Livro texto - v. 2. Caderno de atividades. ISBN: 1. Língua francesa – Estudo e ensino. 2. Aprendizagem. I. Silva,.

COMO APRENDER FRANCÊS: - HubSpot

Sem nem saber, estávamos entrando em contato com um dos métodos mais eficientes de aprendizado de línguas: livros infantis e jogos de memorização. Aprender.

EBOOK - FALAR FRANCÊS V2 - PDFCOFFEE.COM

Ou você está simplesmente afim de começar a estudar sozinho ou de acelerar o que aprende nas aulas com seu professor? Então este livro é para você. Mas se você ...

Novo methodo, ou principios de pronuncia franceza, appli

aprender o francês sem auxiliar de mestre. ... dos livros úteis, 1878.239 ... Burgain, Luís António: O livro dos estudantes da lingua franceza. Rio de.

texto completo.pdf - Locus UFV

três livros didáticos de Francês língua estrangeira (LDFLE) utilizados no curso de ... Aprender uma língua através do norteamento de professores e de livros ...


Livro de Vocabulário Francês: Uma Abordagem Focada Em Tópicos

por Pinhok Languages

Este livro de vocabulário contém mais de 3000 palavras e frases em francês que estão agrupadas por tópico para poder escolher mais facilmente o que deve aprender primeiro. Além disso, a segunda metade do livro contém duas secções de índice remissivo que podem ser utilizadas como dicionários básicos para procurar palavras em qualquer uma das duas línguas. As três partes juntas fazem com que este livro seja um excelente recurso para os estudantes de todos os níveis.
Como utilizar este livro de vocabulário de francês?
Não sabe por onde começar? Recomendamos que estude primeiro os capítulos dos verbos, adjetivos e frases da primeira parte do livro. Isto dar-lhe-á uma excelente base para estudar mais e suficiente vocabulário em francês para a comunicação básica. Os dicionários na segunda metade do livro podem ser utilizados sempre que precisar de procurar palavras que ouve na rua, palavras em francês para as quais quer saber a tradução ou simplesmente aprender algumas palavras novas por ordem alfabética.

Algumas reflexões finais:
Os livros de vocabulário existem há séculos e, tal como acontece com tudo o que existe há algum tempo, não são muito modernos e são um pouco aborrecidos, mas normalmente funcionam muito bem. Juntamente com as partes básicas do dicionário de francês, este livro de vocabulário de francês é um excelente recurso para apoiá-lo no processo de aprendizagem e é particularmente útil quando não tiver acesso à Internet para procurar palavras e frases.

5,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Memorização para aprender idiomas

por Marcos da Costa Gois

 Memorização para aprender idiomas foi feito para todos que desejam aprender um novo idioma, mas, em especial, para aqueles que sentem grande dificuldade nesse processo. Para quem se sente desmotivado, desanimado, crente de que nunca conseguirá aprender uma nova língua, este livro será uma ferramenta extremamente útil! A proposta da obra é a de servir de apoio para que o leitor consiga, ao utilizar as técnicas de memorização apresentadas, acelerar e tornar mais fácil o seu aprendizado. O autor ensina como planejar e estabelecer metas específicas, realizáveis mediante atividades diárias.

5,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Amor no Riacho do Lobo

por Ailene Frances

Faíscas voam, mentiras se desenrolam e equívocos que levam ao perigo são cometidos quando um rico pecuarista do Texas esconde sua identidade ao conhecer a filha mimada e rica de um empresário de Nova Orleans que havia sido prometida cegamente em casamento a ele.
Aiden é um bonito e sexy dono de fazenda no Texas, que foi abordado por um parceiro de negócios de Nova Orleans para se unir em casamento com a filha dele. Querendo ver sua futura esposa em seu próprio elemento, sem que ela soubesse quem ele era, ele alega ser a pessoa enviada para buscá-la. Pauline é a filha mimada que resiste a casar com um homem que ela tem certeza que se parece com um sapo velho e, depois de se apaixonar pelo cowboy sexy que fora enviado para buscá-la, foge e é capturada por traficantes cruéis. Agora, Aiden deve encontrá-la e resgatá-la... bem como confessar sua verdadeira identidade.
Ele a encontrará a tempo de salvá-la de um destino tão cruel? E.... Eles serão capazes de sobreviver aos perigos que os ameaçam, aprender a amar um ao outro e superar tudo isso por uma vida feliz juntos?

5,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

A Opção Pela Espada

por Pedro Marangoni

No início da década de setenta tínhamos duas opções políticas claras e em oposição. Escolhi a que melhor representava o modo de vida que herdei de meus antepassados, que ajudaram com a liberdade da democracia, a construir uma Civilização que dava oportunidade para todos em função de sua capacidade de trabalho e não o nivelamento forçado do desejável mas utópico Socialismo. Esta Civilização tinha um inimigo em pleno ataque, por que esperar que ele viesse à nossa casa, ao nosso País? Por que não combatê-lo onde quer que estivesse? Com a força de minha juventude, optei pela luta, optei pela espada... O nosso planeta estava em plena guerra fria, eufemismo para designar o confronto quente, sangrento entre EUA e URSS, hipocritamente terceirizado e espalhado em dezenas de pequenas guerras aparentemente locais e vivíamos o paradoxo de assistir os EUA enfrentar e imiscuir-se em assuntos internos de aliados. O utopismo, optimismo ingênuo, desconhecimento histórico dos outros povos, faziam com que a administração Kennedy tropeçasse a cada passo dado em nome da autodeterminação dos povos, baseados em um conceito anticolonialista paternal e inconsequente, esquecidos que os EUA eram fruto da dominação colonial. Em busca do apoio africano na guerra fria, a nação mais poderosa da terra resolveu medir forças com países aliados, anticomunistas, mas que ainda mantinham suas colônias em África. Financiou e instigou o terrorismo bárbaro contra o colono branco, principalmente em Angola, colônia portuguesa onde, ao modelo das outras possessões lusas, vivia-se em paz e em progresso lento mas contínuo, sem a rapina que caracterizava outras nações colonialistas. O português, desde sempre com as costas voltadas para Europa, quase jogado ao mar pelo onipresente e único vizinho, Espanha, sentia-se mais africano que europeu em seu viver aventureiro, que o levou a construir um Império que chegava até a China. Salazar, um regente orgulhoso e com profunda noção histórica de Portugal no mundo, reagiu em força quando confrontado com os massacres da UPA de Holden Roberto no norte de Angola, recuperando o território em alguns meses, num notável feito de armas, dada a distância dos eventos e os poucos recursos com que contava. Em África, Ocidente e a Cortina de Ferro se defrontavam, com visível vitória da URSS, muitas vezes facilitada pela intervenção equivocada de Kennedy. E a guerra colonial portuguesa prolongou-se em três frentes, Guiné, Angola e Moçambique. Eram os valores ocidentais em jogo e foi neste palco de guerra que mergulhei sem pensar nas incongruências políticas, mas disposto unicamente a lutar o verdadeiro combate, destruir o inimigo onde estivesse e ocupar o terreno. Defender minha pátria, Brasil, em África! Aos 23 anos de idade era piloto militar e paraquedista, mas teria que aprender a lutar com os pés no chão, na Infantaria, se quisesse sobreviver... Lancei-me ao desafio e os anos que se seguiram suplantaram até os meus mais audaciosos sonhos. Da Força Aérea Brasileira a infante na Legião Estrangeira Francesa; de instrutor de Educação Física a chefe de Milícias na guerra colonial em Moçambique; de piloto de observação a comandante de um Grupo Blindado na guerra civil em Angola; de guerrilheiro a instrutor de comandos na Rhodesia; de agente de informações na Espanha a “escritor reacionário” em Portugal... Escapando de ciladas, perseguido como marginal perigoso me tornei novamente legionário, desta feita na ilha de Fuerteventura, nas costas do Sahara Espanhol. Era ciclo que se fechava, em oito anos de lutas, em dois continentes, em oito países, sob sete bandeiras.

5,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Aprender Espanhol: Expressões idiomáticas ‒ Locuções cotidianas ‒ Provérbios

por Linda Milton

Aprenda Espanhol divertindo-se!

Em Espanhol, quando uma pessoa morre, você pode dizer que esticou a perna (estirar la pata) ou que vai fazer crescer as malvas (andar criando malvas).
Quando alguém está puxando o saco do seu chefe, você pode dizer que está “fazendo-lhe a bola” (hacer la pelota).

Memorize 200 expressões idiomáticas, locuções cotidianas e provérbios em Espanhol, e divirta-se comparando-os com suas versões em Português!

4,9/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Direto ao pão: receitas caseiras para todas as horas

por Luiz Américo Camargo

Que pão você quer para o seu café da manhã? Pão francês? Baguete? Um pão rústico, bem cascudo, ou um pãozinho de leite ultramacio? Todas essas receitas estão aqui. E ainda tem broa portuguesa, pão sírio, pão de hambúrguer e de cachorro-quente, focaccia, ciabatta, chocotone... São cerca de 30 tipos diferentes de pão (quase todos com fermento biológico), além de sugestões de recheios, acompanhamentos e reaproveitamentos, num total de 40 receitas. direto ao pão é um guia completo para quem quer se iniciar na panificação caseira. Da escolha dos ingredientes ao resfriamento pós-forno, você vai aprender em detalhes todas as etapas para assar o filão perfeito. Luiz Américo Camargo, autor de sucesso com pão nosso (também publicado pela parceria Panelinha-Senac), ensina estratégias para controlar o tempo e não ficar preso na hora do preparo. Com planejamento, você dribla a correria e encaixa o pão — e aquele perfume que sai do forno! — na sua rotina. E para você ler entre uma sova e outra, o livro ainda traz as crônicas do padeiro, numa prosa deliciosa como as fornadas.

4,8/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

As melhores receitas do Que Marravilha!

por Claude Troisgros

O primeiro livro do chef francês Claude Troisgros da Globo Estilo em parceria com o canal de TV a cabo GNT.Quem já não se viu às voltas com um arroz empapado ou titubeou na hora de limpar o alho-poró? Quem já quis preparar um jantar romântico e na hora H precisou recorrer a um delivery porque a comida ficou simplesmente intragável? Para evitar desastres como esses, ou esclarecer dúvidas simples como a melhor maneira de manipular alimentos, basta abrir e folhear As melhores receitas do Que Marravilha!.
O programa homônimo que vai ao ar desde 2010 pelo GNT toda quinta-feira, às 22h, e já está em sua quinta temporada, é a base do livro, que traz receitas preparadas pelo chef. No Que Marravilha!, Claude ensina os participantes a fazer maravilhosos pratos – que eles depois reproduzem em suas casas para avaliação do chef e de convidados. Por vezes, Claude prepara receitas especiais e chama convidados famosos para acompanhá-lo, como o guitarrista dos Titãs Tony Bellotto, as atrizes Camila Pitanga e Flávia Alessandra, a apresentadora Maria Paula e o cantor Paulo Ricardo.
Ricamente ilustrado e dividido em seis capítulos – Entradas, Carnes, Peixes, Massas, Sobremesas e Dicas –, As melhores receitas do Que Marravilha! ensina, de modo objetivo, a criar pratos saborosos, como a rabada desfiada com polenta de agrião ou o crepe de bacalhau e alho-poró gratinado. Ainda que o leitor seja uma negação na cozinha, como a maioria dos participantes que foi selecionada pelo site do programa, vai aprender com os ensinamentos de Claude a dominar as panelas.
Na introdução, o chef diz: “as receitas foram criadas com muito carinho e podem ser repetidas e interpretadas de maneira fácil e divertida. Repetindo uma frase do meu avô Jean Baptiste: ‘Para ser feliz, o cozinheiro tem de ser generoso e livre’”. Cada receita é acompanhada por uma ou mais dicas, para que o cozinheiro não se perca no momento de fazer o prato. No caso do crepe de bacalhau, por exemplo, Claude dá uma sugestão preciosa: “Prefira um bacalhau bem gordo, para que na hora em que ele for levado para cozinhar possa se desmanchar”. Quem for do tipo “formiguinha”, que não dispensa um doce depois do almoço, tem de levar em conta um truque básico para preparar o petit gateau, uma das sobremesas que mais fazem sucesso: “A farinha de trigo peneirada torna a massa mais aerada, mais leve”.
Com todo o saber de Claude, que generosamente compartilha sua experiência culinária com o leitor, encarar o fogão acaba se tornando um prazer. Que marravilha!

4,8/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Chef Profissional: Edição 9

por Instituto Americano de Culinária

Chef profissional é essencial para qualquer chef que deseje aprender e aperfeiçoar suas técnicas. Essa bíblia dos chefs reflete, como poucas obras, a forma como as pessoas cozinham e comem, e ainda procura discutir uma vasta gama de assuntos, que vão de uma análise do trabalho do chef a capítulos específicos sobre molhos, sopas, carnes, vegetais, grãos, café da manhã, bolos, pães etc., de receitas simples a preparações mais sofisticadas. O livro inclui informações essenciais sobre nutrição, segurança alimentar e da cozinha, equipamentos e ingredientes, assim como mais de 640 receitas e suas variações.

4,8/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Espanhol - Aprender espanhol de forma fácil e rapidamente (Vol 1): 12 histórias com textos paralelos para aprender espanhol sozinho

por Mobile Library

¡Hola!
Oi! ou Olá

Você entendeu esta primeira palavra em espanhol?
Sim, você entendeu!


Por quê?
Porque foi introduzido usando uma nova técnica que torna o aprendizado de idiomas mais fácil do que nunca: leitura bilingüe (texto paralelo). Criámos este livro usando essa técnica para aprender espanhol rapidamente, de maneira agradável e sempre que você quiser.


Como isso funciona?
É simples: a leitura bilingue funciona lendo duas versões do mesmo livro ou texto ao mesmo tempo.
Uma versão estará no idioma que você quer aprender (nesse caso, vamos ajudá-lo a aprender espanhol) e a outra versão estará no seu idioma nativo ou em outro idioma com o qual você se sinta confortável; aqui vamos usar o português.

Usando este método, você rapidamente começará a descobrir o significado das palavras em espanhol e acumulará um vocabulário que em breve permitirá que você leia textos mais complexos sem ter que gastar horas e horas pesquisando cada palavra em um dicionário e tentando memorizá-la.

Para ajudá-lo a aprender espanhol de uma forma divertida, reunimos um grupo muito especial de 12 pequenos contos em espanhol. Estas 12 histórias curtas para iniciantes foram escritas usando gramática simples para iniciantes e ajudarão você a obter mais vocabulário e compreensão em espanhol, com textos paralelos. Um formato excelente para quem quer aprender a falar espanhol sozinho e aprender a falar espanhol rapido.

Usando texto paralelo em espanhol e português, este livro aumentará sua capacidade de compreender a leitura bilíngüe e maximizar o tempo gasto na leitura.

O livro está organizado como um livro de aprendizagem em espanhol: você pode começar lendo cada parágrafo de cada história nos dois idiomas (em espanhol e português), ler a seguir toda a história em cada idioma, ler novamente para consolidar o básico do idioma espanhol.

Dessa forma, você sentirá o progresso de aprender a língua espanhola ao passar de uma história para outra e verá seu vocabulário crescer em espanhol à medida que sua compreensão da leitura bilingue aumentar.

Este livro permite que você aprenda espanhol facilmente e, ainda mais, você pode aprender espanhol rapidamente e de uma forma agradável, é uma excelente ajuda para quem procura aprender espanhol para brasileiros ou simplesmente espanhol para estrangeiros.

Vamos começar a aprender espanhol?
Vamos!

4,7/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Inglês ( Inglês Para Todos ) Aprender Inglês Com Imagens (Vol 2): 100 imagens com 100 palavras e texto bilingue sobre Animais

por Mobile Library

Bem vindo ao segundo volume destes livros que te permitem aprender facilmente uma nova língua com a ajuda de imagens.
Aqui encontrarás mais 100 imagens e textos bilingues que te irão ajudar a aprender os nomes dos teus animais favoritos!

Este livro junta as duas melhores formas de aprender inglês:
- O método Palavra com Imagem
- A Leitura Bilíngue Inglês Português

Aprender vocabulário em Inglês com este livro é muito simples:
- Veja a foto
- Leia o nome em Inglês
- Leia a palavra correspondente em Portuguès

Cada nova imagem irá ajudá-lo a memorizar uma palavra no novo idioma.
Basta ver a foto e aprender uma nova palavra, depois passe para a próxima imagem e faça da mesma forma.
Passo a passo, você verá que começa a entender e memorizar mais e mais palavras em Inglês!

Basta ver a foto e aprender a falar em inglês.
É a maneira mais fácil de aprender inglês sem mestre!

4,6/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Por uma Vida Mais Doce: À Francesa

por Danielle Noce

As melhores receitas francesas do "I Could Kill For Dessert", o maior site de confeitaria do Brasil, agora em suas mãos! "Por uma Vida Mais Doce: À francesa" traz 10 receitas antigas mas com o toque de fada madrinha de Danielle Noce. Nunca foi tão fácil - e gostoso - aprender a fazer macarons, charlotte de frutas vermelhas e o tradicional Bûche de Noel. O e-book contém, ainda, preciosas informações sobre utensílios e ingredientes, além de diversas receitas de massas e cremes que servem como base para várias outras. Explicadas de maneira muito simples, as receitas são acompanhadas de belíssimas fotos que ajudarão você a montar perfeitamente cada prato. E não se preocupe se não conseguir entender algum passo do modo de fazer: o livro traz alguns vídeos para que você possa ver a Dani preparando as receitas com muita graça e doçura. Este e-book faz parte do livro "Por uma Vida Mais Doce", de Danielle Noce, com ilustrações e projeto gráfico de Bia Sanches. O livro completo reúne mais de 170 receitas, entre inéditas e as melhores do site "I Could Kill For Dessert". * Este e-book é melhor visualizado em tablets e celulares.

4,6/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Um CEO para chamar de meu

por Lucy Berhends

Laís Oliveira é uma garota com grandes sonhos profissionais que luta bastante para alcançá-los. Ela foi criada no interior, mas veio para a cidade grande em busca de vencer por seus próprios esforços. Quer terminar seu mestrado e se tornar professora universitária.Antony Cavalcanti é um CEO viciado em controle. Ele cuida de tudo o que lhe pertence e os mantêm em segurança, mas talvez precise aprender que pessoas não são propriedades de ninguém.Eles se esbarram, literalmente, e juntos vão construir uma história cheia de sedução, prazer e sentimentos que os confundem. Conflitos, ciúmes e obstáculos podem ser apenas alguns dos ingredientes que os desafiarão até que o amor fale mais alto e, finalmente, alcancem seu 'happy end'.Laís e Antony o convidam a conhecer e a participar desse intenso enredo que envolve conquista, surpresas, raiva, sexo, e muito, muito amor.

4,6/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Escola dos Deuses: Formação dos líderes da nova Economia

por Elio D'Anna

Já publicado em italiano, grego, turco, romeno, inglês, alemão hebraico, francês e chinês, é best-seller na Turquia desde 2005. Dirigido a empreendedores, estudantes e todos aqueles que querem relembrar seu sonho e vê-lo realizado, narra a história do renascimento de um ser humano comum, que encontra um ser extraordinário – o Dreamer – e ao lado dele aprende a sair da mediocridade de uma vida infeliz, mecânica e repetitiva, de pensamentos obsoletos e hábitos arraigados, e retornar a um estado de integridade, por intermédio de uma revolução individual, pois a mudança ocorre dentro, não fora do ser humano. Assim surge um novo paradigma para a vida humana neste planeta, cuja essência é uma Economia baseada no ser e não no ter, que se manifesta por meio de um trabalho íntegro, brilhante, bem-sucedido e plenificante dos sonhadores pragmáticos, líderes de uma nova realidade. Felicidade é Economia, a riqueza, o bem-estar e a beleza são direitos de nascença de todo ser humano. É possível harmonizar aparentes antagonismos: Economia e Ética, Ação e Contemplação, Poder Financeiro e Amor. Com essa base nasce de fato a European School of Economics. "Vocês vieram aqui aprender agora a sonhar um novo sonho. É uma revolução que reverterá sua velha e estreita visão com suas terríveis projeções que vocês alimentaram por tantos anos. Guerras, doenças, miséria e morte desaparecerão deste planeta se vocês entenderem que tudo provém de dentro e que tudo pode ser mudado por meio de um novo sonho – um poderoso movimento que fará nascer uma nova realidade."

4,5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

500 frases de francés para aprender en 5 días

por Marion Bernard

El método Wilson le presenta una guía de conversación imprescindible con el vocabulario y las frases esenciales que debe conocer si va de viaje. Se trata de un método serio, lúdico y agradable, adecuado para todos. La organización por grupos de contenidos, en función de las necesidades que se puedan presentar, facilitará el aprendizaje y la rápida consulta: — En el aeropuerto, en la estación, en el puerto…; — Fórmulas de cortesía, la estancia en el hotel; cómo pedir una dirección o preguntar la hora; — Ir de tiendas, al médico, reservar mesa en un restaurante; — Ir al banco, a una oficina de correos, a la peluquería; — Salir airoso de situaciones como poner una denuncia en la comisaría o explicar la avería del coche al mecánico. Sin perder el tiempo con informaciones innecesarias, con dos lecciones por día y en una semana de trabajo podrá aprender las frases necesarias para disfrutar de sus fines de semana en París, Mónaco, Bruselas…

4,5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Amor: A Dinâmica da Felicidade nos Relacionamentos

por Daniel Marques

Desde tempos imemoriais que o tópico do amor tem assumido diferentes manifestações consoante os diferentes estratos da sociedade. Ainda assim, as muitas perspetivas existentes assumem uma congruência impressionante independentemente de onde nos situemos. Mas ninguém melhor que os artistas – pintores, músicos, poetas, escritores, … para levar os significados associados ao amor para os mais altos patamares possíveis da consciência. Perante tamanha importância dada a um assunto como nunca antes se viu, porque será que o amor é ainda hoje um assunto que gera tanta discordância? Possivelmente porque todos somos diferentes na nossa individualidade e, em simultâneo, queremos acreditar ser capazes de amar. É uma necessidade de tal modo intrínseca e importante que não abdicamos das nossas conceções pessoais sobre este assunto.
A abordagem da presente obra surge de experiências pessoais e de pesquisas feitas no sentido de comparar a abordagem que os diferentes povos ocidentais e orientais possuem sobre este assunto. Desde os latinos europeus, como os Espanhóis, os Portugueses e os Italianos, passando pelos Franceses e os Americanos, sem esquecer a América Latina de povos como os Brasileiros e o Oriente da China e da Rússia, todas as diferentes abordagens foram unidas numa análise pessoal sobre as diferentes perspetivas.
Não obstante a importância de todo este cruzamento de informações, a abordagem religiosa sobre o amor possui nesta obra também um papel crucial, não sendo colocada de lado, mas antes como parte integrante para compor um conhecimento mais amplo e profundo sobre esta temática. O modo como as relações entre homem e mulher são vistas no plano religioso possuem diferenças históricas, mas também diferenças de acordo com cada culto e organização. Ainda assim, sem se fazer uma análise diferencial neste campo, procurou-se antes extrair uma linha condutora entre todos os grupos e entre estes e o modo como as pessoas vivem o amor, assim concretizando um discurso comparativo entre as diferentes formas de expressão do amor e seus resultados consequentes.
De um modo global, a abordagem única desta obra é, apesar de tudo, multicultural, multirreligiosa e científica, analisando o conceito do amor à luz de diferentes perspetivas: cultural, religiosa, mas também educacional e psicológica. A perspetiva educacional insere-se num modelo de autoajuda, em que o leitor poderá se situar face ao modo como vive o amor e aprender a experimenta-lo de modo mais profundo. A perspetiva psicológica surge na obra através de uma explicação racional de como a mente humana apreende as diferentes experiências de vida, moldando, a partir destas, as vivências posteriores no plano do amor.
A estrutura aqui apresentada pode ser por isso vista de diferentes ângulos, constituindo, sobretudo, um adequado instrumento de autoajuda na senda de descobrir, manejar, manter, sustentar e desenvolver o amor na vida de uma pessoa.
O livro encontra-se dividido em vários capítulos, que percorrem um sistema de autoanálise providenciado ao leitor através da organização da respetiva obra. Assim, numa primeira fase é explicado de que forma uma pessoa perde o amor da sua vida e o porquê das muitas dificuldades em encontrá-lo. Aqui, são expostas teorias sobre a razão pela qual as pessoas possuem tantas dificuldades em gerir relações amorosas e como as podem superar, construindo experiências mais saudáveis e benéficas.
Posteriormente, são apresentadas as muitas formas de como o amor pode ser vivenciado, desde as elementares manifestações primárias, até às manifestações mais comuns e secundárias, sem esquecer o conceito, tido como utópico na sociedade atual, de amor puro.
Permitindo ao leitor um estudo crítico sobre o significado do amor e as muitas formas como pode ser manifestado e, possibilitando-se ainda uma diferenciação do que pode ser verdadeiro ou falso no amor, facilita-se uma clarificação sobre o autoconceito alusivo a este tema.
Em seguida, apresentam-se as muitas hipóteses de como os erros face ao amor podem ser corrigidos e como esta vivência pode ser reencontrada, ou simplesmente encontrada, e vivida. Através de modelos teóricos que explicam de que modo criamos bloqueios às emoções e de como sabotamos a nossa própria felicidade, é permitido um vislumbre sobre a nossa própria consciência face à experiência de amar. 
Não deixando o leitor numa situação de desamparo, apresentam-se estratégias e técnicas terapêuticas no sentido de oferecer um instrumento de autoajuda para reabilitar para amar novamente. Após esta apresentação, o leitor é ajudado a finalmente encontrar o amor, mas também a alimentá-lo, desenvolvendo-o a patamares ilimitados.
Nesta abordagem, a obra possui respostas ao onde e como encontrar o amor de modo claro e específico, numa linearidade que conduz o leitor, desde a autoanálise à autoajuda, mas também desde as barreiras á vivência do amor até às estratégias para o desenvolver. No final, pretende-se que quem adquira estas informações obtenha uma maior consciência sobre o que significa amar e o que é o amor. Ainda que isto possa apenas ser obtido numa ótica pessoal, o objetivo do livro cumpre-se no aumento de competências para encontrar, manter e desenvolver o amor, possibilitando vidas mais felizes e amorosas. Essa é a essência da vida: Amar.

4,3/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

150 Receitas Low Carb: Receitas Saudáveis e Nutritivas Para Emagrecer, Edição 2

por Hamilton Silva

Dieta Low Carb; Descubra Agora Os Verdadeiros Sabores das Melhores Receitas Low Carb. São Receitas incríveis que você irá aprender a fazer de uma forma fácil e simples e Ainda Perder Até 10 Kgs Em Apenas 25 Dias.São Mais de 150 Receitas Saudáveis e Nutritivas, Escolhidas a Dedo Para Você, Que Vão Te Deixar Com Água Na Boca! (150 RECEITAS LOW CARB. O Guia Absolutamente Completo e Definitivo. Nesse Ebook Você Encontrará as Melhores e Mais Variadas Receitas Para Todas as Refeições Do Dia. São Receitas Que Vão Potencializar o seu Resultado De Forma Saudável e Objetiva. Receitas Que Podem Definitivamente Queimar Gordura.

4,3/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Sabores com Histórias

por Maria de Lourdes Modesto

Com o seu estilo de escrita peculiar, e enquanto referência máxima da culinária portuguesa, Maria de Lourdes Modesto regresso ao mundo das novidades editoriais com um livro em que nos revela várias curiosidades e conselhos de confecção relacionados com um sem número de ingredientes e pratos com que todos estamos familiarizados ou, então, que apenas conhecemos à distância, de ambientes mais requintados. Mas este é também, ou acima de tudo, um livro de receitas. Ao todo são mais de cinquenta entradas, peixe, carne, massas e doces - e trazem o selo de qualidade desta grande senhora da nossa cozinha.Maria de Lourdes Modesto iniciou a sua carreira televisiva em 1958. Na RTP apresentou, ao longo de doze anos, o mais popular programa culinário de que há memória no país. Foi a pioneira portuguesa do live cooking. O sucesso do formato, que partia da sua paixão pela cozinha alentejana, levou-a a alargar horizontes e a estudar a culinária francesa e as tradições gastronómicas portuguesas. Escreveu vários livros, dos quais se destacam a Grande Enciclopédia da Cozinha, Cozinha Tradicional Portuguesa (o livro de culinária mais vendido em Portugal) e Receitas Escolhidas. É conhecida como «A Diva da Gastronomia Portuguesa». Em 2004 foi nomeada Comendadora da Ordem do Mérito.

4,2/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Aprenda idiomas sem complicação - Francês

por Jefferson Ferreira

Este livro ensinará o leitor a falar e entender uma das línguas mais importantes do mundo e expandir seus horizontes!Dos negócios internacionais à literatura, do comércio à alta gastronomia, o leitor não tem como escapar do Francês, seja em um e-mail, texto ou de um interlocutor que fale o idioma. O motivo é simples: a língua de grandes escritores, como Victor Hugo, Proust e Voltaire, é uma das mais faladas em todo mundo e seu uso sempre foi associado ao aprimoramento pessoal e intelectual, busca de conhecimento e modo de vida requintado e cosmopolita.

Analisando por um ponto de vista mais contemporâneo, no entanto, também há razões de sobra para aprender francês. Parceiro comercial muito próximo ao Brasil, a França costuma contratar brasileiros para trabalhar no exterior ou para interagir com profissionais franceses em nosso País. Grandes empresas, com faturamento bilionário e presentes em todo globo, como L’Oréal, Peugeot, Citroën, Michelin, Carrefour e Danone, são francesas e tem preferência por profissionais que falem o idioma nativo da corporação.

Este livro é um guia prático para quem ainda não sabe nada de francês, mas pode ser utilizado também por quem já deu seus primeiros passos no idioma e pretende ganhar mais consistência em sua vivência e conversação. Abordando situações do dia a dia, com leveza e bom humor, é possível acompanhar as lições e conversações.

4,1/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Aprender Inglês: Expressões idiomáticas - Locuções - Provérbios

por Linda Milton

Aprenda Inglês divertindo-se!

Em Inglês, se você quiser dizer Boa sorte! a uma pessoa, paradoxalmente tem que desejar-lhe que quebre a perna (Break a leg!).
Quando você quer desejar Saúde! a alguém que acabou de espirrar, lembre-se de dar-lhe a sua bênção (Bless you!).
As aparências enganam e o hábito não faz o monge? É realmente verdade que não se pode julgar um livro pela capa... (you can't judge a book by its cover).

Memorize 250 expressões idiomáticas, locuções cotidianas e provérbios em Inglês, e divirta-se comparando-os com suas versões em Português!

4,1/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Guia Prático do Português Correto 1

por Cláudio Moreno

Entender as razões da aparentemente complicada Língua Portuguesa, aprender os seus princípios funcionais e descobrir prazerosamente as suas maravilhas: é o que o conceituado professor Cláudio Moreno pretende partilhar com leitores e alunos neste Guia prático do Português correto – para gostar de aprender. Com uma linguagem totalmente acessível e não-acadêmica, utilizando um tom coloquial bem-humorado, ágil e compreensível a todos, Moreno aborda as principais questões do nosso idioma. Este livro não dita leis rígidas, mas parte de uma ampla e moderna visão da língua, segundo a qual o uso é que define as regras, não o contrário. Moreno substitui as usuais e frias regras gramaticais pela simples explicação e compreensão dos fenômenos do Português, sempre aguçando a curiosidade dos leitores. O principal assunto deste livro é a Ortografia: são tratadas dúvidas a respeito do emprego das letras e do hífen, de acentuação e sinais e de pronúncia. Com Guia prático do Português correto – para gostar de aprender, o Português recupera sua devida dignidade, enquanto o leitor aprende e se diverte. Nesta edição, revisada e ampliada, o professor Moreno incluiu questões referentes à nova ortografia, além de um prefácio que explica as mudanças.

4,1/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Aprenda Francês em 30 Dias - Um Guia Essencial de Sobrevivência

por Martin Verbeke

Aprenda a falar francês facilmente em menos de uma hora por dia no conforto de sua casa! Este manual de aprendizado de francês planejado por um formando PhD em linguística francesa irá ajudá-lo a atingir seus objetivos, em qualquer momento, graças às lições diárias simples e eficazes apoiadas por 131 faixas gratuitas de áudio. Se você gostaria de viajar para a França ou aumentar seu conhecimento sobre a bela cultura francesa, este livro é para você! Aprender uma nova língua nunca foi tão fácil! Em Aprenda Francês em 30 Dias, o autor usa sua vasta experiência com a aprendizagem de línguas estrangeiras para criar aulas que renderão 80% dos resultados. Mínimo de esforço...para o máximo de resultados!
O que você pode esperar encontrar neste manual:
- Apenas a quantidade certa de informações para melhor assimilação diária - Todos tópicos essenciais de conversação para iniciantes - Toda gramática francesa necessária e conjugação facilitadas - Francês coloquial básico que outros manuais escondem de você - As pequenas dicas de pronúncia que farão a maior diferença - Gravações completas de lições, vocabulário e gramática - Um glossário completo com mais de mil entradas - Uma tabela de conjugação para fácil consulta - Amplos exercícios com chaves de respostas

4,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Para sempre meu Visconde

por Dawn Brower

E se contos de fadas forem reais?
Donovan Turner, Visconde de Warwick, é um charmoso rebelde. É tudo um ato para cobrir os farrapos de um coração partido. Whisky francês é seu maior aliado, e ele garante que sempre tenha um pouco ao seu alcance. Lady Estella Simms foi forçada ao exílio por seu malévolo padrasto sem qualquer forma de se suportar. Com os poucos fundos que ela tem, ela embarca em um perigoso empreendimento que nenhuma outra madame consideraria para sobreviver: contrabando.
Em uma virada do destino, Donovan acaba como um passageiro clandestino à bordo do navio de Estella — bêbado demais para se lembrar como — e chocado ao encontrar a única mulher por quem se apaixonou e também quase o destruiu. O perigo está próximo, e precisam confiar um no outro para sobreviver. Lord Warwick e Lady Estella precisam aprender a confiar um no outro novamente, e decidir se o amor é poderoso o suficiente para dominar o mal que impede que sejam felizes para sempre.

4,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Como Cozinhar em um Instante: Mesmo se Você Nunca Cozinhou Sequer um Ovo

por Prasenjeet Kumar

Nunca cozinhou um ovo antes, mas deseja aprender a arte mágica de cozinhar? Então não saia de casa sem este Livro de Receitas de Sobrevivência.

Este livro, por Prasenjeet Kumar, reconta com inteligência e humor, as experiências autobiográficas do autor em participar de um "ritual de encontrar comida... (e) atrapalhar-se na terra das maravilhas da cozinha em Londres, onde ele buscou por quatro anos a graduação em Direito assim como um diploma no Curso de Práticas Jurídicas.


Onde este livro supera outros livos de receita "como fazer" é porque ele não trata nenhuma pergunta como "estúpida demais". Outra característica única é sua abordagem muito lógica e estruturada na qual segue-se um processo de "evolução" passo a passo.


Inicia-se com algumas técnicas muito básicas de culinária como quebrar, escalfar, fritar, cozinhar (e descascar, que também é uma habilidade) um ovo, aprende-se como lidar com frango, legumes e verduras, e peixe e depois "evolui-se" para fazer receitas "complicadas" como omelete de queijo, legumes gratinados, frango assado ou sopa francesa de cebola.


A ideia de progressão é lógica e quase de senso comum. Por exemplo, assim que cozinhar um ovo, você aprende como fazer um sanduíche de ovo e depois evolui para fazer um sanduíche de ovo grelhado. Da mesma forma, você aprende primeiramente a cozinhar um frango, depois a usar o caldo para fazer sopa de frango com milho doce, e a usar o frango cozido para fazer um frango empanado estilo KFC.


Mais singular ainda, o livro ensina o conceito de "sequenciamento e processamento paralelo" para capacitar pessoas ocupadas a criar uma refeição com 3-4 pratos em menos de 30 minutos.


Keywords: cozinhar para iniciantes, livro de receitas da faculdade saudável e fácil, cookbook básico, como cozinhar tudo, livro de culinária da faculdade, como cozinhar, melhores livros de culinária para iniciantes, receitas rápidas e fáceis, cookbook de sobrevivência, cozinhar para solteiros

4,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Aprender Inglês: Palavrões ‒ Insultos ‒ Palavras relacionadas ao sexo

por Linda Milton

Como dizer palavrões em Inglês?Se você está curioso(a), este é o ebook certo para você.
Para sua conveniência, eu o dividi em três seções: expressões e exclamações de raiva ou frustração, insultos e, por último, palavras relacionadas ao sexo.
Tenho uma recomendação para você: divirta-se, e por uma vez na vida, esqueça as formalidades!

3,9/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Aprender Francês: Expressões idiomáticas ‒ Locuções ‒ Provérbios

por Carlos Aguerro

Aprenda Francês divertindo-se!

Em Francês, quando algo não lhe cheira nada bem, você pode dizer que há uma enguia debaixo de uma pedra (Il y a anguille sous roche). 
Se você está com uma fome de leão, pode exclamar que tem o estômago nos calcanhares (Avoir l'estomac dans les talons). 


Memorize mais de 130 expressões idiomáticas, locuções cotidianas e provérbios em Francês, e divirta-se comparando-os com suas versões em Português!

3,8/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

O Pequeno Lorde

por Frances Hodgson Burnett

«"Preferia não ser conde. Nenhum dos meninos é conde. Não poderei não ser conde?" Contudo, parecia inevitável.» Deste modo, Cedric Errol, um menino de sete anos que vive com a mãe em Nova Iorque, diz adeus aos seus amigos - o Sr. Hobbs, o merceeiro, e Dick, o engraxador -, e parte para Inglaterra, onde irá ser lorde Fauntleroy e terá de viver num castelo com o avô, um homem muito rico e muito mal-humorado que detesta americanos. Mas o pior de tudo é que Cedric terá de viver afastado da mãe. Contudo, o pequeno lorde não tardará a mostrar ao avô que o Velho Mundo tem muito a aprender com o Novo.

3,7/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Aprender Francês - Textos Paralelos - Fácil de ouvir - Fácil de ler - Curso de áudio N.o 3

por Polyglot Planet

O EASY READER - CURSO DE ÁUDIO DE FRANCÊS N.º 3ÁCIL DE OUVIR - FÁCIL DE LER - FÁCIL DE APRENDER


Este é o nosso mais recente e definitivo curso para aprender idiomas.


É relativamente novo na aprendizagem de Francês ou precisa de rever as suas competências linguísticas? Deseja não só falar como um falante nativo, mas também compreendê-los claramente? Bem-vindo a Polyglot Planet. Fornecemos - lhe as ferramentas certas, energia, e motivação para compreender e falar Francês com confiança.


Aprenda a falar Francês quase instantaneamente com os nossos textos “Easy Reader” e gravações “Easy Audio”. Aprenderá a utilizar o Francês do dia a dia duma forma consistente e eficaz, e sem precisar de conhecimento prévio de gramática ou de estruturas de frases. E não apenas isso! Também aprenderá vocabulário chave, frases e conjugações num ambiente estruturado, concebido para o ajudar a construir uma fundação sólida que nunca esquecerá.


Com os nossos “Aprenda Francês - Cursos Easy Reader | Easy Audio”, aprenderá rapidamente a ouvir e falar ao nível necessário para conversar com um falante nativo. O nosso tutor de áudio ajudá-lo-á a aperfeiçoar a sua pronúncia e compreender a gramática, evitando ao mesmo tempo a fastidiosa leitura de livros didáticos. Você estará a falar Francês minutos depois de fazer o nosso curso!


São fornecidas traduções como guia para o ajudar a fazer associações de palavras, comparar estruturas de frases, e aprender vocabulário novo. O nosso material é agradável, atual, e feito para si. Aprender Francês pode ser bastante divertido - compre já este curso e comece a falar Francês hoje!

3,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

O Macaco Maroto Ajuda o Sr. Carpinteiro - Singe Filou aide M. Charpentier: História Bilíngue em Francês e Português

por Colin Hann

O Macaco Maroto tem um talento especial para se meter em sarilhos. Nesta história, o Sr. Carpinteiro tenta substituir uma porta que o Macaco Maroto partiu, mas não é assim tão fácil quando o Macaco Maroto está por perto a assistir.

Este livro bilingue é ilustrado, dirigido a crianças bilingues e alunos de língua francês com conhecimento básico ou intermédio, que querem estudar um texto nas duas línguas, francês e português. Ler este divertido livro bilingue ajudará a aprender francês. Esperamos que gostes da história.
 

1,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Aprender Francês - Textos Paralelos - Fácil de ouvir - Fácil de ler - Curso de áudio N.o 1

por Polyglot Planet

O EASY READER - CURSO DE ÁUDIO DE FRANCÊS N.º 1ÁCIL DE OUVIR - FÁCIL DE LER - FÁCIL DE APRENDER


Este é o nosso mais recente e definitivo curso para aprender idiomas.


É relativamente novo na aprendizagem de Francês ou precisa de rever as suas competências linguísticas? Deseja não só falar como um falante nativo, mas também compreendê-los claramente? Bem-vindo a Polyglot Planet. Fornecemos - lhe as ferramentas certas, energia, e motivação para compreender e falar Francês com confiança.


Aprenda a falar Francês quase instantaneamente com os nossos textos “Easy Reader” e gravações “Easy Audio”. Aprenderá a utilizar o Francês do dia a dia duma forma consistente e eficaz, e sem precisar de conhecimento prévio de gramática ou de estruturas de frases. E não apenas isso! Também aprenderá vocabulário chave, frases e conjugações num ambiente estruturado, concebido para o ajudar a construir uma fundação sólida que nunca esquecerá.


Com os nossos “Aprenda Francês - Cursos Easy Reader | Easy Audio”, aprenderá rapidamente a ouvir e falar ao nível necessário para conversar com um falante nativo. O nosso tutor de áudio ajudá-lo-á a aperfeiçoar a sua pronúncia e compreender a gramática, evitando ao mesmo tempo a fastidiosa leitura de livros didáticos. Você estará a falar Francês minutos depois de fazer o nosso curso!


São fornecidas traduções como guia para o ajudar a fazer associações de palavras, comparar estruturas de frases, e aprender vocabulário novo. O nosso material é agradável, atual, e feito para si. Aprender Francês pode ser bastante divertido - compre já este curso e comece a falar Francês hoje!

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Aprender Francês - Textos Paralelos - Fácil de ouvir - Fácil de ler - Curso de áudio N.o 2

por Polyglot Planet

O EASY READER - CURSO DE ÁUDIO DE FRANCÊS N.º 2ÁCIL DE OUVIR - FÁCIL DE LER - FÁCIL DE APRENDER


Este é o nosso mais recente e definitivo curso para aprender idiomas.


É relativamente novo na aprendizagem de Francês ou precisa de rever as suas competências linguísticas? Deseja não só falar como um falante nativo, mas também compreendê-los claramente? Bem-vindo a Polyglot Planet. Fornecemos - lhe as ferramentas certas, energia, e motivação para compreender e falar Francês com confiança.


Aprenda a falar Francês quase instantaneamente com os nossos textos “Easy Reader” e gravações “Easy Audio”. Aprenderá a utilizar o Francês do dia a dia duma forma consistente e eficaz, e sem precisar de conhecimento prévio de gramática ou de estruturas de frases. E não apenas isso! Também aprenderá vocabulário chave, frases e conjugações num ambiente estruturado, concebido para o ajudar a construir uma fundação sólida que nunca esquecerá.


Com os nossos “Aprenda Francês - Cursos Easy Reader | Easy Audio”, aprenderá rapidamente a ouvir e falar ao nível necessário para conversar com um falante nativo. O nosso tutor de áudio ajudá-lo-á a aperfeiçoar a sua pronúncia e compreender a gramática, evitando ao mesmo tempo a fastidiosa leitura de livros didáticos. Você estará a falar Francês minutos depois de fazer o nosso curso!


São fornecidas traduções como guia para o ajudar a fazer associações de palavras, comparar estruturas de frases, e aprender vocabulário novo. O nosso material é agradável, atual, e feito para si. Aprender Francês pode ser bastante divertido - compre já este curso e comece a falar Francês hoje!

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Aprenda Francês - Rápido / Fácil / Eficiente: 2000 Vocabulários Chave

por Pinhok Languages

Este livro contém uma lista de vocabulários com 2000 das palavras e frases mais comuns ordenadas pela frequência de utilização na conversação diária. Com base na regra 80/20, este livro de vocabulário garante que aprende primeiro as principais palavras e estruturas de frases para ajudá-lo a progredir rapidamente e a manter-se motivado.
Quem deve comprar este livro?
Este livro destina-se a estudantes principiantes e intermédios de francês que são automotivados e estão dispostos a passar entre 15 a 20 minutos por dia a aprender vocabulário. A estrutura simples deste livro de vocabulário deve-se à eliminação de tudo o que é desnecessário, permitindo que o esforço de aprendizagem incida apenas sobre as partes que contribuem para fazer o maior progresso no menor período de tempo. Se estiver disposto a dedicar 20 minutos a aprender vocabulário todos os dias, este livro é muito provavelmente o melhor investimento que pode fazer se tiver um nível principiante ou intermédio. Ficará surpreendido com a rapidez do progresso em apenas algumas semanas de prática diária.

Quem não deve comprar este livro?
Este livro não é para si se for um estudante avançado de francês. Neste caso, aceda ao nosso website ou procure o nosso livro de vocabulário em francês, que inclui mais vocabulários e está agrupado por tópicos, o que é ideal para os estudantes com um nível avançado que pretendam melhorar as respetivas capacidades linguísticas em determinadas áreas.
Além disso, se pretende um livro de aprendizagem de francês completo que o guie pelas várias etapas de aprendizagem do francês, este livro também não é provavelmente o que está à procura. Este livro contém apenas vocabulários e esperamos que os compradores aprendam elementos, tais como gramática e pronúncia, através de outras fontes ou de cursos de línguas. O ponto forte deste livro é a orientação para a aquisição rápida de vocabulários essenciais, que é obtida através da informação que muitas pessoas podem esperar num livro de aprendizagem de línguas convencional. Tenha em atenção este facto quando comprar este livro.

Como utilizar este livro?
Idealmente, este livro deve ser utilizado todos os dias e o estudante deve rever um número definido de páginas em cada sessão. O livro está dividido em secções de 50 vocabulários que lhe permitem avançar passo a passo no livro. Por exemplo, digamos que está atualmente a rever os vocabulários 101 a 200. Quando souber muito bem os vocabulários 101 a 150, pode começar a aprender os vocabulários 201 a 250 e, no dia seguinte, saltar os vocabulários 101 a 150 e continuar a rever os vocabulários 151 a 250. Desta forma, passo a passo, avançará no livro e as suas competências linguísticas aumentarão com cada página que dominar.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Guia de conversação em francês: 35 diálogos em francês para viajar e para o dia a dia

por Pinhok Languages

Este livro acompanha John, um homem de negócios que vive em Manchester (Reino Unido), durante 2 dias. Durante este processo, poderá ver e estudar conversas básicas e quotidianas que o John tem com a respetiva família, colegas de trabalho, taxistas, funcionários de hotel e muitos outros. Isto irá dar-lhe frases e padrões de conversação muito úteis que poderá utilizar imediatamente, seja para viajar, no trabalho, no seu curso de línguas, com o(a) seu(sua) companheiro(a), ou apenas para falar consigo mesmo(a). Divirta-se!
Dia 1
Manhã em casa
Pequeno-almoço
Levar a Sarah à escola
Ida ao supermercado
Fazer as malas para a viagem de negócios
Conversa com a secretária sobre uma futura viagem
Fazer uma reserva num restaurante
Reunião de equipa
Ir almoçar
Chamada com o chefe
Táxi para o aeroporto
Check-in e controlo de segurança
Embarcar no avião
Falar com a assistente de bordo
Fazer o check-in do quarto de hotel
Jantar com parceiros de negócios
Debater os detalhes do produto
Utilizar a piscina do hotel
Não há papel higiénico
Chamada para a família
Chamada para a mãe

Dia 2
Tomar o pequeno-almoço no hotel
Chamada de bom dia
Check-out do hotel
Reunião com o cliente
Reunião com o cliente (2)
Apanhar o metro
Encontrar-se com um amigo da secundária
Táxi para estação de comboios
Bilhete de comboio para Manchester
Ir buscar a Sarah à escola
Chegar a casa
Jantar em casa
Hora de deitar
Conversa de almofada

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Voltar a emocionar-se

por Claire Baxter

Voltar a emocionar-se Claire Baxter
Tenho quarenta anos, estou em França e tenho o meu primeiro encontro em muito tempo. Socorro!
Não posso acreditar que esteja na Costa Azul e que vá aprender francês com um homem maravilhoso!
Jacques está a fazer com que me sinta jovem, sexy e especial. Levou-me a passear por toda a costa, desde Nice até ao Mónaco. Sinto-me como uma súper estrela e não uma mãe madura e cansada. Não trocaria este sentimento por nada no mundo.
Agora, só tenho de decidir o que vestir para o nosso primeiro encontro formal. Será possível que a vida comece aos quarenta?

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Expertise em aprender: Conheça o segredo dos melhores profissionais

por Fernando Jucá

A língua francesa começou, no século XIV, a usar o vocábulo expert (do particípio passado do verbo latino experiri) como sinônimo de profissional perito, capaz, hábil. O que talvez alguns não saibam e, nesse livro, Fernando Jucá não nos deixa sem saber e ainda aponta caminhos concretos, é que experiri, de fato, significa fazer experiência, vivenciar situações, provar circunstâncias; significa, portanto, escapar de abstrações e conhecimentos banais. Essa condição é que, reafirma ele, faz a completa diferença entre os profissionais de destaque positivo e admirável e o restante. Expertise em aprender é construir ocasiões e lançar mão de trilhas que cheguem até mudanças de atitudes e de conduta, em vez de apenas repousar no domínio de dados e informações voláteis. Transformar em prática! Esse é o mote central do autor, e ele nos ajuda a percorrer meios e entremeios de um "modelo de ação" explicado com detalhes e que culmina em demonstração de aplicabilidade em diversas conjunturas do cotidiano organizacional. - Papirus Editora

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Cozinha Sem Segredos Ed. 21 - Pães

por Edicase

Nessa edição, vamos ensinar como preparar o seu próprio pão. O pão caseiro não é tão trabalhoso quanto parece e ainda fica mais saudável, sem aditivos químicos. Você vai aprender como fazer deliciosos pães doces e salgados e descobrir um pouco mais sobre esse alimento insubstituível. São 44 receitas como: pão francês, pão de ervas, pão de alho, pão de batata, pão de minuto, pão de calabresa, pão italiano, pão de centeio, pão de mel, entre outros. Matérias em destaque: Curiosidades sobre o pão Saiba com preparar um pão delicioso Pães doces e salgados Pão caseiro sem glúten e integral Pão de chocolate

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Gerenciamento de Projetos (8ª Edição): Estabelecendo diferenciais competitivos

por Ricardo Viana Vargas

Você irá aprender a planejar e a controlar um projeto do início ao fim.Novidades da edição:
- Novo passo a passo de planejamento e execução de um projeto
- Novo projeto gráfico com novas ilustrações
- Conteúdo atualizado para o PMBOK® 5ª edição
O livro contém:
- Conceitos básicos de gerenciamento de projetos
- Definições do ciclo de vida dos projetos
- Conteúdo revisado e ampliado para o PMBOK® Guide 5ª edição
- Principais áreas do gerenciamento de projetos segundo o PMBOK® Guide: Integração, Escopo, Tempo, Custo, Qualidade, Recursos Humanos, Comunicações, Riscos, Aquisições e Partes Interessadas
- Uso do fluxo de processos do PMBOK® Guide 5ª edição evidenciando cada uma das áreas de conhecimento através de diagramas diretos e coloridos, auxiliando no aprendizado
- Conceitos básicos de Escritório de Projetos (PMO)
- Gestão de riscos
- Gerenciamento e controle financeiro de um projeto
- Análise de valor agregado (Earned Value)
- Aspectos humanos e de liderança
- Novo projeto gráfico com novas ilustrações e esquemas
- Sugestão de podcasts, vídeos e outros conteúdos relacionados ao longo do livro
- Área do leitor no site ricardo-vargas.com ampliada e atualizada com novos documentos de apoio
Leia mais do mesmo autor:
- Construindo Times Altamente Eficazes
- Manual Prático do Plano de Projeto: Utilizando o PMBOK® Guide
- Microsoft Project 2013: Standard, Professional & Pro para Office 365
- Planejamento em 140 Tweets (disponível também em inglês, francês, italiano, espanhol e dinamarquês)
- Análise de Valor Agregado
Inclui cartão com código de acesso à área do leitor. Na área exclusiva do leitor, você terá acesso a vários materiais exclusivos, tais como:
- Arquivos de apoio – Download de exercícios e artigos técnicos, entre outros.
- Imagens que aparecem no livro em tamanho original – Acesso à versão digital de todas as imagens, facilitando o estudo.
- Sorteios e convites – Sorteios exclusivos e convites para eventos relacionados aos assuntos do livro, em primeira mão.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Escritos sobre a nova arte de ensinar de Wolfgang Ratke (1571-1635): Textos escolhidos

por Wolfgang Ratke

Corifeu dos didáticos" foi o título que Comênio deu a Wolfgang Ratke. O pedagogo alemão professou o luteranismo com ardor e convicção. Viveu em meio à Guerra dos Trinta Anos. Conversou com Bacon em Londres, antes das publicações do empirista inglês, tendo com ele em comum o método intuitivo e os aforismos. Permaneceu durante nove anos em Amsterdã, onde lecionou e estudou. Foi convidado pelo rei Adolfo e por Oxentierna a introduzir o método na Suécia, mas sua morte interrompeu o projeto. Ratke tinha profundos conhecimentos do latim, grego, hebreu, caldeu, árabe, holandês, espanhol, italiano e francês. Utilizando a língua materna, sua arte de ensinar partia da observação e das experiências. Instituiu um método educativo concreto e simples, a partir do Allunterweisung (o ensino de tudo), dividido em partes organizadas para a prática pedagógica. "Nenhuma criança sem escola" e "aprender é fácil" foram seus dois lemas.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Futuros Territorios Sustentaveis

por Christiane Gagnon

Este livro ilustra, também, a partir do interior e com seus atores, como os diferentes tipos de territórios - do bairro às zona transfronteiriça - abordam as questões de sustentabilidade social e ambiental por meio de iniciativas territorializadas e contextualizadas. Dezesseis territórios, de Quebec e do Brasil, e também na Suíça, França, Austrália, Colômbia e Senegal, estão bem documentados. Por cada um deles são descritos: motivações tendo direcionado a implementação da iniciativa territorial de DS, os meios e os atores envolvidos na implementação, os resultados obtidos até agora, assim como, as dificuldades encontradas e os desafios à vencer. A maioria desses casos são apresentados não apenas em francês, mas também na língua oficial dos territórios em questão. Além disso, uma série de documentos complementares e sites web são acessíveis através de hiperlynkes para todos os leitores interessados em aprender mais sobre o assunto.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Reis Franceses

por Adeilson Nogueira

O verdadeiro colecionador distingue-se não só pelo seu desejo de deter as moedas, mas também pela sua necessidade de conhecimento que o impulsiona a estudar os objetos que vai reunindo. Durante o período humanístico, os intelectuais voltaram o olhar para a antiguidade com grande interesse, objetivando captar o espírito e a vida de seus gloriosos antepassados. Neste processo, não só analisaram grandes obras literárias e artísticas, como também objetos que falam do passado, como as moedas. Um dos primeiros autênticos e grandes colecionadores foi o poeta Francesco Petrarca (1304-1374), que compreendeu a importância documental da numismática e reuniu moedas da época imperial com intensa paixão. O próprio poeta escreveu: «Acima de tudo, gosto de estudar as antiguidades... Muitas vezes encontrei em Roma vinicultores com uma joia antiga nas mãos ou uma moeda de prata ou de ouro, que descobrira com seu arado. Eu as comprava para tentar reconhecer as efígies dos heróis primitivos». Desta forma, pouco a pouco e com grande empenho, conseguiu reunir uma coleção de moedas romanas extremamente importante. Para Petrarca, as moedas, assim como qualquer outro vestígio do passado, deveriam servir de lição de moral, segundo demonstra um episódio que ele próprio viveu: Durante o inverno de 1354, o imperador Carlos IV estava passando por Mântua e quis conhecer o poeta, já famoso na época. Francesco Petrarca foi ao encontro do imperador e presenteou-o com algumas moedas romanas de ouro e de prata da época imperial, para que ele pudesse conhecer e se igualar aos Césares representados. Carlos IV deve ter gostado muito do obséquio e presenteou o poeta com outra moeda. Infelizmente, nada se sabe sobre as peças da sua coleção (com exceção de um áureo de Augusto ao qual ele se refere numa das cartas Ad Familiares), nem sobre seu paradeiro. Poucos objetos como as moedas nos colocam em contato tão direto com o passado. Quem toca uma moeda se sente vinculado aos homens do passado que também a manipularam e utilizaram, sem distinções entre origem ou classe social, desde o soldado ou artesão até o nobre. O interesse pela numismática e pelo colecionismo aumentou de maneira considerável durante o Renascimento. Naquele período, o amor pela antiguidade clássica, pela beleza, pelo homem e suas mais elevadas expressões da arte e do engenho impulsionaram príncipes, soberanos e pontífices a conhecer e colecionar as belíssimas moedas do passado. Destaquemos, dentre tantos outros: O explorador Ciríaco de Ancona, que expôs sua coleção em Veneza em 1432; Andreolo Giustiniani, detentor de uma boa coleção em Gênova; e Niccolò Niccoli, de Florença, falecido em 1437. Em Nápoles, Alfonso de Aragão (1442-1458) mandou reunir e classificar moedas gregas e romanas que, guardadas em arca de marfim, costumava levar sempre consigo para que pudesse recordar as grandes virtudes das civilizações que o precederam. Em Ferrara, em 1430, Lionello de Este dedicava-se à numismática e seus sucessores gravaram uma contrassenha em forma de águia nas peças das suas coleções. Para encerrar, deixo aqui as palavras de Bento Morganti, no livro Nummismatologia, publicado em Lisboa, no longínquo ano de 1737, no Prólogo: “A quem ler”: “Se não te agradar o estylo, e o methodo, que sigo, terás paciência, porque não posso saber o teu gênio; mas se lendo encontrares alguns erros, (como pode suceder, que encontres) ficar-te-hey em grande obrigação se deles me advertires, para que emendando-os fique o teu gosto mais satisfeito.”

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Learn to Speak Portuguese for French Speakers

por Nam H Nguyen

 Aprender uma nova língua ou uma segunda língua não é fácil ou rápido . Especialmente nos primeiros meses , requer muito tempo , muita paciência e compromisso.Aprender uma nova língua ou uma segunda língua permite que você conecte com o país e cultura que está a trabalhar através de livros , revistas, jornais , filmes, televisão , sites e conversas. O melhor de tudo , aprender línguas é uma paixão que irá ajudá-lo no futuro , ea habilidade vai pertencer a você para sempre!
Cinco dicas para aprender uma nova língua ou um segundo idioma :
1 . Você precisa gastar uma boa quantidade de tempo a ouvir a linguagem , bem como trabalhar na pronúncia.
2 . Abra o livro on-line e tentar escrever cada palavra, frase, expressão e frase para baixo , pelo menos uma vez, mas de preferência três vezes para uma maior taxa de sucesso . Isso ajudará você a se lembrar das palavras, frases , etc em um grande ritmo e isso também vai ajudar você a lembrar o idioma.
3 . Abra o livro online , ouvir e repetir cada palavra, frase, expressão e frase do áudio. Se você tiver a chance , não deixe de comprar o áudio , ele irá ajudá-lo a aprender a um ritmo mais rápido.
4 . Comece a ler e assistir notícias na língua que você está trabalhando online. É uma ótima maneira de entender e trabalhar em suas habilidades de conversação em que a linguagem .
5 . Finalmente , planejar uma viagem para o exterior para aquele país. Este livro on-line contém 6.382 palavras mix , frases , expressões e frases. Existem 64 unidades de áudio para este livro . Cada unidade de áudio contém 100 palavras misturadas , frases , expressões e frases. Se você tiver uma chance, por favor adquirir o áudio , pois não está incluído com este livro, como indicado acima.
Se você está dominando as primeiras 75 páginas deste livro enquanto ouve o áudio, você pode passar por qualquer situação durante a sua viagem ao exterior. Se você está dominando 150 páginas ou mais deste livro enquanto ouve o áudio , você poderá viver e trabalhar no país sem problemas !
Eu posso mostrar- lhe a melhor maneira de aprender línguas ! O próximo passo é a sua! Estude bastante e você vai aprender suas línguas !
Basta lembrar uma coisa que a aprendizagem nunca pára ! Ler, Ler , ler!
E escrever, escrever, escrever !
Um obrigado à minha maravilhosa esposa Beth ( Griffo ) Nguyen & meus filhos incríveis Taylor Nguyen e Ashton Nguyen para todo o seu amor e apoio, sem o seu apoio emocional e ajuda , nenhum destes eBooks linguagem educativa e áudios seria possível. 
Apprendre une nouvelle langue ou d'une langue seconde n'est pas facile ou rapide . Surtout les premiers mois , il nécessite beaucoup de temps , beaucoup de patience et d'engagement. Apprendre une nouvelle langue ou d'une langue seconde vous permet de connecter avec le pays et la culture vous travaillez à travers les livres , magazines, journaux , films, télévision , sites Web et des conversations . Le meilleur de tous , l'apprentissage des langues est une passion qui vous aideront dans l'avenir , et la compétence appartiendra à vous pour toujours !
Cinq conseils pour apprendre une nouvelle langue ou une langue seconde :
1. Vous devez passer une bonne quantité de temps à écouter la langue ainsi que de travailler sur la prononciation.
2 . Ouvrez le livre en ligne et d'essayer d'écrire chaque mot, une phrase , l'expression et de la peine en bas au moins une fois , mais de préférence trois fois pour un taux de réussite plus élevé . Cela vous aidera à vous souvenir des mots, des phrases , etc à un rythme beaucoup et ce sera également vous aider à mémoriser la langue .
3 . Ouvrez le livre en ligne , écouter et répéter chaque mot, une phrase , l'expression et la condamnation de l' audio . Si vous avez l'occasion, assurez-vous d' acheter l'audio , il vous aidera à apprendre à un rythme plus rapide .
4 . Commencer à lire et à regarder nouvelles dans la langue que vous travaillez sur ligne . Il est un excellent moyen de comprendre et de travailler sur vos compétences de conversation sur cette langue.
5 . Enfin , planifier un voyage à l'étranger dans ce pays . Ce livre en ligne contient 6382 mots de mixage , des phrases , des expressions et des phrases . Il ya 64 unités audio pour ce livre . Chaque unité audio contient 100 mots mélangés , des phrases, des expressions et des phrases . Si vous avez une chance , s'il vous plaît acheter l'audio , car il n'est pas fourni avec ce livre , comme indiqué ci-dessus.
Si vous maîtrisez les 75 premières pages de ce livre tout en écoutant l'audio , vous pouvez passer à travers une situation au cours de votre voyage à l'étranger . Si vous maîtrisez 150 pages ou plus de ce livre tout en écoutant l'audio , vous pouvez vivre et travailler dans ce pays sans aucun problème !
Je peux vous montrer la meilleure façon d'apprendre les langues ! La prochaine étape est le vôtre ! Travaillez dur et vous apprendrez vos langues !
N'oubliez pas une chose que l'apprentissage ne s'arrête jamais! Lire , lire, lire ! Et écrire, écrire , écrire !
Un grand merci à ma merveilleuse épouse Beth ( Griffo ) Nguyen et mes fils étonnantes Taylor Nguyen Nguyen et Ashton pour tout leur amour et soutien , sans leur soutien affectif et de l'aide , aucun de ces livres et audios de la langue d'enseignement serait possible .

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Zito que virou João & outros poemas

por Ronaldo Monte

Há mistérios essenciais que não se aprendem nas escolas, nos livros, na internet. Como aprender "um sonho que se possa sonhar acordado", "um sonho de verdade, que não saia de um conto de fadas"? Ou "como se movem as estrelas, e como nos mover de encontro a elas"? Como aprender a viver para não se morrer de uma vez só, sem preparo nenhum? Enfim, como aprender a vida, essa coisa inteira, impossível de dividir em matérias e apostilas e que só se aprende pouco a pouco? Tais mistérios só os mestres poetas e artistas ensinam: "...os poetas e os músicos sabem tudo, os deuses lhes revelam as coisas ocultas e eles expressam em seus ritmos aquilo que o pensamento mal pode conceber e que a língua apenas gagueja confusamente", disse o escritor francês Teófilo Gautier. Neste livro, o poeta Ronaldo Monte e seus companheiros - Zito-João, Florzinha, a estrela Papa-Ceia, Mãe Joaninha, Galafoice... - nos ensinam sonhos e movimentos. A vida em ondas. Mistérios essenciais. Maria Valéria Rezende

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Didática da matemática: Uma análise da influência francesa

por Luiz Carlos Pais

Este livro apresenta conceitos fundamentais de uma tendência que ficou conhecida como "Didática Francesa". Educadores Matemáticos ,franceses na sua maioria, desenvolveram um modo próprio de ver a educação centrada na questão do ensino da matemática. Vários Educadores Matemáticos do Brasil adotam alguma versão dessa tendência ao trabalhar com concepções dos alunos e com formação de professores, dentre outros temas. O autor é um dos maiores especialistas dessa tendência no país e o leitor verá isso ao se familiarizar com conceitos como transposição didática, contrato didático, obstáculos epistemológicos e engenharia didática.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

A Democracia na América – Edição Integral

por Alexis de Tocqueville

Em maio de 1831, Alexis de Tocqueville foi enviado aos Estados Unidos pelo governo francês para estudar o sistema prisional americano. Seu relatório foi apresentado após nove meses de viagem, mas foram suas demais anotações sobre economia e política que resultaram nesta obra, publicada originalmente em dois volumes. O primeiro, de 1835, sobre leis e costumes do país, e o segundo, de 1840, sobre os sentimentos e opiniões do autor a respeito de sua viagem.Os dois tomos estão reunidos nesta edição. Tocqueville a princípio destaca a igualdade de condições, seja financeira ou intelectual, da qual gozavam os americanos. O autor descreve o sistema de herança, a universalidade da educação básica e, até mesmo, os recursos financeiros e educacionais dos imigrantes fundadores do país como fatores que contribuíram para essa igualdade. A Democracia na América é a fotografia da energia pela participação política de uma nação em seus primeiros passos. Tocqueville faz ainda uma predição dos Estados Unidos e da Rússia como as grandes potências do século seguinte. Um clássico indispensável para os apreciadores de História, Política e Ciências Sociais.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Astor&Nadia. O encontro entre Astor Piazzolla e Nadia Boulanger

por Lázaro Droznes

Ficção sobre o encontro entre Nadia Boulanger e Astor Piazzolla que transformou tanto a história do tango como a vida do músico. O famoso autor de “Adios Nonino”, “Libertango” e “Oblivion” abandonou o tango e o bandoneon enquanto jovem para aprender e compor música clássica. O encontro com a famosa professora de música francesa Nadia Boulanger ajudou Piazzolla a recuperar as suas raízes musicais e a revolucionar o tango argentino com novas técnicas. Sem Boulanger, Piazzolla nunca teria existido enquanto tal.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Estratos do tempo: Estudos sobre História

por Reinhart Koselleck

As guerras religiosas que ensaguentaram a europa nos séculos xvi e xvii levaram à criação dos estados absolutistas, instâncias soberanas neutras em relação aos grupos em conflito, encarregadas exclusivamente de manter a paz. Separam-se moral, remetida à vida privada, e política, doravante submetida à razão de estado. Depois de obter êxito, impondo uma pacificação relativa dentro dos territórios estatais, esse arranjo começa a perder legitimidade. Progressivamente, o absolutismo deixa de ser considerado o garantidor da paz e passa a ser o inimigo da liberdade. O mundo burguês começa a articular um espaço político próprio, a sociedade civil, que vê a si mesma como um poder moral em oposição ao poder político absoluto. Essa dialética mina os fundamentos do status quo. A revolução francesa de 1789 abre uma época nova, que produz uma gigantesca inovação conceitual: a filosofia da história. Até então, existiam "histórias" no plural ? a história de uma cidade, a história de uma guerra ?, referidas a fenômenos específicos, cuja rememoração subordinava-se ao ideal pedagógico expresso por cícero: a história como mestra da vida. Era preciso conhecer o passado para aprender com ele, pois as situações se repetiam, conservando, no essencial, a mesma estrutura e sentido. Aparece agora o conceito moderno de história. A vida dos homens passa a ser compreendida como um único grande processo estendido no tempo ? um tempo especificamente histórico, diferente tanto da cronologia natural como da religiosa. Novas teorias pretendem apreender o passado, o presente e o futuro como uma totalidade dotada de sentido, que engloba e unifica as histórias particulares. Propõe-se uma ordem sequencial para a diversidade cultural que a expansão ultramarina havia revelado aos europeus, situando diacronicamente aquilo que aparecia sincronicamente. E se, agora, o futuro é algo a ser construído, não há mais lugar para a contingência: ele é mera projeção dos desígnios do presente. No centro do novo pensamento está a ideia de progresso. A obra de reinhart koselleck (1923-2003) revê os fundamentos dessas inovações conceituais decisivas da modernidade. Em vez de um tempo linear, propõe um tempo estratificado, que rompe a alternativa entre sincronia e diacronia. Diz que a filosofia da história combina de modo peculiar voluntarismo e objetividade, pois a ideia de uma "marcha objetiva da história" é um artifício da vontade. Mostra que a memória coletiva está sujeita a quebras que produzem esquecimento, de modo que todo ganho de experiência corresponde, também, a uma perda. Recupera as noções de contingência e de imprevisibilidade, pois os planos humanos e sua execução necessariamente se dissociam, de modo que previsão e realização nunca coincidem. Depois de crítica e crise e futuro passado: contribuição á semântica dos tempos históricos, a contraponto e a editora da puc-rio apresentam ao leitor de língua portuguesa esta nova obra-prima de reinhart koselleck, um historiador fundamental para se conhecer o presente. César benjamin.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Aprender Francés: Refranes ‒ Modismos ‒ Expresiones populares

por Eveline Turelli

Aprender Francés divirtiéndose

En francés, cuando alguien se ha muerto, se dice que está “comiendo los dientes de león por la raíz” (Manger les pissenlits par la racine). 
Para decir que un mediador ha tratado de complacer a ambas partes en conflicto, se dice que ha cuidado “a la cabra y el repollo” (Ménager la chèvre et le chou). 


¡Memorice más de 150 modismos, proverbios y expresiones populares en francés, y diviértase comparándolos con sus respectivas versiones en español!

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

A Bandeira Vermelha – História do Comunismo

por David Priestland

O comunismo foi um dos mais poderosos movimentos políticos e intelectuais que o mundo alguma vez testemunhou. No auge da sua influência, o comunismo governou um terço da população mundial. Contudo, talvez mais surpreendente do que a rápida implantação do comunismo e o seu extraordinário alcance foi a sua derrocada em Novembro de 1989. Nesta obra, David Priestland relata a história épica de um movimento que se enraizou em dezenas de países ao longo de 200 anos, desde o seu nascimento após a Revolução Francesa até à sua maturidade ideológica na Alemanha do século xix e à sua ascensão ao poder (e subsequente queda) no século xx. Principiando pelos primeiros comunistas modernos, na era de Robespierre, o autor analisa os motivos de pensadores e líderes, incluindo Marx, Engels, Lenine, Estaline, Fidel Castro, Che Guevara, Mao, Ho Chi Minh, Gorbachev e muitos outros. A Bandeira Vermelha foi considerado um dos livros do ano em 2013 pelo jornal Público.David Priestland tem vindo a estudar o comunismo desde há muitos anos, quer em Oxford, onde é professor de História Contemporânea, quer nas Universidades Estatais de Moscovo. É, também, professor associado de St. Edmund Hall, tendo publicado as obras Stalinism and the Politics of Mobilization e Merchant, Soldier, Sage – A new History of Power. O livro A Bandeira Vermelha fez parte da shorlist do Prémio Longman de História.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Ação socioambiental na Amazônia: Educação, saúde e produção em comunidades

por Silvio Eduardo Alvarez Candido

O Brasil e os brasileiros têm sido o foco da atenção de governantes e cidadãos ao redor do globo por conta da sua responsabilidade pela conservação da maior floresta tropical do mundo: a Amazônia. O valor ambiental dessa região é reconhecido de forma consensual, apesar disso nem sempre se expressar em políticas públicas de conservação. O bioma contém uma parcela expressiva da biodiversidade conhecida pela ciência, incluindo muitas espécies ameaçadas de extinção. A floresta também é crítica para a regulação dos ciclos da água e para um importante reservatório de água doce no planeta, com seus rios representando um volume significativo da água descarregada nos oceanos. Sua vegetação é um enorme estoque de carbono e sua queima uma fonte de emissões de gases que levam à mudança do clima. A Amazônia também abriga uma diversidade de comunidades florestais com estilos de vida culturalmente conectados e materialmente dependentes de sua integridade. Nas últimas décadas, povos indígenas, ribeirinhos e quilombolas se mobilizaram para aproveitar novas oportunidades políticas emergentes, decorrentes da convergência de suas lutas por melhores condições de vida com o ambientalismo. Isso impulsionou a visão de que a conservação da floresta envolve um compromisso moral de também fortalecer essas comunidades, garantindo seu acesso a direitos fundamentais e a melhores condições socioeconômicas.
Os povos da floresta têm contato com importantes aliados em suas lutas. Essas alianças são fundamentais justamente porque é comum que os atores dessas comunidades careçam de recursos materiais, culturais e de conexões sociais estratégicas para perseguir seus propósitos. A parceria com gestores públicos, profissionais e voluntários de organizações não governamentais, militantes de movimentos sociais, dentre outros apoiadores, pode possibilitar o acesso a recursos valiosos para suas lutas políticas. Entretanto, é fundamental que seus apoiadores, que dominam fontes de poder social, sejam capazes de entender suas próprias relações sociais com os comunitários e as assimetrias e diferenças de visões de mundo que elas podem envolver. Essa capacidade de refletir é a forma mais efetiva de evitar que as próprias visões e interesses dos apoiadores não se imponham sobre a dos apoiados.
Esta obra tem o propósito de promover a reflexão sobre a ação socioambiental na Amazônia brasileira. Ela é voltada para pessoas dispostas a se engajar em ações socioambientais, voltadas a conciliar a conservação da floresta e o apoio a seus povos. Os trabalhos aqui reunidos envolvem reflexões conceituais sobre diferentes dimensões envolvidas e a serem consideradas no desenvolvimento dessas ações, incluindo (i) o território e do meio ambiente; (ii) a educação e a cultura; (iii) a saúde e o saneamento; e (iv) o trabalho e a produção. Abarcar essa amplitude envolveu um esforço interdisciplinar, reunindo autores de diversas áreas do conhecimento e com distintas perspectivas. Isso foi fundamental para impulsionar um horizonte de desenvolvimento que supere a visão economicista dominante, que confunde desenvolvimento com crescimento econômico.
Na primeira parte do trabalho, as dimensões territoriais e ambientais envolvidas no desenvolvimento comunitário na Amazônia são abordados. Partindo de uma conceituação do território como relações de poder, a questão do controle das comunidades sobre o seu território e sobre os recursos naturais dos quais dependem são aqui abordadas. Essa é uma questão crucial, uma vez que é preciso reconhecer que comunidades amazônicas são atores marginais nas estruturas sociais brasileiras e mundiais, o que propicia a interferência de forças exógenas nos territórios em que vivem. Essas interferências, que reduzem sua autonomia, desterritorizalizando-as, decorre da ação de atores poderosos, que ampliam seu poder expandindo territorialmente sua atuação. Em toda a Amazônia, ações de atores econômicos do setor imobiliário, madeireiro, da mineração, construção civil, pecuária e agronegócio são forças importantes de desterritorizalização de comunidades tradicionais. Mesmo políticas públicas importantes, como as de implementação de unidades de conservação, quando mal executadas podem promover a redução do controle das comunidades sobre o espaço em que vivem.
Essa primeira parte é composta por dois textos que abordam a influência do setor de geração de energia na realidade das comunidades. Nas últimas décadas, a retomada dos investimentos em infraestrutura e a adoção de políticas de aproveitamento hidrelétrico na região tornaram esse um setor chave nos processos de desterritorialização dos povos da floresta. O primeiro capítulo dessa parte, de autoria de Artur de Souza Moret, é intitulado “Impactos dos projetos de infraestrutura na Amazônia Brasileira: um território em transformação”. O autor propõe que a tomada de decisão acerca dos projetos de infraestrutura para a Amazônia se dá a partir das elites políticas e econômicas brasileiras e não reconhece as características distintivas desse território. Isso faz com que esses projetos gerem consequências socioambientais danosas. O autor traça um breve histórico dos investimentos em infraestrutura na região e analisa seus impactos a partir de uma variedade de dados e indicadores sociais sobre a região.
As pesquisadoras Marina Ertzogue e Monise Busquets, em “A barragem de Belo Monte e a perda de redes de sociabilidade das populações atingidas representadas em arpilleras amazônicas”, partem do contexto de implantação da usina hidrelétrica de Belo Monte para desvelar parte da trama (e do drama) social dos atingidos por barragens. Por meio de amplo cruzamento de dados secundários e realização de entrevistas com mulheres que bordam arpilleras, revelam como essa prática artesanal é também um modo de se expressar narrativas de resistência das pessoas atingidas por barragens. O capítulo é uma denúncia da realizada camponesa amazônica, e coloca desafios às práticas de intervenção comunitária por projetos que desejem somar forças aos movimentos organizados da sociedade civil pela luta pelos direitos e dignidade
Outras dimensões chave do desenvolvimento comunitário são as da cultura e a da educação. As comunidades amazônicas são comumente reconhecidas como culturalmente diferenciadas, tendo estilos de vida, visões de mundo e práticas que estão relacionadas com o ambiente que habitam e que são distintas das de outros grupos sociais brasileiros. Ainda que nos dias de hoje a diversidade cultural da Amazônia seja crescentemente celebrada, na prática ocorrem tensionamentos entre os estilos de vida, conhecimentos e práticas culturais dos povos das florestas e os dominantes na sociedade brasileira. Por tratar-se de grupos relativamente marginais, as comunidades são tacitamente forçadas a se adaptar à cultura urbanocêntrica dominante, sendo vítima constante do que o sociólogo francês Pierre Bourdieu chama de violência simbólica.
Projetos e ações na área de educação e cultura são formas fundamentais para lidar com esse contexto. Por um lado, é fundamental que elas promovam a capacidade crítica dos comunitários, para que eles consigam enxergar as formas veladas de dominação cultural das quais são vítimas, tornando-se mais livres. Por outro, é fundamental também que os comunitários consigam acessar e acumular as formas de conhecimento dominantes, sem as quais dificilmente conseguirão obter potência para transformar sua própria condição. Para lidar com essas questões, os autores dos capítulos dessa parte do livro elaboram propostas fortemente amparadas no legado do intelectual e educador brasileiro Paulo Freire.
Diógenes Valdanha Neto, em “Educação (Popular) e Projetos Comunitários: elementos para a ação”, apresenta reflexões sobre a natureza do processo educativo, para além da escolarização. E esclarece elementos da Educação Popular que comumente são partilhados por muitas correntes e referenciais educacionais dialógicos. A partir dessas reflexões, expõe aspectos formais de projetos e faz apontamentos sobre condições necessárias para possibilitar ações conjuntas com a comunidade desde as proposições até a execução de ações. Parte de algumas experiências exitosas do NAPRA, e aponta caminhos para novos fazeres em território amazônico, destacando os limites estruturais que a atuação por projetos tem, por mais bem elaborada que seja. Finaliza problematizando o que chama de “impostura educacional”, comportamento frequente em equipes que se julgam altamente preparadas perante projetos que não foram bem-sucedidos. Daí decorre a responsabilização da comunidade pelo insucesso do projeto. Essa postura deve ser combatida e enfrentada nos espaços de construção e formação. O autor finaliza o texto com um convite à humildade de nos reconhecermos com eternos aprendizes, e que em diálogo aprende-se mais.
Em seu segundo capítulo no livro, Diógenes Valdanha Neto, em “Educação escolar (do campo): caminhos para o desenvolvimento socioambiental”, coloca inquietações e apresenta um breve histórico sobre o papel social da instituição escolar. Problematiza as ideias apresentadas de modo banalizado no cotidiano, de que “tudo” é importante estar presente na escola, desde uma “educação financeira” até o ensino de “mitos e lendas locais”. Dialoga essas questões com o que realmente se espera dessa instituição localizada dentro de um sistema econômico e social, e aponta caminhos para pensar essa realidade na Amazônia a partir da perspectiva da Educação do Campo uma proposta teórico-prática desenvolvida no bojo das lutas sociais rurais brasileiras. Aponta possibilidades para que a atuação socioambiental por meio de projetos faça alianças com as escolas locais sem responsabilizá-las por todas as questões sociais da comunidade, auxiliando-as em seu desenvolvimento e cumprimento do que delas se espera: o ensino combinado à valorização dos modos de vida locais.
Em “Diálogo e participação na Educação Popular: muito além da teoria”, Valéria de Oliveira Vasconcelos nos conduz a uma trama de conceitos e imagens da Educação Popular, acionando constantemente algumas de suas múltiplas experiências em território amazônico, com vistas a dialogar com o leitor sobre o próprio diálogo e o processo formativo constante que vivemos na condição de humanos. Reflete sobre o poder da palavra e também dos desafios e possibilidades a uma participação real das pessoas nos projetos de intervenção comunitária. Finaliza seu texto fazendo votos de maior reconhecimento sobre o que nos une frente ao que ataca nossa humanidade. Ideias a inspirar não somente projetos socioambientais, mas nossa própria vida.
Não é possível imaginar formas de desenvolvimento mais inclusivas, igualitárias e capazes de conservar a Amazônia brasileira sem considerar o acesso dos povos da floresta ao saneamento e à saúde. Tratamos aqui de uma dimensão absolutamente central da vida humana, relacionada ao bem-estar físico, mental e social. A precariedade de acesso ao saneamento e à conhecimentos e cuidados básicos de saúde é uma enorme fonte de fragilidade para as comunidades amazônicas, impactando direta e indiretamente suas possibilidades de fortalecimento.
Andrea Silveira, ao escrever em “Saúde Integral e Integrada”, esclarece um percurso histórico pelo qual as discussões acerca da noção de Saúde passaram. Indica o avanço no trato das questões de modo estritamente biológico para uma abordagem mais socialmente contextual e compreensiva dos fenômenos da Saúde. Faz defesa da Política Nacional de Humanização da também do Sistema Único de Saúde brasileiro, tecendo considerações de como são indissociáveis de uma intervenção integral e integrada em saúde – as quais vêm como indicativos para a ação socioambiental na Amazônia. O capítulo amplia a visão das equipes multidisciplinares e convida a uma atuação interdisciplinar que compreenda que “entender o processo de saúde-doença de uma comunidade é entender sua dinâmica social e cultural”.
No capítulo “Saneamento de Pequenas Comunidades e o Gerenciamento dos Recursos Hídricos na Amazônia Brasileira”, Ayri Saraiva Rando, Cassiano Sampaio Descovi e André Munhoz de Argollo Ferrão apontam as relações existentes entre as políticas públicas de saneamento básico e as de recursos hídricos e debatem a importância de formas de governança e gestão descentralizadas e que envolvam participação social ou comunitária. Para os autores, essa descentralização é fundamental para avançar nos índices de saneamento na Amazônia, dadas as especificidades da região. Citando os exemplos dos projetos Nossa Água e Sanear Amazônia, desenvolvidos, respectivamente, no oeste do Pará e na RESEX Chico Mendes no Acre, os autores argumentam que é possível que o governo desenvolva um aparato jurídico e formas de regulamentação e gestão apropriadas para envolver grupos de usuários e organizações da sociedade civil na implantação e manutenção sistemas comunitários de abastecimento na Amazônia.
A última dimensão trabalhada na obra está relacionada ao trabalho e à produção. Ainda que ela envolva questões cruciais para conciliar melhoria da qualidade de vida e conservação florestal, buscamos aqui evitar a razão economicista dominante entre nós, conforme mencionado anteriormente. Alguns dos capítulos aqui reunidos enfatizam, inclusive, como as questões econômicas não são dissociáveis das culturais, evidenciando como a dinâmica dos mercados nos quais as comunidades Amazônicas se inserem é também política.
No “Para além do regatão: os condicionantes sociais do acesso dos produtores tradicionais aos diferentes canais de comercialização”, Silvio Eduardo Alvarez Candido e Fernanda Veríssimo Soulé analisam aspectos das estruturas sociais envolvidas nos circuitos de comércio nos quais as comunidades da Amazônia estão envolvidas. Desconstruindo a visão do senso comum moldada pelo conhecimento econômico ortodoxo, e amparados pelos autores da sociologia econômica, notavelmente nas contribuições de Pierre Bourdieu, analisam os condicionantes políticos e culturais tanto da demanda, como da oferta dos produtos comunitários. Identificam ainda a abertura de janelas de oportunidades para os produtores das comunidades da Amazônia devido à ascensão de nichos de mercado com uma demanda moralizada de produtos da sociobiodiversidade.
Em seguida, Fernanda Veríssimo Soulé e Silvio Eduardo Alvarez Candido abordam a organização e as tecnologias de produção de comunidades Amazônicas. Baseando-se na tipologia desenvolvida por Boltanski e Thévenot (2006) sobre as formas de racionalidade, os autores analisam as diferentes concepções que podem dar base para a organização e as tecnologias de produção em comunidades. Eles propõem, então, que a produção das comunidades amazônicas geralmente se baseia em concepções domésticas ou tradicionais. Propõem ainda que ainda que essas tecnologias e formas de organização devam ser respeitadas, seus limites devem ser reconhecidos, sendo que os projetos de apoio comunitário devem incorporar outras lógicas produtivas, capazes de legitimar e revigorar as produções locais. Dentre essas lógicas, os autores destacam a lógica técnica ou industrial, que pode ser útil na ampliação da eficiência dos processos produtivos, e a lógica cívica ou democrática, que pode operar como uma alternativa às formas de organização autoritárias do mundo doméstico, abrindo espaço para as expressões individuais e para formas mais universais de solidariedade. Essas propostas são conectadas com modelos propostos por autores da economia solidária e proponentes do conceito de tecnologias sociais.
O capítulo “Manejo e governança da “floresta em pé”: produtos florestais não-madeireiros”, de autoria de Raquel Rodrigues dos Santos e Leonardo H. de Moura, aborda o estágio inicial da cadeia de valor desses produtos da floresta. Conceitos relacionados à governança dos recursos de uso comum são explorados. Parte-se do pressuposto de que os ecossistemas florestais são capazes de absorver e acomodar distúrbios inesperados decorrentes das intervenções comunitárias. Isso propicia que o manejo dos produtos florestais não madeireiros seja feito de forma adaptativa, o que demanda um monitoramento contínuo da condição dos sistemas florestais, que deve ser feito por meio do diálogo dos próprios produtores, que estão presentes e são capazes de acompanhar a dinâmica ecossistêmica, com técnicos, que podem aportar conhecimentos científicos relevantes. Os autores apontam que uma das condições fundamentais para o co-manejo adaptativo e sustentável pelas comunidades é o direito acerca do uso e ocupação da terra e dos recursos naturais, que gera incentivos de longo prazo para a conservação. O capítulo inclui um estudo de caso sobre manejo de castanha da Amazônia em comunidades ribeirinhas do Baixo rio Madeira, em Rondônia.
Na sequência, Lucas Moreira de Souza e Eduardo Michalichen Garcia abordam o tema da agricultura na Amazônia. Assumindo que as práticas agrícolas não são homogêneas, os autores propõem que pelo menos três concepções distintas de agricultura convivem na região Amazônica. A primeira é vinculada ao agronegócio e trata-se da vertente dominante, que concebe a região como uma fronteira agrícola. Ela envolve cadeias produtivas comandadas por grandes empresas multinacionais, que coordenam a expansão de seus “Impérios Alimentares” para região, operando como um poderoso vetor de desterritorialização das comunidades e de desmatamento. A segunda é a agricultura camponesa, impulsionada pelos projetos de reforma agrária realizados na região. Trata-se de um modelo que abarca enorme diversidade, sendo fortemente pluriativa, e que é orientado para a manutenção e melhoria das condições de vida das famílias de trabalhadores que habitam as áreas rurais da região. Por fim, os autores discutem o modelo de agricultura dos povos da floresta, que se aproxima do modelo camponês, mas guarda especificidades significativas.
Finalmente, em “Turismo comunitário e participativo: potencialidades e desafios em comunidades ribeirinhas da Amazônia brasileira”, Frederico Yuri Hanai e Maiara Rosa Silva Nunes exploram a construção histórica da defesa de ações de turismo com base comunitária, com especial enfoque para a realidade amazônica. São discutidos os impactos (positivos e negativos) do desenvolvimento do turismo na região, e é feita uma defesa do turismo sustentável feito com a participação da sociedade. A partir do estudo de várias experiências concretas, os autores finalizam em defesa da viabilidade e sustentabilidade do turismo de base comunitária na Amazônia, uma realidade que perpassa a construção de projetos e a atuação em comunidades tradicionais em todas as áreas do conhecimento.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Visões Alternativas De Nostradamus

por Adeilson Nogueira

Nascido na França em 1503, o vidente do futuro Michel de Nostredame levou uma vida extraordinária. Como um judeu que se converteu ao cristianismo, ele herdou suas habilidades proféticas da tribo israelita de Issacar. Ele foi educado por seus avós, que eram médicos na corte do rei René de Provence. Nostradamus foi a Montpellier em 1521 para estudar medicina e teve tanto sucesso que ficou ali e se tornou professor. Depois que sua esposa e dois filhos morreram da praga, ele estudou e tornou-se um especialista líder na terrível doença. Ele usou anti-sépticos avançados e recomendou uma dieta com pouca gordura com bastante exercício. Um astrônomo notável, ele deduziu que os planetas rodeavam o sol mesmo antes de Copérnico. Conhecido por escrever suas profecias, ele foi perseguido pela Inquisição espanhola para a heresia e foi colocado no Índice de Livros Proibidos do Vaticano em 1781. Nostradamus adotou um estilo de vida muito religioso para se proteger, mas continuou suas atividades mágicas em particular. Uma vez, na Itália, ele de repente se curvou diante de um jovem frade franciscano sem razão aparente - e mais tarde o jovem frade se tornou o Papa. Suas previsões astrológicas e livros de profecias, chamados séculos e escritos em códigos e anagramas, vendidos bem e fizeram Nostradamus bastante celebrado. Ele usou uma tigela de água chamada espelho mágico para ajudá-lo a escrever suas previsões. Nostradamus previu a data de sua própria morte em 1567 em seu Presage 141. Ele próprio havia se enterrado para que ninguém pudesse andar no túmulo e, o mais extraordinariamente de todas as suas previsões, quando seu corpo foi desenterrado e movido durante a Revolução Francesa, os trabalhadores ficaram atônitos ao encontrá-lo usando um medalhão gravado com a data exata desse dia.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro
Nosso objetivo é que você goste de Livros Para Aprender Francês e passe horas e horas lendo. Ler é um dos maiores prazeres da nossa vida e queremos que o acesso à literatura seja muito mais fácil e adequado para todos. Por este motivo, em nosso site você encontrará Livros Para Aprender Francês que possuem uma versão totalmente gratuita ou com capítulos gratuitos para que você possa decidir com antecedência se deseja ou não investir dinheiro nesta leitura.

Baixar os Melhores Livros para a Aprendizagem do Francês em PDF Grátis 

Sempre se disse que o francês é a língua do amor, e a sua pronúncia e entonação suaves tornam-no muito especial. Contudo, não é a única motivação para aprender esta língua fascinante, uma vez que o francês é a terceira língua mais falada no mundo e uma das línguas oficiais da União Europeia.

Sabemos que a aprendizagem de uma língua está na agenda da maioria das pessoas e é por isso que, independentemente da sua motivação, esta selecção de livros pretende dar-lhe as ferramentas necessárias para iniciar esta experiência por si próprio e obter resultados da primeira vez. Em qualquer destes livros encontrará a fórmula perfeita para adquirir os conhecimentos necessários para poder passar naturalmente na língua francesa, tanto para adultos como para crianças. Todo o conteúdo é gratuito para descarregar em PDF, não perca a oportunidade e imprima os seus livros favoritos para poder trabalhar mais confortavelmente a partir de casa, em qualquer altura e a qualquer hora do dia.  

Baixar livros para aprender francês do zero em PDF gratuitamente

Esta selecção de livros para aprender francês do zero será o seu amuleto mais precioso para obter os resultados que deseja. Aprender a falar, escrever e compreender francês de uma forma autodidacta, começando pelo básico com livros "para bonecos". Além disso, aperfeiçoe a sua gramática com manuais especializados e reforce a sua pronúncia com exercícios fonéticos. Asseguramos-lhe que estes são os livros mais práticos e que começará com o vocabulário mais básico e trabalhará até às palavras mais técnicas e específicas.

Não tenham medo de começar do zero, todos nós já lá estivemos, de uma forma ou de outra. Por isso, avancem para essa A1 e comecem o caminho do sucesso.

Baixar gratuitamente livros PDF de aprendizagem da língua francesa para crianças  

As crianças aprendem de uma forma diferente dos adultos. Ao contrário dos adultos, eles não estão interessados na complexidade da língua. É por isso que lhe oferecemos uma selecção de livros para aprender francês para crianças. Aqui encontrará literatura infantil, com vocabulário básico e estruturas gramaticais simples para a compreensão da leitura. Além disso, oferecemos-lhe uma grande variedade para que possa escolher a área a reforçar, quer esteja a trabalhar na pronúncia ou a aprender a contar com as personagens principais de uma história, temo-la para si. Entre e descubra todo o nosso conteúdo, gratuitamente para descarregar e em formato PDF.

Os Livros Para Aprender Francês que colocamos à sua disposição são livros muito valorizados pelos leitores e têm sido recomendados. Assim, você poderá ler apenas o melhor dos melhores e desfrutar de uma leitura empolgante, interessante e envolvente do início ao fim.

No booksbonus.com você encontra o Livros Para Aprender Francês gratuito e online para que possa desfrutar da leitura de uma forma mais gratuita e acessível a todos. Porque somos apaixonados por palavras, apaixonados por letras, apaixonados por livros.

Temos outras categorias. Dê uma olhada!

Livros Para Aprender Inglês
Livros Para Aprender Mandarim Chinês
Livros Para Aprender Hindi
Livros Para Aprender Espanhol
Livros Para Aprender árabe
Livros Para Aprender Bengali
Livros Para Aprender Russo
Livros Para Aprender Português
Livre Para Aprender Urdu
Livros Para Aprender Alemão
Livros Para Aprender Japonês
Livros Para Aprender Italiano
Livros Para Aprender Latim
Livros Para Aprender Coreano
  • Information About Cookies