Baixe o melhor Livros Para Aprender árabe online. Formatos: PDF, kindle, ebook, ereader, epub

Procurando por Livros Para Aprender árabe gratuitamente para desfrutar de uma boa leitura? Você veio ao lugar certo! No booksbonus.com, oferecemos uma grande variedade de Livros Para Aprender árabe para que você nunca pare de ler. Por acreditarmos que o acesso à cultura deve ser gratuito e gratuito, em nosso catálogo você encontrará as melhores opções para conhecer autores clássicos e atuais.

DMCA.com Protection Status Copyright Infringement Warning: Wordslovers do NOT host any copyrighted material. All content links are provided by Google Search Results and are linked from/to their respective hosts domains.

Melhores livros em Livros Para Aprender árabe para download em PDF gratuitamente

Se você é apaixonado por Livros Para Aprender árabe, pesquise em nosso website. Você encontrará uma grande variedade de títulos de livros escritos por autores famosos, contemporâneos, clássicos e novatos. Nosso objetivo é que você possa ter uma grande biblioteca virtual para que possa satisfazer seu desejo de ler e desfrutar de uma boa leitura.

APRENDIZAGEM DO ÁRABE MARROQUINO A FALANTES ...

estudar todas as variedades faladas20 dessa língua, escolheu-se o árabe ... livro mariyu roupeiro. 2.2.1.2 NÚMERO. Os nomes em árabe marroquino variam entre ...

Ahmed Moustafa Kamel

Da autoria de Carla Oliveira, Maria José Ballmann, Maria Luísa Coelho, o livro. Aprender Português1 foi escolhido para o ensino da língua ...

LIVRO NASR.pmd

eles, o livro sagrado é indissociável da língua árabe), com preciosas notas. Esse trabalho, entre tradução e revisões pela Liga Islâmica.

NAlvarenga.pdf - Pantheon UFRJ

ALVARENGA, Nathália de Sousa. O Ensino de Língua Árabe por meio de Gêneros Textuais/. Nathália de Sousa Alvarenga – Rio de Janeiro: UFRJ/ Faculdade de.

“O Potencial da Mídia como Material Didático no Ensino da ...

O ensino da língua árabe para não nativos apresenta algumas dificuldades relacionadas ao alfabeto e aos poucos livros didásticos disponíveis ...

Livro 8 Indonesia_final.indd - Jorge Nuno Silva

10 Livros, 10 Regiões, 10 Jogos para aprender e divertir-se. Grécia – Petteia 10/07/08 ... qual a matemática árabe aparece nesta colecção associada a um.

O mundo árabe e islâmico.pdf - Estudo Geral

As escolas de língua para aprender o árabe multipli cam-se. ... madores apelam incessantemente para o livro sagrado muçulmano. Só o retor.

ALI BABÁ E AS 200 PALAVRAS - BDM – UNB

meu exemplo e por ter despertado em mim o amor pelas letras, pelos livros e pelo ... por não possuírem artigos em sua língua materna, ao aprender o árabe ...

OBRAS DO MATEMÁTICO ÁRABE OMAR KHAYYAM - IFSP

Agradeço a todos os professores do IFSP com os quais pude aprender cada ... analisaremos com que frequência Khayyam é mencionado nos livros didáticos. Por.


Delícias Rápidas Ed. 10 - Petiscos, Canapés e Aperitivos

por Edicase

Nessa edição, você vai aprender a fazer deliciosos petiscos para receber os seus amigos aí na sua casa ou até mesmo para vender e aumentar sua renda. Aprenda a fazer canapés, aperitivos, salgados e muito mais! São 44 receitas como: quibe, espetinho Árabe, petisco de cebola, canapé de banana com pimenta, patê de truta defumada, batatinha aperitivo, Chips de banana, antepasto, entre outras. Matérias em destaque: Antepasto de salame com muçarela Canapé de tofu com ervas Pizza aperitivo Bolinho de carne-seca com abóbora Iscas de frango empanadas na cerveja

5,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Mistérios do Tibete: Revista Conhecer Fantástico

por On Line Editora

Todo mundo que já teve aulas ou leu a respeito de métodos de estudos antropológicos deve ter tomado conhecimento de que, para estudar verdadeiramente um outro povo e seus costumes, é preciso que o estudioso “esqueça” dos conceitos e valores da sociedade à qual pertence. Em suma, só podemos entender um outro povo e o analisarmos de acordo com os conceitos dele, e não os nossos. Quando paramos para pensar friamente sobre esta questão, vemos que muitos enganos vêm sendo cometidos ao longo da história exatamente pela inobservância desta condição, que acaba gerando intolerância.Exemplos disso temos aos montes e abrangem áreas das mais diversas. A poliandria (casamento de vários homens com uma mesma mulher), por exemplo, é inimaginável numa cultura dita católica ocidental como a nossa, mas é perfeitamente aceitável (e até preferível) em sociedades em que o número de mulheres é muito inferior ao de homens. E será que temos o direito de condenar este costume? Baseados em quê poderíamos fazer isso? Será que os poliândricos também não nos vêem com a mesma estranheza?
Podemos aplicar este mesmo raciocínio de tolerância para “olhar” para diversas outras situações, como o papel das mulheres nas sociedades árabes, os diversos costumes religiosos espalhados ao redor do mundo, a divisão tribal africana, e até a culinária, como o fato dos chineses comerem insetos. Já imaginou como o mundo seria bem menos rico e interessante se os costumes de uns fossem impostos a outros? Como poderíamos conhecer culturas e nações tão diferentes e nos encantar com suas características? Impossível. Então, convido-lhe a “esquecer-se” um pouquinho de quem você é, como vive e em quê acredita para adentrar um mundo bem peculiar: o Tibete, um lugar no topo do mundo, onde as armas deram lugar à religião e onde vive um povo com valores bem próprios.

5,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Energia Contaminada: O uso consciente e eficaz da Energia mudando nossas vidas

por Maria Cristina Andersen

O que está acontecendo?!?
Thiago pressente que algo está errado!
Preocupado, encontra eco nos colegas que têm as mesmas queixas e reclamam que, ao fim do turno, sentem o peso do mundo nas costas.
À procura por respostas, embarca em uma jornada que o levará a rever suas crenças, hábitos e posturas perante a vida.
Energia Contaminada não é apenas uma história de ficção, é um curso que apresenta, de forma clara, uma visão das interações energéticas e seus efeitos sobre a nossa saúde e disposição. Vai ensinar, através de exercícios simples, mas eficazes, a identificar os focos de contaminação e como se “descontaminar”, se proteger e se preparar energeticamente para os desafios do dia a dia.
Acompanhe a história de Thiago e seus companheiros, isto também pode fazer toda a diferença em sua vida!

5,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Perdão

por Fabio Rejgen

"Uma linda história, recheada de emoções e reviravoltas, com um final impressionante. Esse é, com absoluta certeza, o livro mais emocionante que já li nos últimos tempos. A leitura é fácil e te captura do início ao fim. O autor consegue a difícil proeza de nos transportar para dentro do livro. Sofremos, rimos, choramos e torcemos pelos personagens." Giovanna Weber "Estava sentindo muita falta de um livro assim, onde os personagens se despem de suas convicções em busca do amor verdadeiro. Mas além de nos presentear com um lindo caso de amor, o Fabio Rejgen nos brinda com uma espetacular aula de história sobre os dilemas entre judeus e árabes, e ainda nos faz viajar no tempo pela linda e mágica cidade de Cambridge." Luana Martins de Freitas "Sob o aspecto histórico é um livro extremamente enriquecedor. O Fabio tem o talento de conseguir misturar ficção e realidade de modo crível. Os personagens são muito bem construídos, as histórias são bem amarradas e o texto é muito bem escrito. Um novo e jovem autor que nós leitores, que gostamos de boas histórias, acabamos de ganhar. Uma grata revelação." Rodrigo Menezes de Amorim Junior PERDÃO: UMA HISTÓRIA DE AMOR E ÓDIO ENTRE A GUERRA E A PAZ Perdão' é uma história de um amor impossível. Um verdadeiro "Romeu e Julieta do Oriente"! Passado no início da década de 1970, Ben, que serviu o exército de Israel, e Kalila, egípcia pertencente a uma tradicional família muçulmana, são dois jovens que se encontram por acaso em Cambridge, na Inglaterra, onde seguiram para estudar História. Completamente envolvidos por esse amor, eles passam a conviver com um dilema: a improvável aprovação de suas famílias. Mas isso não teve tempo de acontecer. Separados pela Guerra do Yom Kipur, conhecida também como a Guerra do Dia do Perdão, entre judeus e egípcios, Ben retorna ao exército de Israel enquanto Kalila se casa um egípcio. Será que o amor entre eles será capaz de mudar o rumo do destino que foi traçado?// Sobre o autor do livro: Fabio Rejgen, conhecido nos meios literários como o Nicholas Sparks brasileiro, é publicitário e trabalhou como designer por muitos anos. Nasceu em 1974 e mora no Rio de Janeiro Sua intenção é poder levar, além de entretenimento, também cultura às pessoas. Acredita que, assim, consegue contribuir um pouco para um mundo melhor.

5,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Fazendo as pazes com o corpo

por Daiana Garbin

"A insatisfação com o corpo é muito comum. E, especialmente no caso das mulheres, é incentivada pelo mercado, pela mídia e até pelas próprias mulheres. Daiana resolveu falar sobre isso. E aí você pensa: Uau, que legal, ela está curada e vai me ensinar a me curar! Não. Ela vai oferecer algo muito melhor: a verdade." – do prefácio de TIAGO LEIFERT

Daiana Garbin passou 22 anos odiando o próprio corpo. Sentia-se eternamente inadequada, desejava ser reta, seca. Só pele e osso. Tinha vergonha de si mesma e de seu descontrole diante da comida.


Encarou dietas hiper-restritivas, passou por três cirurgias plásticas, fez procedimentos estéticos agressivos e ficou viciada em remédios para emagrecer – sempre acreditando que um corpo magro lhe traria paz e felicidade.


Foi só depois de muito sofrimento que ela descobriu que a insatisfação profunda que sentia em relação ao corpo não era vaidade nem frescura: era doença.


Diagnosticada com transtorno alimentar, Daiana decidiu compartilhar sua história para ajudar as pessoas que sofrem em silêncio por querer se enquadrar em padrões inatingíveis e acabam deixando de aproveitar a própria vida.


Neste livro, ela revela o longo caminho que percorreu para aprender a ficar em paz com seu corpo e com a comida – os altos e baixos, o que deu certo e o que deu errado, as vezes que quis desistir e o momento em que percebeu que existia uma saída.


Trazendo entrevistas com nutricionistas, psicólogos e psiquiatras, Fazendo as pazes com o corpo provoca uma necessária discussão sobre o perigo dos transtornos alimentares, o lado nocivo das redes sociais, o padrão de beleza irreal imposto pela mídia e o papel da autocompaixão no processo de cura.

4,7/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

A Estrada da Revolução

por Tiago Carrasco

No início de 2012, o jornalista Tiago Carrasco, o repórter de imagem João Fontes e o fotógrafo João Henriques decidiram perceber como se faz uma revolução - porque ainda não eram nascidos no 25 de Abril de 1974 e porque não compreendiam a inércia dos portugueses perante as dificuldades e a ausência de perspectivas que também eles sentiam na pele. Fartos de brandos costumes, resolveram então fazer-se à estrada e acompanhar de perto as rebeliões em curso no Médio Oriente e no Norte de África. Ao longo de quatro meses, percorreram dez mil quilómetros de autocarro, de comboio, de barco e à boleia por uma zona do mundo em profunda agitação e mudança. Do inferno da Síria à Terra Prometida, da instabilidade da Líbia à euforia do Líbano, passando pelo caos do Egipto ou pela incerteza da Tunísia - onde o riscar trágico de um fósforo acendeu o rastilho desta Primavera Árabe - A Estrada da Revolução é uma aventura empolgante e um testemunho inspirador para todos aqueles que acreditam num mundo melhor, mais justo e mais livre.

4,7/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

A Química Do Dia A Dia

por Damião Carvalhal

Quem nunca na vida desistiu de algo sem nem ao menos ter tentado antes? Quem nunca disse que não gosta de um determinado tipo de comida sem nem tê-lo provado previamente? Talvez sejam reflexos infantis de autopreservação infundados, vai saber, mas o certo é que acabamos levamos este hábito para o restante de nossas vidas e acaba por refletir em diversos aspectos depois. Na escola mesmo, enfrentamos esse tipo de problema. Dizemos que matemática é difícil e nem mesmo tentamos saber o porquê de aprender uma ou outra equação. Já achamos difícil todos aqueles emaranhado de números árabes, até que vem alguém e como se já não achasse ruim o bastante, ainda acrescenta letras na parada. Próximo passo: desisto. Com Química é a mesma coisa, quando vemos aquele monte de desenhos de hexágonos, setas e outros símbolos dantescos, o passo seguinte é a desistência. E nem demos chance pra pobre coitada. Com física, claro, acontece a mesma coisa, quando chega na parte de física quântica, então (esse é deveras difícil mesmo. Como o famoso físico e ganhador de um prêmio Nobel , Feynmann disse certa vez, se você achar fácil, e porque não entendeu direito). Não posso lá defender muito a matemática e a física porque estão fora da minha alçada, mas quanto a Química, posso bancar o advogado do diabo e levantar alguns pontos e dizer que ela não é tão difícil assim. Só é incompreendida mesmo. Com exemplos práticos do nosso dia a dia, tipo: Porquê o pão cresce? Porquê o sal de frutas acaba com a azia tão rápido? O que é a tal gordura trans? Química e cáries? O que tem uma coisa a ver com outra? Assim, posso provar que é corriqueira e porque não dizer, simples. Escolhi esconder os tais desenhos e símbolos pra não assustar de maneira precoce e acabar por matar o interesse do leitor antes da curiosidade. Dê uma chance para a Química. Você pode até acabar se apaixonando por ela. Ficarei feliz em te guiar nesta pequena descoberta. Boa leitura.

4,5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

A la manera de Cristo: Siguiendo su ejemplo de integridad, firmeza y carácter

por Yesenia Then

El libro que tienes a mano representa un manual de instrucciones, basado en el ejemplo de Vida del único Ser absolutamente perfecto que ha estado en esta tierra; quien siendo Dios, mostró un nivel de obediencia admirable, quien siendo Rey, sirvió a otros de forma inagotable y que aún teniendo bajo Sus pies todas las cosas, se despojó de todo para mostrar su amor a favor de cada uno de nosotros.

En este contenido, podrás aprender acerca de la firmeza de carácter y la determinación que Jesús mostró, Su compromiso con Su asignación, Su respuesta ante la tentación y muchos otros temas que estamos convencidos que impactarán tu corazón. Por tanto, no dejes de sacar el mayor provecho a esta obra escrita que Dios ha usado a la pastora Yesenia Then, para traer a nuestras vidas; porque precisamente el hecho de que nos dediquemos a vivir A la MANERA de CRISTO, es lo que Dios espera de cada uno de nosotros.

4,5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

21000+ Español - Alemán Alemán - Español Vocabulario

por Gilad Soffer

21000+ Español - Alemán Alemán - Español Vocabulario - es una lista de más de 21000 palabras traducidas del español al Alemán, así como del Alemán al español. Fácil de usar. Estupenda para los turistas y los hablantes de español interesados en aprender Alemán y también para los hablantes de Alemán interesados en aprender español.

4,4/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diário de bordo: Um voo com destino à carreira diplomática

por Claudia Assaf

O concurso de admissão à carreira diplomática (CACD) é um dos exames públicos mais exigentes do Brasil, mas tornar-se diplomata era a meta dessa aeromoça que trabalhava para uma empresa aérea árabe, baseada no Golfo Pérsico. Sem saber do nível de exigência da prova, acreditando que conhecer o mundo e falar idiomas lhe bastariam, prestou o concurso pela primeira vez em 1996, aos 24 anos de idade. Arrasada ao ler as primeiras linhas da prova, desistiu da ideia de ser diplomata e continuou na aviação. Progrediu na carreira de comissária, chegando a chefiar voos na frota de aviões presidenciais dos Emirados Árabes Unidos, verdadeiros palácios voadores. Depois de um acidente aéreo conjugado com a saudade que sentia de morar na sua terra natal, o Brasil, com as pessoas que amava, deixou o Oriente Médio – para onde retornaria, anos mais tarde, como diplomata do Serviço Exterior Brasileiro. Diário de Bordo – um voo com destino à carreira diplomática é um exercício autobiográfico que a autora apresenta, dividindo com o leitor por que decidiu se tornar diplomata e como foi sua jornada para este fim, desde a desistência inicial, passando pela determinação, anos mais tarde, da meta "passar no CACD", chegando ao dia em que finalmente era aprovada no concurso de 2006. O objetivo central da obra é mostrar que a realização de um sonho é possível desde que sejamos realistas e passemos a agir para alcançá-lo. Começando a estudar do zero, Claudia Assaf mostra como planejou seus estudos estratégicos que resultou na sua aprovação no CACD durante o quarto ano de seu processo preparatório.

4,3/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

El secreto de los Assassini: Los enemigos más temibles de los templarios ahora tienen en sus manos el destino del mundo (Saga Hércules y Lincoln nº 2)

por Mario Escobar

 Los libros de Mario Escobar están entre los más vendidos en Amazon. Éxitos como El Círculo, Caribbean Island o El reino del cielo le avalan como uno de los escritores más leídos en español. 
Sus libros están en el Top 100 de Amazon España, Estados Unidos, Alemania, Canadá, Australia, Francia, Brasil y México.

Saga Hércules y Lincoln. Disfruta la aventura de dos de los investigadores que ya han emocionado a miles de lectores en los cinco continentes.

Esta saga ha sido traducida al ruso, serbio y polaco.

Opinión Clientes:

“El Secreto de los Assassini me capturó por completo. Es uno de los mejores libros de la saga de Hércules, pues tiene un gran ritmo narrativo que logra que el lector siempre quiere saber qué sucederá a continuación. Más allá de eso, es perfectamente uno de los mejores textos educativos sobre asuntos históricos, como siempre lo ha logrado Mario Escobar, pero en este libro en particular es increíblemente acertada y digerible la manera de presentar información que probablemente a muchos les sea ajena.Yo tengo estudios sobre Medio Oriente, y sobre el Islam, y si alguien tiene deseos de entretenerse a la par que aprender sobre esta religión y sus corrientes, es un libro altamente recomendado. No dudo volver a leerlo pronto, pues en verdad es una delicia recorrer cada página de este libro.” David Santamaría (Estados Unidos)

“La novela es muy entretenida, especialmente por las ambientaciones de época, tanto del periodo de la Guerra del 14 como del siglo 16” Amazon lector

Sinopsis:

Roma, año 813. Una expedición se dirige a la boca del Nilo. Su misión es descubrir un secreto que los faraones negros de Meroe ocultan desde hace siglos. El Cairo, año 1075. El Gran Visir recibe un extraño regalo que protegió a la peligrosa secta de los Assassini. El arma que les ayudó a resistir a las fuerzas cruzadas y el ataque de Saladino. Estambul, año 1914. Una misteriosa princesa árabe esconde un secreto que puede cambiar la historia de la humanidad, pero tendrá que recorrer con Hércules Guzmán Fox y sus amigos George Lincoln y Alicia Mantorella el desierto de Egipto, luchar a los pies de la Acrópolis y atravesar una Tur-quía en guerra para llegar al Valle de los Asesinos, donde se esconde un misterio que podría provocar la última cruzada contra el islam.

Otras aventuras de estos personajes en: La conspiración del Maine, El Mesías Ario, El secreto de los Assassini, La profecía de Aztlán, El dedo de Dios y El testamento del Diablo.

4,3/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Superación Personal: Tesoro de la sabiduría- Tomo II

por Luis Alberto Villamarin Pulido

 El segundo tomo de cinco de la serie Superación Personal, contiene una selección metodológica de pensamientos, reflexiones, puntos de vista y análisis de personajes, cuyas extraordinarias ejecutorias  transformaron el curso de la humanidad o de sus comunidades, verbigracia Napoleón Bonaparte, el papa Juan Pablo II, Indira Ghandi, Isaac Newton, Steve Jobs, Bill Gates, la madre Teresa de Calcuta, Martín Luther King, Konrad Adenauer, Donald Trump, y otros.En términos generales esta obra proporciona al lector elementos informativos de cultura general, mensajes de motivación, inducción a actuar con mente positiva, creatividad, innovación y deseo permanente de acertar en todos los actos de la existencia humana.
Los sapientes puntos de vista de los  líderes que desfilan por las páginas de este libro persisten en la constancia, la perseverancia, la disciplina, la reflexión permanente, el enriquecimiento intelectual y la labor en torno a objetivos concretos, con énfasis en ser mejores personas, mejores ciudadanos y construir mejores familias.
Con facilidad el lector puede rotar la lectura de las páginas de un cuento hindú cargado de sabiduría popular como el caso de las pescadoras, a profundas reflexiones existenciales de Oscar Wilde, o a concepciones científicas sociales de Voltaire o exactas de Newton. Y así sucesivamente.
Este documento es el tipo de libros que necesitan los padres para acumular mayores argumentos explicativos en la interacción con sus hijos; o que requieren los jefes para desarrollar el liderazgo dentro de sus equipos de trabajo.
Al mismo tiempo, el contenido contextual del libro, convierte esta metódica selección de ideas, en un documento de consulta permanente, para la toma de decisiones en diversos campos del quehacer humano, además de ser una fuente argumentativa de consulta para encarar diferentes eventos de la vida personal o profesional.
El libro se subtitula Tesoro de la Sabiduría,porque aglutina enseñanzas dejadas por los gestores de las ideas aquí transcritas y encierra un cúmulo de valiosas instrucciones para leer, aprender y aplicar en la interacción con los demás seres humanas.
Tener esta obra en la biblioteca personal, es una obligación moral de toda persona con visión emprendedora y mentalidad triunfadora.

4,2/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Fábula asiática

por Rodrigo Rey Rosa

Un thriller hipnótico y sensual que nos lleva de Tánger a Patmos, de Mountain View a Estambul, y nos hace reflexionar sobre la era de violencia extrema que vivimos. La nueva novela de uno de los más grandes autores contemporáneos.
«Una literatura de los sentidos y del conocimiento esencial. Sensual y moral. Leer para disfrutar casi irracionalmente.»
J. Ernesto Ayala-Dip, El Correo Español
Un escritor mexicano visita en Tánger a un viejo amigo que le confiesa que su hijo Abdelkrim se encuentra en apuros. También le confía una bolsa con varios casetes de audio en los que se relata la historia del muchacho marroquí, un joven prodigio de las matemáticas y la tecnología becado en una universidad de Estados Unidos y seleccionado para seguir un programa especial de la NASA. Junto a los casetes, recibe una tarjeta de memoria con documentos en árabe quedeberá decodificar. A medida que penetra en la historia de Abdelkrim, descubre que está siendo perseguido y que se encuentra en el centro de una conspiración cósmica.
Críticas:
«La prosa de Rey Rosa es metódica y sabia. No desdeña, en algunos momentos, el látigo -o mejor dicho: el chasquido lejano de un látigo que jamás vemos- ni el camuflaje. No es un maestro de la resistencia sino una sombra, una raya que atraviesa veloz el espacio de la normalidad. Su elegancia nunca va en demérito de su precisión. Leerlo es aprender a escribir y también es una invitación al puro placer de dejarse arrastrar por historias siniestras o fantásticas.»
Roberto Bolaño, Entre paréntesis
«Rey Rosa crea historias de proporciones míticas.»
Jonah Raskin, San Francisco Chronicle
«Discípulo libresco de Jorge Luis Borges, primero, y en directo de Paul Bowles, después, Rodrigo Rey Rosa es un narrador sin patria ni tradición, marcado por la austeridad ejemplar de su escritura.»
Miguel Mora, El País
«Un implacable testigo, aunque jamás un cronista, del cruce y el conflicto de razas, culturas y civilizaciones.»
J.A. Masoliver Ródenas, La Vanguardia
«Rey Rosa es a la vez parco, delicado y rotundo, como sus libros.»
Javier Rodríguez Marcos, Babelia (portada)
«Rodrigo Rey Rosa ha hecho de la sobriedad un efecto de estilo con el que está edificando una de las más notables trayectorias de la literatura latinoamericana.»
Ricardo Baixeras, El Periódico
«Una obra extraordinariamente contenida, parca, intrigante. Una literatura a salvo de gestos inútiles, donde la belleza parece nacer de esa curiosa inclinación por el silencio.»
Raphaëlle Rérolle, Le Monde
«Un narrador de lectura ya imprescindible.»
Rafael Gutiérrez, Siglo XXI
«Una literatura de los sentidos y del conocimiento esencial. Sensual y moral. Leer para disfrutar casi irracionalmente.»
J. Ernesto Ayala-Dip, El Correo Español
«La escritura ágil, gozosa y contenida, un cuidado casi artesanal por la palabra ajustada sin pedantería. Rey Rosa es un escritor que escribe bien sin que se note, eso que antes se llamaría clásico# Los libros de Rey Rosa son libros siempre valiosos y, como se ha repetido muchas veces, adictivos.»
Carlos Pardo, Babelia

4,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

22000+ Español - Italiano Italiano - Español Vocabulario

por Gilad Soffer

22000+ Español - Italiano Italiano - Español Vocabulario - es una lista de más de 22000 palabras traducidas del español al Italiano, así como del Italiano al español. Fácil de usar. Estupenda para los turistas y los hablantes de español interesados en aprender Italiano y también para los hablantes de Italiano interesados en aprender español.

4,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

23000+ Español - Ruso Ruso - Español Vocabulario

por Gilad Soffer

23000+ Español - Ruso Ruso - Español Vocabulario - es una lista de más de 23000 palabras traducidas del español al Ruso, así como del Ruso al español. Fácil de usar. Estupenda para los turistas y los hablantes de español interesados en aprender Ruso y también para los hablantes de Ruso interesados en aprender español.

4,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

20000+ Español - Griego Griego - Español Vocabulario

por Gilad Soffer

20000+ Español - Griego Griego - Español Vocabulario - es una lista de más de 20000 palabras traducidas del español al Griego, así como del Griego al español. Fácil de usar. Estupenda para los turistas y los hablantes de español interesados en aprender Griego y también para los hablantes de Griego interesados en aprender español.

4,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

De Maomé A Burj Khalifa: Um Curso Rápido Em 2000 Anos De História Do Médio Oriente

por Michael Rank

O veterano jornalista e historiador otomano Michael Rank traz-nos a história concisa de 2000 anos de guerra, paz, revoluções religiosas e tumultos sociais do Médio Oriente neste excitante novo livro.
Para a maioria dos Ocidentais o Médio Oriente e o conflito Israelo-Palestiniano são algo completamente confuso. Os Palestinianos querem bombardear os Israelitas que os obrigam à força da bala a viver em partes restritas do país. Os líderes árabes estão furiosos com esta situação e querem que os Israelitas sejam “varridos do mapa” e que o território seja devolvido aos Palestinianos, apesar de que o terreno da terra santa se parece com o interior dos Estados Unidos. E quase todos os líderes a nível mundial acham por bem intervir na disputa destes dois pequenos países.
Para perceber o conflito atual no Médio Oriente e os 2000 anos por detrás disso, este livro está dividido em 25 concisos capítulos. Cada um é dedicado a um tema principal da história do Médio Oriente, tal como o inicio do Islão, as Cruzadas, Genghis Khan, e o nascimento de Israel em 1948. Podem ser lidos em minutos, dando-lhe uma panorâmica geral dos assuntos e ajudando-o a compreender os eventos atuais no Médio Oriente.
No fim saberá tanto sobre a história do Médio Oriente e sobre o conflito Israelo-Palestiniano como se tivesse tirado um curso universitário de um ano no assunto. Vai parecer muito bem informado sobre os assuntos mundiais aos seus amigos e colegas.
Se quer compreender completamente a história desta parte do mundo no menor tempo possível, então “De Maomé a Burj Khalifa” é para si!

3,8/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

365 días que cambiaron el mundo

por Historia

Días que cambiaron el mundo, que modificaron nuestra manera de contemplar la historia, que supusieron un giro radical en el curso de los acontecimientos... así hasta 365, que son los días clave que se recogen en estas páginas. Avalado por el rigor del canal de televisión HISTORIA, este es un compendio de algunos de los hitos y curiosidades que han marcado un antes y un después en nuestra vida. Verdaderos momentos estelares de la humanidad. Todoslos siglos, todas las culturas, todos los ámbitos se encuentran en este libro único e imprescindible para comprender el mundo en que vivimos. Desde que se permitió votar por vez primera a las mujeres hasta la invención de la lata de cerveza, el lanzamiento del iPhone, el fin del apartheid, la primavera árabe, la primera exposición de Picasso en París, la muerte de Cleopatra o la aplicación quirúrgica de la anestesia... Además, se incluye un interesantísimo apartado con información práctica, curiosa y anecdótica que nos aporta una visión diferente y menos conocida.
Deja de soñar y sumérgete en la historia

3,8/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Poliomielite

por Cássyo

Do grego, pólio (cinzento) e mielite (inflamação da medula). Nem sempre a substância cinzenta medular é a mais comprometida. Esta doença dizimou e dizima a humanidade desde sua primeira aparição que pode ser observada através do Faraó Siptah (1187 a.C.).O início do surto epidemiológico no Brasil e no mundo, evolução dos tratamentos disponíveis (até a idade contemporânea), aparatos, terapias alternativas, fisioterapias (destaque ao método Kenny), imunização placebo, cirurgias em série como a extração das amídalas e exposição à polioencefalite são alguns dos assuntos abordados. Paralisia... infantil? Para responder esta questão temos Franklin Delano Roosevelt (1882-1945). A família passava férias de verão em Campobello, na costa escarpada atlântico-canadense. Aos 10 de agosto de 1921, aos 39 anos — esgotado após dia atribulado, correu quilômetros antes de mergulhar nas águas gélidas da baía Fundy, sendo diagnosticado com poliomielite, atestado por um médico especialista de Boston.A cama oscilante, pulmão de aço (instrumento de ressurreição da época) a precariedade e fragilidade no saneamento básico (como até hoje perdura onde há circulação do sorotipo selvagem) são pontos cruciais deste livro em uma escala de evolução e projeção em um futuro em longo prazo.Hodierna, a biossegurança vinculada à tecnologia da informação propõe controle efetivo sobre as paralisias flácidas agudas. Quando há notificação de suspeita (similaridade) e confirmação de diagnóstico, seja poliomielite por exposição ao vírus ou vacinal (reação) esta informação passa a ser armazenada e disponibilizada em prontuário eletrônico multidisciplinar (que não existia anteriormente), ferramenta a qual possibilita mapear tanto os casos já existentes como possíveis novos casos.De lá para cá, a situação mudou no quesito “prevenção” para novos casos, mas ainda assim, a poliomielite no Brasil é tida como “erradicada”, invés de “controlada”. Em 1994, o Brasil recebeu da OPAS/OMS um Certificado da Erradicação da Transmissão Autóctone do Poliovírus Selvagem, sendo também essa disciplina (devido a ser erradicada) excluída da grade curricular das Faculdades de Medicina.Em 24 de junho de 2014 o poliovírus selvagem foi encontrado na rede coletora de esgotos do aeroporto de Viracopos (Campinas/SP), sendo divulgado pela própria OPAS/OMS, fragilizando o certificado de erradicação emitido em 1994.Em países onde há circulação do poliovírus, órgãos, entidades assistenciais e do gênero posicionam-se de forma ambígua sobre fatores impeditivos em relação às campanhas de imunização sob dois eixos temáticos: o primeiro a religião e o segundo política.A persistência da circulação do poliovírus não pode ser unicamente realizada através da imunização. Em alguns países do Continente Africano e Asiático os quais são tidos como focos principais de disseminação. Ressalta-se que a questão da ausência ou ineficácia do sistema de saneamento básico, frisando que o poliovírus predomina e permanece onde não há medidas sanitárias preventivas as quais neutralizam e previnem o surgimento de diversas patologias. O tratamento e abastecimento d”água, coleta e tratamento de esgotos contribuem para reduzir a transmissão por esse contingente, “fechando o cerco” contra a poliomielite através das vacinas Salk e Sabin, as quais possibilitam a criação da “memória imunitária”, que corresponde à defesa do organismo contra agentes patogênicos. Esse sistema é composto por uma gama de substâncias e células, entre elas as células de memória, que desempenham o papel de armazenar durante vários anos ou pelo resto da vida a capacidade de identificar partículas infecciosas, com os quais o organismo já esteve em contato. Síndrome Pós-Poliomielite (SPP)Porém, após intervalo de 30-40 anos, 25% a 40% das pessoas que contraíram a doença, na infância, reapresentam sofrimentos comparáveis à distanciada fase aguda de outrora: dores musculares, fraqueza, novas paralisias, mas sem participação do vírus, afastada, portanto, a possibilidade de transmissão. A modalidade atual de queixas, retroativas, é a “síndrome pós-pólio”.Diante da ressurgência da questão e de saúde coletiva a SPP é uma doença DEGENERATIVA, sendo interpretada como nova doença ou efeitos tardios da poliomielite (recidiva).Algumas pessoas desenvolveram um comprometimento motor, que é a atrofia de certos músculos, afetados pela poliomielite. Para alguns foi uma alteração pequena, outros tiveram uma alteração maior ou muito severa.A poliomielite foi responsável pela implantação do curso de fisioterapia no Brasil (antes os fisioterapeutas eram apenas técnicos massoterapeutas – ou massagistas) e principalmente pela implantação dos sistemas de reabilitação (como AACD, ABBR, Casa da Esperança de Santos/SP, etc.)Com a reabilitação surgiram as cirurgias corretivas destinada às correções apontadas pelos médicos ortopedistas às crianças que resistiram (sobreviveram) ao vírus da poliomielite, sendo realizadas de uma a vinte cirurgias, as quais muitas destas sem uma perspectiva positiva sobre a total independência no quesito deambulação.Os pacientes vitimados pela poliomielite foram criados e treinados para serem os melhores e principalmente suplantarem quaisquer obstáculos, prosseguindo em seu cotidiano e jornada da vida, ou seja, estudar, trabalhar, constituir família e conformar-se com a sequela(s) e estigmatização.A SPP consiste na atonia muscular agravada por overuse¹ (exaustivos processos de desnervação/reinervação muscular – perda do axônio motor ou motoneurônio) sendo iniciada após sequela motora tida como estabilizada.A instabilidade da SPP é alarmante porque é progressiva, sendo desconhecido seu grau de complicações ou agravamento. No ano de 2009 a Organização Mundial da Saúde (OMS/OPAS) reconheceu a SPP como diagnóstico sob o CID-10 G14, a qual reforça e confirma sobre o aspecto e existência dos efeitos tardios da sequela de poliomielite que antes era interpretada como “estabilizada”.Aspecto jurídico (previdenciário)Um dos destaques é a questão previdenciária e indenizatória aos sequelados/vitimados pela poliomielite em âmbito nacional, equiparando-se aos vitimados pela talidomida (Lei 7.070/82). A Previdência Social (Instituto Nacional do Seguro Social - INSS) em seu departamento de perícias médicas de que os danos acarretados pela poliomielite eram estáveis e não evoluíam e se o contribuinte (segurado) conseguiu manter vínculo empregatício até a idade contemporânea estaria apto a esperar pela aposentadoria por tempo de serviço/contribuição como qualquer outro segurado.Diante do surgimento do CID G14 (SPP), há necessidade de revisão processual na casuística dos vitimados pela poliomielite (sequela) agravada pela SPP, abrindo precedente analítico em relação aos requerimentos de aposentadoria precoces que antes eram indeferidos por não ser interpretada (a sequela e a SPP – degenerativa) como incapacitante. Neste livro há um manual (tutorial breve) sobre as isenções tributárias e benefícios destinados aos sequelados pela poliomielite e os diagnosticados com a SPP. Por exemplo, há disponibilidade da isenção do IPVA para veículos novos e usados, assim como rodízio municipal.Poliomielite e os “Anos de Chumbo”(Período da Ditadura militar 1964-1985)Um mergulho às regiões abissais e mais sombrias da história do Brasil esbarra no Departamento de Ordem Política e Social – DOPS e Destacamento de Operações de Informação - Centro de Operações de Defesa Interna (DOI-CODI). O retorno desta pesquisa permanece em foco aos períodos Adhemar Pereira de Barros (médico epolítico brasileiro) e Emílio Garrastazu Médici (militar e político brasileiro).O surgimento das vacinas contra a poliomielite no Brasil (campanhas voltadas à produção de resposta imunitária primária e secundária), a presença da milícia VAR-Palmares e a Copa de 1970 que reavivou o nacionalismo com o lema: “Ninguém segura esse país” e a repentina evasão de Albert Sabin do Brasil mantém um vínculo histórico em resposta ao aumento nos casos de poliomielite (no Brasil), são destaques inclusos nesta obra.No quesito imunização podemos sintetizar que as células detém capacidade de memória para reconhecer antígenos. Por esta razão algumas doenças são adquiridas apenas uma vez na vida (exemplo: catapora). Neste caso a imunização efetiva corresponde a um agente infeccioso (vírus, bactérias, toxinas) atenuado que prepara o corpo para responder efetivamente a um ataque futuro, impedindo que a doença se instale, devido à sucessão e respectiva existência da chamada “memória vacinal” (resposta imunitária). Multidisciplinaridade e tratamentoA sequela de poliomielite e o diagnóstico de síndrome pós-poliomielite necessita de tratamento/acompanhamento médico multidisciplinar, sendo realizada dieta apropriada e exercícios físicos personalizados e adequados devido à variação na escala de comprometimento físico (especificidade de comprometimento/sequela – leve/moderada/severa).A fisioterapia respiratória (devido ao agravamento na respiração originária do comprometimento na formação da caixa torácica e implicação postural) deve ser adotada, assim como ginástica passiva e hidroterapia.Canto coral ou impostação vocal é altamente recomendado para fortalecimento do diafragma, ajudando a combater a disfagia que compromete a deglutição (como a de ar – que pode acarretar aspiração ou pneumonias aspirativas), associado a exercícios da função motora da fala, incluindo os parâmetros de respiração, fonação, ressonância, articulação, prosódia e inteligibilidade da fala.Cabe ao cirurgião dentista não apenas à estética, mas quanto ao desencadeamento de possíveis quadros clínicos como bruxismo ou má-oclusão. Ambos podem acarretar dor e zumbido no ouvido, dor no pescoço, na mandíbula e nos músculos da face por causa do esforço realizado pelos músculos da mastigação, estalos ao abrir e fechar a boca, alterações do sono, destruição e sangramento do tecido da gengiva, fadiga facial, ansiedade, estresse e tensão.A ergonomia, medidas de correção postural, coletes de sustentação (para as mulheres soutiens de sustentação em “X”) são muito recomendados, valorizando o busto empregando conforto, coibindo desvios posturais e de marcha.O uso de órteses e acessórios são recomendados para não sobrecarregar articulações sem tônus (principalmente os joelhos), sendo consultado médico sobre a possibilidade de miorrelaxantes.O aconselhamento nutricional é para assegurar que o controle do peso seja incorporado como uma mudança permanente buscando determinar o grau de obesidade dos pacientes, adequando uma dieta equilibrada, baseada em conceitos práticos (pirâmide de alimentos), na tentativa de corrigir os erros alimentares, atingindo o equilíbrio, sendo este processo reeducação nutricional.Outra questão a ser analisada no diagnóstico de SPP abordado é a fraqueza na musculatura abdominal que pode acarretar constipação, sendo combatida com dicas e medidas singelas como aumento de oleaginosas, fibras e sementes, água, elementos que facilitem a digestão e evacuação.A importância dos psicólogos, coachs, psicoterapeutas, psicanalistas e terapeutas ocupacionais é sumamente necessária no tratamento. O diagnóstico de SPP deve ser encaminhado para programas de reabilitação que envolve, além da assistência a problemas físicos, acompanhamento psicoterápico/psicossocial porque muitos fatores externos e tidos como “comuns” acarretam aumento da dor, seja por ansiedade, medo, cansaço, barulho excessivo, estafa de trabalho físico e mental (esgotamentos).Calçados com tiras forradas para coibir o “pé equino”, saltos estáveis, forro, suporte calcâneo,sapatilhas que possibilitam aproximação e atrito do calcanhar sobre o piso, próteses de panturrilhas ou coxas (compensação/revestimento) são algumas dicas disponíveis.A poliomielite não escolhe etnias ou camadas...Mia Farrow, Abram H. Zimmerman (pai do cantor Bob Dylan), Boris Casoy, Frida Kalo foram algumas das biografias consultadas de vitimados pela poliomielite, destacando-se o filho do presidente Getúlio Vargas...Terapias alternativas com gratuidade (via Sistema Único de Saúde – SUS)Consulte: Ministério da Saúde - Portaria 849 de 27/03/2017O Sistema Único de Saúde (SUS) oferece terapias alternativas, como meditação, arteterapia, reiki, musicoterapia, tratamento naturopático, tratamento osteopático e tratamento quiroprático, dentre outras.O campo das práticas integrativas e complementares contempla sistemas médicos complexos e recursos terapêuticos, os quais são também denominados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de medicina tradicional e complementar.Algumas terapias já eram oferecidas na categoria “práticas integrativas”, como práticas corporais em medicina tradicional chinesa, terapia comunitária, dança circular, ioga, oficina de massagem, auriculoterapia, massoterapia e tratamento termal.De acordo com a OMS, terapia alternativa significa que ela é utilizada em substituição às práticas da medicina convencional, já a terapia complementar é utilizada em associação com a medicina convencional, e não para substituí-la. O termo “integrativa” é usado quando há associação da terapia médica convencional aos métodos complementares ou alternativos a partir de evidências científicas.Tratando-se de doença de caráter progressivo, sem medicamento que possa interromper a sua progressão, SPP deve ser encarada como enfermidade para ser tratada com práticas integrativas e complementares.Cura/regeneração pela fé (procedimentos adotados contra a poliomielite e seus efeitos/sequelas)Por fim, neste livro há abordagem teológica enfatizando sob os credos abraâmicos o que pais, familiares, amigos e conhecidos procederam à época, antes da existência de uma vacina, locais muito remotos onde não havia tratamento acessível ou mesmo quando a imunização ou a medicina não alcançaram resultados satisfatórios.Locais de tratamento, peregrinações, procedimentos, ritos e rituais empíricos praticados para neutralizar a ação do poliovírus e eventual mortificação do enfermo foram pesquisados com todos aqueles que um dia partiram em busca da cura das crianças sequeladas pela poliomielite. A sala dos milagres (no santuário Nossa Senhora do Monte Serrat – Santos/SP), a Novena de Nossa Senhora de Lourdes, a imprecação e esconjuro de São Quirino (contra as paralisias) e as curas procedidas por Padre Pio de Pietrelcina são alguns destaques da liturgia.A pesquisa também se aprofunda quanto à esconjuração do gênio que provoca paralisias (originário da antiga Pérsia – atual Irã), além de preces e esconjurações ancestrais (com ênfase aos povos luso-celtas, celtiberos, celtas, ibero-românicos - vinculados ao druidismo), cultos de stregheria para neutralizar os efeitos da enfermidade em voga foram abordados.Consta análise e interpretação sob o prisma das Chaves Maiores de Salomão e Qaballah, aprofundando-se sob os processos de regeneração da mobilidade das articulações e recuperação de movimentos em membros. Na mesma esteira surge a aplicação do fogo ou raio verde (Mestre Hilarion) e uma listagem da música das esferas celestes, cadências musicais específicas para acionamento dos processos curativos e manifestação e fortalecimento da fé (no caso de ausência ou força é recomendado acionamento por indução).O Livro de Ezequiel (na Torah Y khizqel) é esmiuçado tanto na Torah quanto na Bíblia Sagrada, exatamente no Capítulo 37 (Vale dos Ossos Secos) são alguns dos destaques da liturgia protestante e judaica.Conforme as revelações corânicas (Corão) a prática do respeito para com Deus, à conectividade/estreitamento (homem-Deus), o exercício da fé e o conceito da ruqyah (Ash-Sharia / Ash Shirkiyah) foram analisados. A primeira embasada sob os elementos corânicos, de forma fidedigna. A vertente da segunda agrega Shirk, associando outras divindades ou pessoas divinizadas a Deus, de forma que o mesmo procedimento acima descrito poderá ser integrado com outros tipos de procedimentos, afastando-se do Tawhid (em árabe, توحيد ) ou fé no “Deus Único”, como neste fragmento:“Não existe uma doença que Deus tenha criado, exceto que Ele também criou seu tratamento/antídoto” - Sahih Al-Bukhari, são alguns dos destaques da liturgia islâmica.No budismo a prática da benevolência e fraternidade é cristalina. A persistência dos pais, familiares, profissionais da saúde e até cuidadores(as) configuram os “bodhisattvas”.No Capítulo 15 do Sutra do Lótus consta que o praticante da via do Bodhisattva não se contamina com as impurezas mundanas, e isso é como a Flor de Lótus que nasce no pântano e não se suja (persiste e nunca esmorece). As impurezas do mundo são comparáveis à água do pântano, e esses bodhisattvas nascem e coabitam neste mundo. Os bodhisattvas “transmutam” as maldades, manifestando e irradiando o bem. É um estado de benevolência de querer salvar aos outros de seus sofrimentos. Portanto, benevolência neste caso, difere do conceito comumente interpretado como compaixão, sendo interpretado como temperança ou paciência agregada ao amor incondicional.Por fim, sob o prisma nativo (indígena brasileiro) foram condensados procedimentos, ritos, rituais e benefícios de ervas curativas (como a guaçatonga) aliados à naturopatia e medicina intuitiva xamânica.Todo este conteúdo você encontra em “Poliomielite: O Holocausto Silencioso no Brasil - SEGUNDA EDIÇÃO”, que sintetiza a memória da poliomielite e de seus vitimados(as).Confira...¹ Overuse é um termo utilizado para designar o excesso de repetições em um determinado movimento, provocando microtraumas locais;

3,7/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

El auge de ISIS La nueva cruzada de Occidente

por Andrew Sharp

Descripción del libro:
ISIS ha conmocionado al mundo con su terror y brutalidad. Este libro explora las bases de la organización terrorista ISIS/IS cuyas violentas y sorprendentes victorias han galvanizado al mundo. Esta obra no solo pretende contar la trama de su historia sino, y quizás más importante, explicar su financiamiento, liderazgo, motivaciones y metas y visión finales a través de una perspectiva inteligente y razonada que examina en qué fracasó el liderazgo occidental y los cálculos cínicos que a menudo se hicieron. Irónicamente, muchas de esas decisiones no solo dañaron las relaciones con el mundo árabe sino – como los lectores atentos descubrirán – esas políticas perjudicaron también a sus naciones de origen. Este libro también examina la historia de Oriente Medio a través de los ojos de sus habitantes en sus relaciones con occidente; y defiende la idea de que entender a nuestros rivales es una señal de fortaleza, no de debilidad. Durante la obra se hacen constantes referencias y comparaciones con eventos históricos del pasado para recordar a los lectores la importancia de aprender de la historia y sus características evolutivas. Este libro concluye con recomendaciones meditadas acerca de cómo debería responder Occidente al tumulto de Oriente Medio además de proyecciones sobre los resultados más probables.

3,7/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Relatório da CIA - Nova Era

por Salem Nasser

QUAL SERÁ O FUTURO DA HUMANIDADE? A resposta pode ser outra pergunta: haverá um futuro? O amanhã vai depender da ação do homem hoje, alerta este Relatório da CIA — A Nova Era, que aponta os motivos da apreensão mundial diante do que vem por aí. As mudanças recentes, muitas delas imprevistas, como a eleição de Trump nos EUA, ao de Bolsonaro no Brasil, o Brexit e as revoltas no mundo árabe afetam o rumo da história. Este livro não pretende desvendar o futuro, mas analisa o presente, com o apoio de pesquisas criteriosas, para convidar a todos a uma reflexão e um debate sobre o próprio destino da vida na Terra. As transformações em curso — tecnológicas, econômicas e sociais – podem nos levar à luz ou às trevas. Esse é o "paradoxo do progresso". Cabe ao conjunto de forças atuantes – organismos internacionais e regionais, governos e instituições informais – ajustar o leme que conduzirá a dias de maior equilíbrio sociopolítico e de redução das injustiças e da violência em todo o mundo. Um livro imprescindível para qualquer um

3,5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

El extranjero de Albert Camus (Guía de lectura): Resumen y análisis completo

por ResumenExpress.com,

ResumenExpress.com presenta y analiza en esta guía de lectura El extranjero de Albert Camus, una de las obras del siglo XX más leídas y estudiadas en Francia y en el mundo. En ella, el autor cuenta cómo Meursault, un joven silencioso que encarna lo absurdo hasta el punto de ser extranjero en su propia existencia, es condenado a muerte por el asesinato de un árabe porque no lloró durante el entierro de su madre.

¡Ya no tienes que leer y resumir todo el libro, nosotros lo hemos hecho por ti!

Esta guía incluye:

• Un resumen completo del libro
• Un estudio de los personajes
• Las claves de lectura
• Pistas para la reflexión

¿Por qué elegir ResumenExpress.com?
Para aprender de forma rápida. Porque nuestras publicaciones están escritas con un estilo claro y conciso que te ayudará a ganar tiempo y a entender las obras sin esfuerzo. Disponibles en formato impreso y digital, te acompañarán en tu aventura literaria.

Toma una dosis de literatura acelerada con ResumenExpress.com

3,5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

De Mahoma A Burj Khalifa: Un Curso Rápido De 2,000 Años De Historia Del Medio Oriente

por Michael Rank

El periodista veterano e historiador otomano Michael Rank te trae una historia concisa de 2,000 años de guerra, paz, revueltas religiosas y colapsos sociales en el Medio Oriente, en este emocionante libro. Para la mayoría de occidentales el Medio Oriente parece demasiado confuso. Los Palestinos quieren bombardear Israelíes que los fuerzan a punta de pistola a vivir en partes restringidas del país. Los líderes árabes están furiosos por esta situación y quieren borrar a los israelíes del mapa; y regresar su tierra a los palestinos, a pesar de que el estado real de Tierra Santa parece como la Utah rural. Y casi todos los líderes del mundo ven que encajan en esta disputa en estas dos pequeñas porciones de territorio.
Para desentrañar el conflicto del Medio Oriente moderno y los 2,000 años detrás de él, este libro está dividido en 25 capítulos concisos. Cada uno dedicado a temas mayore en la Historia del Medio Oriente, tales como el comienzo del Islam, las Cruzadas, Genghis Khan y el comienzo de Israel en 1948, pueden ser leídos en unos cuantos minutos, dándote un rápido vistazo a los temas y te ayudará a entender los actuales eventos del Medio Oriente.
Al final, sabrás tanta historia del Medio Oriente y el conflicto israelí.palestino como si hubieras tenido un curso de un año en la universidad. También sonarás como un gran conocedor sobre asuntos del mundo ante tus amigos y compañeros.
Si quieres entender esta parte del mundo completamente en el menor tiempo posible, entonces ¡"De Mahoma a Burj Khalifa" es para ti!

3,3/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

La Inmigración Árabe en América

por Mustafa Ustan

 La razón de esta investigación reside, primeramente, en un hecho que vivió el autor al llegar a Chile. Citamos: «Sabía que en este país sudamericano casi no había turcos. Como era inmigrante, necesitaba comunicarme con la gente y así aprender más de la lengua y la cultura chilenas. Cuando aprendí lo básico del idioma, quise saber si había otros turcos en la ciudad. Contrariamente a lo que yo había imaginado, me dijeron, no una sino varias veces, que había muchos turcos en Chile. Esto me alegró sobremanera. Podría conversar sobre Chile y su gente con mis compatriotas. Sin embargo, surgió una duda: ¿cómo era posible aquello, si mis conocidos en Turquía me decían que casi no había turcos en este lejano país? Se me indicó cuáles eran los lugares donde podría hallarlos. Hablaban español como los chilenos y no sabían turco ni árabe. Entonces ¿quiénes eran? Si se trataba de mis paisanos, ¿cómo habían olvidado el idioma? ¿Cuándo habían inmigrado a Chile? Eran descendientes de los otomanos que habían llegado desde medio oriente hacía más de un siglo. «El turco» en este país, como en toda Latinoamérica, no era de la etnia turca, sino descendiente de árabes otomanos. ¿Por qué, entonces, se les había llamado turcos? ¿Por qué habían inmigrado? ¿Cuándo lo habían hecho? ¿Cómo había sido el proceso de adaptación?». Todas estas interrogantes encuentran respuesta a través del presente libro.

3,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Un musulmán infiltrado: El viaje de un hombre en busca de los secretos del islam

por Theo Padnos

Un periodista occidental infiltrado en Yemen, elegido por The Bookseller como uno de los mejores libros del verano de 2011. «Sabía que iba a meterme de lleno y tenía algo de miedo al pensarlo, pero al igual que otros sentía que estaba aprendiendo sobre el islam lo que no podría aprender en ningún otro lugar. El islam me estaba cambiando».
En 2004 Theo Padnos abandonó su trabajo de profesor de poesía en Vermont y se mudó a Yemen, donde se matriculó en una escuela religiosa como musulmán. Se metió de lleno en las enseñanzas del islam, aprendió árabe y memorizó el Corán. Fue bien acogido por la comunidad y poco a poco se hizo su hueco en los círculos fundamentalistas.
Su historia no es única, pues otros han huido a Yemen en busca de un modo de vida más puro. Algunos se encuentran con algo más peligroso. Theo hizo este viaje no buscando su propio desarrollo personal sino para ver por qué muchos occidentales cambian radicalmente su vida y así entender la transformación que muchos sufren allí en las montañas.
Gracias a los hechos y a las personas que se encuentra Theo Padnos nos muestra la brecha tan tremenda que se ha abierto entre el islam y Occidente.

3,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

26000+ Español - Árabe Árabe - Español Vocabulario

por Gilad Soffer

26000+ Español - Árabe Árabe - Español Vocabulario - es una lista de más de 26000 palabras traducidas del español al Árabe, así como del Árabe al español. Fácil de usar. Estupenda para los turistas y los hablantes de español interesados en aprender Árabe y también para los hablantes de Árabe interesados en aprender español.

2,6/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Árabe marroquí: de la oralidad a la enseñanza

por Abderrahim Youssi

Marruecos protagoniza
desde finales del siglo XX un esfuerzo sin
parangón por normalizar la escritura y el sistema gramatical de su
lengua vernácula, el árabe marroquí. Y
ello es así merced a una
serie de propuestas concretas para su estandarización, mediante la recopilación
y la creación de textos en árabe marroquí, o bien a través de la traducción
desde otros idiomas. Profesores y profesionales de la educación han venido a
reforzar esta nueva realidad al defender la necesidad de enseñar –al menos en
la Educación Primaria– en la lengua materna de los marroquíes: el árabe
marroquí, o el amazige. Además, el uso del árabe marroquí ha crecido notablemente
en los últimos cinco años en espacios como el televisivo (producción y
doblaje), el discurso político-social, en internet y en el lenguaje
publicitario, entre otros.
En España hace
tiempo que la comunidad marroquí (alrededor de 850.000 ciudadanos) nos plantea
retos a nivel social, intercultural y lingüístico. Junto al interés por la integración
del alumnado de origen marroquí en el contexto escolar español, o por atender con
eficacia las demandas de los servicios de traducción e interpretación en los
contextos institucionales, existe una demanda de la población española para
aprender el árabe de Marruecos con fines laborales, empresariales, académicos,
u otros.




























Esta obra colectiva
recoge un mosaico de aportaciones académicas en torno a la escolarización de
los niños marroquíes en España, la política lingüística de Marruecos, la
interculturalidad, la etnografía de la comunicación, o la traducción literaria
y la edición en árabe marroquí.

2,3/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Libro de Vocabulario Árabe: Un Método Basado en Estrategia

por Pinhok Languages

Este libro de vocabulario contiene más de 3000 palabras y frases agrupadas por temas para que le resulte más fácil elegir lo que desea aprender primero. Además, la segunda parte del libro contiene dos secciones de índice que se pueden utilizar como diccionarios básicos para buscar palabras en cualquiera de los dos idiomas. Las tres partes juntas convierten este libro en un recurso fantástico para estudiantes de todos los niveles.
¿Cómo utilizar este libro de vocabulario árabe?
¿No sabe por dónde empezar? Le sugerimos que empiece por los capítulos de verbos, adjetivos y frases de la primera parte del libro. Así dispondrá de una base sólida para seguir estudiando y contará con el suficiente vocabulario de árabe para comunicarse a nivel básico. Podrá usar los diccionarios de la segunda mitad del libro cuando necesite buscar palabras que escuche en la calle, palabras cuya traducción desea conocer o simplemente aprender nuevas palabras en orden alfabético.

Algunas ideas finales:
Los libros de vocabulario existen desde hace siglos y, como tantas otras cosas que llevan mucho tiempo con nosotros, no están muy de moda y son algo aburridos, pero normalmente funcionan muy bien. Junto con las partes de diccionario básico, este libro de vocabulario de árabe es un recurso fantástico que le ayudará durante todo el proceso de aprendizaje y resulta especialmente útil en esas ocasiones en las que no dispone de internet para buscar palabras y frases.

2,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Aprender Árabe - Rápido / Fácil / Eficaz: 2000 Vocablos Claves

por Pinhok Languages

Este libro contiene un vocabulario con las 2000 palabras y frases más comunes ordenadas por frecuencia de uso en la conversación diaria. Este libro de vocabulario sigue la regla 80/20, de manera que aprenderá primero las estructuras y palabras más importantes que le ayudarán a progresar con rapidez y mantener la motivación.
¿Quién debería comprar este libro?
Este libro está dirigido a estudiantes de árabe de nivel principiante e intermedio con iniciativa y dispuestos a dedicar de 15 a 20 minutos al día a aprender vocabulario. Este libro de vocabulario presenta una estructura sencilla producto de eliminar todo lo innecesario para concentrar el esfuerzo de aprendizaje exclusivamente en las partes que le conducirán a mayores progresos en menos tiempo. Si está dispuesto a dedicar 20 minutos al día a aprender, probablemente sea la mejor inversión que puede hacer si tiene un nivel principiante o intermedio. Se sorprenderá de la velocidad a la que progresará con apenas unas semanas de práctica diaria.

¿Quién no debería comprar este libro?
Este libro no va dirigido a estudiantes de árabe con nivel avanzado. En ese caso, visite nuestro sitio web y busque el libro de vocabulario de árabe, que incluye más términos y está agrupado por temas, ideal para estudiantes avanzados que desean mejorar su capacidad lingüística en determinados ámbitos.
Además, si lo que necesita es un libro para aprender árabe todo en uno que le oriente durante las distintas fases del aprendizaje del idioma, probablemente no sea esto lo que busca. Este libro solo contiene vocabulario y se espera que los compradores aprendan aspectos como la gramática y la pronunciación a través de otras fuentes o en cursos de idiomas. El punto fuerte de este libro es que se centra en la adquisición rápida de vocabulario esencial, a expensas de otra información que muchas personas esperarían encontrar en un libro de árabe convencional. Tenga esto en cuenta al comprarlo.

¿Cómo utilizar este libro?
Se recomienda utilizar este libro a diario y repasar un número de páginas determinando en cada sesión. El libro se divide en secciones con 50 términos para progresar gradualmente. Pongamos por ejemplo que está repasando los términos 101 a 200. Cuando domine bien los puntos 101 a 150, podrá empezar a estudiar los elementos 201 a 250 y, al día siguiente, omitir las secciones 101-150 y continuar repasando 151 a 250. De este modo, paso a paso, avanzará en el libro y sus capacidades lingüísticas aumentarán con cada nueva página que domine.

1,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Livro de Vocabulário Árabe: Uma Abordagem Focada Em Tópicos

por Pinhok Languages

Este livro de vocabulário contém mais de 3000 palavras e frases em árabe que estão agrupadas por tópico para poder escolher mais facilmente o que deve aprender primeiro. Além disso, a segunda metade do livro contém duas secções de índice remissivo que podem ser utilizadas como dicionários básicos para procurar palavras em qualquer uma das duas línguas. As três partes juntas fazem com que este livro seja um excelente recurso para os estudantes de todos os níveis.
Como utilizar este livro de vocabulário de árabe?
Não sabe por onde começar? Recomendamos que estude primeiro os capítulos dos verbos, adjetivos e frases da primeira parte do livro. Isto dar-lhe-á uma excelente base para estudar mais e suficiente vocabulário em árabe para a comunicação básica. Os dicionários na segunda metade do livro podem ser utilizados sempre que precisar de procurar palavras que ouve na rua, palavras em árabe para as quais quer saber a tradução ou simplesmente aprender algumas palavras novas por ordem alfabética.

Algumas reflexões finais:
Os livros de vocabulário existem há séculos e, tal como acontece com tudo o que existe há algum tempo, não são muito modernos e são um pouco aborrecidos, mas normalmente funcionam muito bem. Juntamente com as partes básicas do dicionário de árabe, este livro de vocabulário de árabe é um excelente recurso para apoiá-lo no processo de aprendizagem e é particularmente útil quando não tiver acesso à Internet para procurar palavras e frases.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Aprenda Árabe - Rápido / Fácil / Eficiente: 2000 Vocabulários Chave

por Pinhok Languages

Este livro contém uma lista de vocabulários com 2000 das palavras e frases mais comuns ordenadas pela frequência de utilização na conversação diária. Com base na regra 80/20, este livro de vocabulário garante que aprende primeiro as principais palavras e estruturas de frases para ajudá-lo a progredir rapidamente e a manter-se motivado.
Quem deve comprar este livro?
Este livro destina-se a estudantes principiantes e intermédios de árabe que são automotivados e estão dispostos a passar entre 15 a 20 minutos por dia a aprender vocabulário. A estrutura simples deste livro de vocabulário deve-se à eliminação de tudo o que é desnecessário, permitindo que o esforço de aprendizagem incida apenas sobre as partes que contribuem para fazer o maior progresso no menor período de tempo. Se estiver disposto a dedicar 20 minutos a aprender vocabulário todos os dias, este livro é muito provavelmente o melhor investimento que pode fazer se tiver um nível principiante ou intermédio. Ficará surpreendido com a rapidez do progresso em apenas algumas semanas de prática diária.

Quem não deve comprar este livro?
Este livro não é para si se for um estudante avançado de árabe. Neste caso, aceda ao nosso website ou procure o nosso livro de vocabulário em árabe, que inclui mais vocabulários e está agrupado por tópicos, o que é ideal para os estudantes com um nível avançado que pretendam melhorar as respetivas capacidades linguísticas em determinadas áreas.
Além disso, se pretende um livro de aprendizagem de árabe completo que o guie pelas várias etapas de aprendizagem do árabe, este livro também não é provavelmente o que está à procura. Este livro contém apenas vocabulários e esperamos que os compradores aprendam elementos, tais como gramática e pronúncia, através de outras fontes ou de cursos de línguas. O ponto forte deste livro é a orientação para a aquisição rápida de vocabulários essenciais, que é obtida através da informação que muitas pessoas podem esperar num livro de aprendizagem de línguas convencional. Tenha em atenção este facto quando comprar este livro.

Como utilizar este livro?
Idealmente, este livro deve ser utilizado todos os dias e o estudante deve rever um número definido de páginas em cada sessão. O livro está dividido em secções de 50 vocabulários que lhe permitem avançar passo a passo no livro. Por exemplo, digamos que está atualmente a rever os vocabulários 101 a 200. Quando souber muito bem os vocabulários 101 a 150, pode começar a aprender os vocabulários 201 a 250 e, no dia seguinte, saltar os vocabulários 101 a 150 e continuar a rever os vocabulários 151 a 250. Desta forma, passo a passo, avançará no livro e as suas competências linguísticas aumentarão com cada página que dominar.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

O Árabe do Futuro 4: Uma juventude no Oriente Médio (1987-1992)

por Riad Sattouf

No quarto volume da série, o quadrinista Riad Sattouf narra sua passagem da infância à adolescência, a deterioração de sua família e os conflitos no Oriente Médio nos anos 1990

Há quem pinte a infância e o passado como um borrão esmaecido, mas esse definitivamente não é o caso do premiado quadrinista Riad Sattouf. Com cores vibrantes, traço único e uma narrativa ao mesmo tempo crítica e bem-humorada, o autor traça com maestria suas vivências de uma juventude nada comum, passada entre o Ocidente e o Oriente Médio.
No quarto volume da série O árabe do futuro, Riad tem 9 anos e começa a compreender a dinâmica complicada de suas famílias — na França e na Síria —, os preconceitos vindos dos dois lados, o comportamento cada vez mais radical e insensato do pai e os conflitos no Oriente Médio nos anos 1990. Além disso, a chegada à adolescência traz outro embate explosivo: o amor.
Se nos livros anteriores os dilemas eram causados principalmente por fatores externos, agora Riad vai ter que aprender a lidar com conflitos pessoais. Nessa transição, ele se torna alvo dos garotos populares na escola, que implicam com seu jeito de falar, com seu sobrenome árabe e até com seu novo corte de cabelo. A sorte é que nesse momento Riad também vai descobrir grandes paixões, como o desenho, o videogame e as garotas.
Uma das graphic novels mais importantes da atualidade, comparada aos aclamados Maus e Persépolis, O árabe do futuro é um análise precisa, divertida e por vezes pungente sobre infância, globalização, política, cultura e o embate entre o Ocidente e o mundo árabe.


5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Learn to Speak Portuguese for Arabic Speakers

por Nam H Nguyen

 Este livro online contém 6382 palavras, frases, expressões e frases de mistura. Se você estiver dominando as primeiras 75 páginas deste livro, você pode passar por qualquer situação durante sua viagem no exterior. Se você está dominando 150 páginas ou mais deste livro enquanto ouve o áudio, você pode viver e trabalhar nesse país sem problemas! Posso mostrar-lhe a melhor maneira de aprender línguas! O próximo passo é seu! Estude bem e você aprenderá seus idiomas. وال ع بارات ، ال مز جٌ ك لمات 6382 الان ترن ت ع لى ال ك تاب هذا حٌ توي وحدة ك ل حٌ توي . ال ك تاب ل هذا ال صوت وحدة 64 ه ناك .ال جمل و وال ت ع ب رٌات ل د كٌ ك ان إذا .ال جمل و وال ت ع ب رٌات وال ع بارات ، مخ ت لطة ك لمة 100 ال صوت هو ك ما ال ك تاب، هذا مع ت ضم نٌ تٌم ل م لأن ه ال صوت شراء رٌج ى ، ف ر صة . أع لاه مذك ور 

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Escritos sobre a nova arte de ensinar de Wolfgang Ratke (1571-1635): Textos escolhidos

por Wolfgang Ratke

Corifeu dos didáticos" foi o título que Comênio deu a Wolfgang Ratke. O pedagogo alemão professou o luteranismo com ardor e convicção. Viveu em meio à Guerra dos Trinta Anos. Conversou com Bacon em Londres, antes das publicações do empirista inglês, tendo com ele em comum o método intuitivo e os aforismos. Permaneceu durante nove anos em Amsterdã, onde lecionou e estudou. Foi convidado pelo rei Adolfo e por Oxentierna a introduzir o método na Suécia, mas sua morte interrompeu o projeto. Ratke tinha profundos conhecimentos do latim, grego, hebreu, caldeu, árabe, holandês, espanhol, italiano e francês. Utilizando a língua materna, sua arte de ensinar partia da observação e das experiências. Instituiu um método educativo concreto e simples, a partir do Allunterweisung (o ensino de tudo), dividido em partes organizadas para a prática pedagógica. "Nenhuma criança sem escola" e "aprender é fácil" foram seus dois lemas.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Isto não é um diário

por Zygmunt Bauman

Zygmunt Bauman começa este livro afirmando o quanto a escrita tem para ele um papel fundamental. "Não consegui aprender outra forma de ganhar a vida a não ser escrevendo. Um dia sem escrita parece um dia perdido ou criminosamente abortado, um dever omitido, uma vocação traída". Com esse espírito, ele se sentou em uma madrugada na frente do computador. O sociólogo não tinha ideia do que sairia da tela em branco, mas prosseguiu. O resultado está sendo considerado o melhor livro do autor depois do best-seller "Amor líquido" (2004). Entre setembro de 2010 e março de 2011, Bauman manteve uma espécie de diário em que, em vez de falar sobre sua vida pessoal, comentava as principais notícias dos jornais. O autor desfia comentários sobre, por exemplo, Berlusconi, Sarkozy, a bolha americana, o significado atual da democracia na Primavera Árabe, o fim do sonho americano, o atual dilema de Barak Obama, a solidão da internet... Em cada um dos textos, um alto senso crítico, como se ensinasse o leitor a pensar, revelando como ele próprio constrói o seu raciocínio e como os seus conceitos se articulam com a realidade contemporânea.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Os Sinais Que Revolucionaram O Mundo

por Yoseph Yomshyshy

Imagine-se a época em que o homem aprendeu a linguagem expressa para se comunicar, mas, não tinha como transmitir aquilo que desejava dizer através de uma linguagem de sinais onde outros pudessem compreender aquilo que, efetivamente, desejavam transmitir. Há de se convir que não houvesse meios plausíveis para esta tarefa. Ou o homem aguardava o momento em que pudesse se expressar por meio das palavras, produto da linguagem que criara, ou desenvolvia uma forma para poder expressar por meio de sinais aquilo que desejava transmitir, ou nada feito. Com isso, aqueles que aprendessem a se utilizar dos sinais para fazer-se entender, deveriam ensinar e os outros aprender a interpretar tais sinais de modo a compreender o que se desejava levar ao conhecimento dos demais. Fora fácil? Não! Crê-se que levou algum tempo para que o homem pudesse, afinal, elaborar um sistema onde, universalmente, todos pudessem ler, e, entender aquilo que se quisesse que outrem entendesse. Dessa forma foram nascendo aquilo que, nos dias de hoje, se conhece por letras, todas com suas características particulares e compiladas um compêndio que denominamos alfabeto. Mas todos os alfabetos são iguais? Não! Há vernáculos, como o hebraico, o grego, o árabe, que possuem caracteres próprios e, para os quais, não é bastante o conhecer dos caracteres, pois há de se interpretar, também, as suas formas particulares de representar. Isto é o que se pretende estudar nas paginas deste livro que o leitor [a] tem em mãos, no entanto, a base dos caracteres latinos, que são os caracteres mais utilizados pela maioria das duas mil, duzentas e doze línguas e dialetos da atualidade. O autor

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Ruptura

por Centelha

O mundo não se governa mais. Em toda parte, explode a revolta surda contra o empobrecimento e a impotência da soberania popular em se fazer ouvir por aqueles que nos espoliam, que afogam nossos corpos na lama tóxica enquanto voltam para casa com suas gordas comissões e a certeza de continuar a preservar os lucros criminosos de seus acionistas. Essa revolta apenas começou. Todos os governos que levantam podem cair com a rapidez da frustração e do desgosto. Os únicos que se sustentam são aqueles que não fingem mais governar nada, mas que usam o poder simplesmente para fornecer a parcelas da população o gosto drogado da autorização da violência contra os vulneráveis. Desde 2011, quando o primeiro corpo de trabalhador foi autoimolado na Tunísia, explodindo a sequência de revoltas conhecida como "primavera árabe" contra essa mistura insuportável de miséria e de impotência, o mundo nunca mais voltou às suas ilusões de curso tranquilo. Ele não voltará mais. O mundo no qual crescemos, no qual aprendemos a desejar, a andar, circular, esse mundo acabou. O que dele sobrou é apenas uma fantasmagoria. Não há mais caminho de retorno, não há direitos a assegurar ou democracia a defender. Nossa democracia não está no passado, pois ela não pode estar onde nunca existiu. Ela está na nossa frente, como uma invenção radicalmente coletiva que surgirá quando calarmos de vez a apatia que o poder quer nos impor e à qual nos vinculamos com um prazer inconfesso. Pois saibam que, contra esse desejo de fazer o mundo desabar, nós ainda veremos todas as forças se levantarem. O fascismo sempre foi a reação desesperada contra a força de uma revolução iminente no horizonte. Se ele voltou agora é porque o chão treme, é porque as fendas estão por toda parte. Ouçam como treme o chão, como há algo que quer atravessar o solo. Não nos deixemos enganar novamente, vivemos uma contrarrevolução preventiva que não temerá nenhum nível necessário de violência para nos calar, que rasgará todos os disfarces para agir mais livremente. Podemos estar perdendo agora, mas porque estamos sem armas. Perdemos a coragem de levantar nossas armas, de recusar pactos e conciliações que servem apenas para preservar a violência contra nós mesmos. Como animais acostumados à paisagem estável, preferimos acreditar que a tempestade acabará por passar. Mas a tempestade só acabará quando rasgarmos as nuvens negras que foram empurradas para cima de nossas cabeças. E precisamos de todas as formas de armas para isso. Tudo é necessário agora, desde que tenhamos a consciência do não retorno, desde que tenhamos o desejo de sermos ingovernáveis. O momento é mais decisivo do que alguns gostariam de acreditar. Só governos fracos são violentos. Eles têm de vigiar todos os poros, pois sabem que seu fim pode vir de qualquer lugar. Governos fortes são magnânimos, porque vislumbram tranquilamente sua perpetuação. O que se contrapõe a nós é fraco e desesperado. Ele cairá. É hora de fazê-lo cair.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Os Florais De Bach Equilíbrio E Harmonia Através Das Essências

por Rômulo B. Rodrigues

Os Remédios Florais de Bach são essências de flores com vibrações que atuam diretamente sobre as emoções. As 38 flores com propriedades curativas foram encontradas pelo médico inglês Dr. Edward Bach, no ano de 1930. Buscamos remédios na natureza desde tempos imemoriais, quando antigos hindus, árabes, egípcios, gregos e romanos encontravam nas ervas, vales e montanhas o poder da cura de suas doenças. Em sintonia com o universo, Bach pesquisou nas flores dos campos ingleses, propriedades curativas para emoções. O ponto de partida da pesquisa era a ligação entre doença, fruto de um conflito do que a alma veio realizar e o que a personalidade escolhe fazer, e a cura. Esta obra aborda a importância dos remédios florais para o restabelecimento do equilíbrio mental, emocional e psíquico.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

A Vela Sagrada

por Abdulaziz Al-mahmoud

Pode o amor mudar o curso da Historia? Bin Rahhal, o braco-direito do vizir do Bahrein, era um homem particularmente atraente - e o seu olhar, misterioso e intenso, parecia mergulhar na propria alma. Halima era uma jovem mulher de uma beleza excecional. Alta e esbelta, de olhos brilhantes e longos cabelos negros, uma princesa de Ormuz. Quando os olhos de ambos se cruzaram, Bin Rahhal ficou enfeiticado. O rosto da princesa gravou-se na sua mente, e desde ent?o ela nunca mais lhe saiu do pensamento. Mas Halima, ponderada, tentou resistir aquele estranho, de outras terras. Na Arabia vivem-se tempos de incerteza. Cada vez mais, ouvem-se os rumores de avistamentos de navios com as velas brancas com a Cruz de Cristo. A chegada dos portugueses ao Oriente, que p?e em evidencia as diferencas culturais, ameaca por fim ao modo de vida arabe e mudara de forma drastica a historia de amor entre Bin Rahhal e Halima.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Curso de árabe fácil 2 Aprende y habla

por Charif Dandachli Zohbi

 La obra se dirige a quienes desean comunicarse en árabe sin profundizar en el estudio de la gramática. El método empleado es progresivo en dificultad. Presenta en primer lugar textos y ejercicios con numerosas ilustraciones que facilitan el aprendizaje de las reglas gramaticales

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Causas y consecuencias geopolíticas de la Primavera Árabe

por Luis Alberto Villamarín Pulido

La Primavera Árabe indicó a los pueblos del Medio Oriente que si quieren progresar, deben hablar entre ellos, concretar pactos y acuerdos diplomáticos, comerciales militares y culturales; y aprender a actuar juntos con base en objetivos comunes, algo que nunca antes han hecho, como demuestran sus guerras perdidas contra Israel.Se deduce así, que la crisis política desencadenada por las revueltas estimuló la acción multilateral y dio luces para reavivar instituciones y proyectos de cooperación e integración regional, aunque no todos en la dirección más conveniente, como demuestra la intervención militar en Bahréin de los países del Consejo de Cooperación del Golfo (CCG) , encabezados por Arabia Saudita, para acallar protestas populares contra la dinastía Al Khalifa.
En este caso, las monarquías petroleras encabezadas por la casa Al Saud de Riad, actuaron en marzo del 2011 de manera similar a los soviéticos en la época de la guerra fría, a partir del Pacto de Varsovia, al incursionar en la limitada soberanía de los países bajo la sombra de su seguridad, que en este caso, es una extensión de los intereses geoestratégicos de Estados Unidos en la región.
Tal línea de conducta, aducida como respuesta a la amenaza nuclear iraní, era exigida por las bases militares estadounidenses asentadas en la región, incluido Bahréin, con la característica agravante de la negación de derechos civiles a la mayoría chiita en este pequeño Estado.
Las sangrientas guerras civiles en Libia y Siria, posteriores al complejo conflicto iraquí, proporcionaron las mayores oportunidades para la acción coordinada de los intereses geopolíticos en el Medio Oriente. En Libia, la Liga Árabe patrocinó activar una zona de prohibición de vuelos para proteger a los rebeldes de los ataques de Gadafi, aunque por claros intereses económicos de Italia, Francia e Inglaterra, este control, muy pronto pasó a manos europeas.
En Siria, la Liga Árabe ha liderado esfuerzos para la búsqueda pa-ra solucionar la crisis. Para el efecto, promueve la activación de una fuerza de Naciones Unidas que detenga la carnicería de Bashar El Assad contra su propio pueblo.
En contraste político, los principales impulsores de esta iniciativa son las petroleras monarquías contrarrevolucionarias, que apoyan la revolución siria como parte de su guerra fría contra Irán, con el fin primordial de bloquear la unión chiita Irak-Irán.
Sin proponérselo esta acción estimula la lucha independentista kurda, ayuda a Israel a combatir a los extremistas sunitas y coadyuva a la intención geopolítica de Estados Unidos y la Unión Europea sobre el Medio Oriente, pero pone a Turquía que es aliado de Occidente a actuar como un obstáculo a esta intención geopolítica y estratégica.
Entretanto, el Magreb parece estar empeñado en un multilateralismo constructivo, estimulado por Túnez, cuyo presidente saliente, Moncef Marzuki realizó una gira por Marruecos, Mauritania y Argelia, para promover la Cumbre de la Unión del Magreb Árabe, con el fin de resucitar esta organización nacida en 1988, pero sin efectividad hasta ahora. El objetivo inmediato es construir un espacio magrebí con cinco libertades: de circulación de personas, residencia, trabajo, inversión y participación electoral.
Este libro es un documento con amplia y suficiente información para expertos y legos en la materia, que por su contenido coadyuva a los lectores a comprender los fenómenos políticos, sociales, económicos y culturales derivados del terrorismo ilsámico y las condi9ciones internas de la vida en el enigmático mundo musulmán.
Sin lugar a duras el Medio Oriente y el Norte de Africa no volverán aser igaulaes después de las violentas protestas populares ocurridas en esa parte del planeta entre 2011 y 2013, cuando cayeron como castillos de naipes las dictaduras nacionalistas en Tunez, Libia y Egipto, y la juventud árabe exteriorizó su rechazo a la preminencia de la religión islamista sobre la vida política y social de sus países.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Natakallam 'arabi: Hablemos árabe

por Marco Criscuolo

Hablemos árabe es un curso completo, detallado y bien esquematizado, que permite adquirir todos los conocimientos fundamentales, así como las auténticas capacidades comunicativas para expresarse en legua árabe. Está adaptado tanto para principiantes como para aquellos que desean consolidar y mejorar su nivel intermedio de conocimiento de la lengua. Subdividido en 6 partes y 77 lecciones, el texto ofrece una gradual y sistemática progresión de los temas gramaticales, acompañados de frases explicativas de uso común, activos ejemplos prácticos (con texto traducido en español/árabe enfrentados), una vasta gama de ejercicios, lecturas y conversaciones. Al término del curso el lector habrá adquirido la mayoría de las estructuras comunes de la gramática árabe y un buen léxico, gracias, también, a un rico Glosario Español > Árabe, puesto al final, que contienen vocablos actuales, que pertenecen a la realidad de la vida y de la sociedad actual. Será, además, capaz de afrontar diálogos de dificultad media y conversaciones sobre múltiples temas, además de participar activamente en la vida cultural de los países árabes. Completan la obra amplias lecciones que contienen Expresiones y Terminología de uso común, actual y específico, para poder expresarse con facilidad en los siguientes contextos: en casa, con los familiares y amigos; en la ciudad, estación, aeropuerto, correos, banco, hotel, restaurante, bar y locales de ocio, durante las festividades religiosas y laicas; en la empresa (ordenadores e informática) y en todo tipo de negocios. Por lo tanto, este libre puede resultar útil también para la preparación de exámenes académicos y certificados de estudio. Escrito en un estilo simple y claro, este libre constituye un instrumento didáctico eficaz y versátil, que garantiza un recorrido formativo bien estructurado y rico de sugerencias lingüísticas, un método intuitivo y de fácil aproximación, aplicado a una lengua que sabemos que no siempre es fácil de comprender. Lección tras lección se llegará a un nivel de conocimiento intermedio-alto, nivel B2 del MCER (Marco Común Europeo de Referencia para las Lenguas) bien asentado en comprensión de textos orales (escuchar), producción de textos orales (hablar), así como producción de textos escritos (escribir) y producción de textos orales (leer).

PUBLISHER: TEKTIME

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

6.- Arquitectura de la España Árabe.

por Ernesto Ballesteros Arranz

Nos encontramos ante un producto artístico plena­mente oriental. El problema de que los árabes no fueran creadores de formas artísticas propias no resta mérito alguno a su labor. Las soluciones arquitectónicas por ellos adoptadas habían sido empleadas por persas y bizantinos desde muchos siglos atrás, pero lo cierto es que sólo los árabes lograron hacer de este arte un arte universal.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Tales from Baghdad: (Inglés-Árabe)

por Glòria Arimon

Este libro se dirige a quienes trabajan por una educación por la paz.¿Cómo puede cambiarnos la vida el estallido de una guerra? ¿Y si ocupasen nuestro país? ¿Qué harían Simbad, Alí Babá o Aladino en el Irak actual?Las narraciones que presentamos surgen de estos famosos cuentos vinculados a Las mil y una no-ches. Sus protagonistas tienen en común las ganas de aprender, de amar y de pasarlo bien, pero topan con la realidad que los envuelve, la de la violencia, la miseria y el miedo. Son personajes que no se conforman con lo que se han encontrado, sino que luchan por ir adelante. Como en los relatos de Las mil y una noches, estos cuentos quieren demostrar que la palabra y la razón son las mejores armas contra la barbarie y la guerra. Realidad y fantasía unidas para recuperar esperanzas perdidas, ilusiones enterradas bajo los pozos de petróleo, miradas de chicos y chicas que quieren un presente en paz. Esta obra se ha editado en castellano, catalán y árabe. Con esta nueva edición bilingüe inglés-árabe se acercan las historias y la realidad de sus personajes a lectores de todo el mundo. Los lectores pueden ampliar información y recoger propuestas para debatir sobre los contenidos del libro en el sitio web de Marge Books, www.marge.es.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Learn to Speak Spanish for Arabic Speakers

por Nam H Nguyen

 Este libro en línea contiene 6382 palabras combinadas, frases, expresiones y oraciones. Si domina las primeras 75 páginas de este libro, puede superar cualquier situación durante su viaje al extranjero. Si dominas 150 páginas o más de este libro mientras escuchas el audio, ¡puedes vivir y trabajar en ese país sin ningún problema! ¡Puedo mostrarte la mejor manera de aprender idiomas! ¡El siguiente paso es tuyo! Estudia mucho y aprenderás tus idiomas. وال ع بارات ، ال مز جٌ ك لمات 6382 الان ترن ت ع لى ال ك تاب هذا حٌ توي وحدة ك ل حٌ توي . ال ك تاب ل هذا ال صوت وحدة 64 ه ناك .ال جمل و وال ت ع ب رٌات ل د كٌ ك ان إذا .ال جمل و وال ت ع ب رٌات وال ع بارات ، مخ ت لطة ك لمة 100 ال صوت هو ك ما ال ك تاب، هذا مع ت ضم نٌ تٌم ل م لأن ه ال صوت شراء رٌج ى ، ف ر صة . أع لاه مذك ور 

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Nisa': Amán contado por ellas

por Lucía Sanagustín

Nariman es una joven jordana obstinada en aprender, lo que le incita a tener gran­des aspiraciones profesionales; Dalia vive envuelta en una vida matrimonial aburridísima, pero su energía y su vi­talidad convierten su día a día en una aventura que arrastra a quien venga detrás, Son solo dos de las cuatro pro­tagonistas de Nisa’ (‘mujeres’, en ára­be), Todas ellas viven en Jordania, un país fascinante del que se habla poco en los medios de comunicación, Este libro nos transporta a esa porción de Oriente Medio con una mirada femeni­na: a través de la vida de Nariman, de Salma, de Dalia y de Nour, Con grandes dosis de frescura y cercanía, las pro­tagonistas cuentan sus frustraciones y sus deseos en su ciudad, Amán, Cada una de sus vidas es irrepetible y sin­gular pero todas comparten el mismo deseo: conocer Palestina, el país al que, dicen, pertenecen,

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Meursault, caso revisado de Kamel Daoud (Guía de lectura): Resumen y análisis completo

por ResumenExpress.com,

ResumenExpress.com presenta y analiza en esta guía de lectura Meursault, caso revisado, de Kamel Daoud. En esta novela, el autor retoma de manera soberbia la historia de El extranjero, de Albert Camus, y nos la presenta desde el punto de vista del hermano del árabe asesinado, que no se resigna a que este caiga en el olvido.

¡Ya no tienes que leer y resumir todo el libro, nosotros lo hemos hecho por ti!

Esta guía incluye:

• Un resumen completo del libro
• Un estudio de los personajes
• Las claves de lectura
• Pistas para la reflexión

¿Por qué elegir ResumenExpress.com?
Para aprender de forma rápida. Porque nuestras publicaciones están escritas con un estilo claro y conciso que te ayudará a ganar tiempo y a entender las obras sin esfuerzo. Disponibles en formato impreso y digital, te acompañarán en tu aventura literaria. 

Toma una dosis de literatura acelerada con ResumenExpress.com

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Cuentos de Bagdad: (castellano-árabe)

por Glòria Arimon

¿Cómo puede cambiarnos la vida el estallido de una guerra? ¿Y si ocupasen nuestro país? ¿Qué harían Simbad, Alí Babá o Aladino en el Iraq actual? Las narraciones que os presentamos surgen de estos famosos cuentos vinculados a Las mil y una noches. Sus protagonistas tienen en común las ganas de aprender, de amar y de pasarlo bien, pero topan con la realidad que los envuelve, la de la violencia, la miseria y el miedo. Son personajes que no se conforman con lo que se han encontrado, sino que luchan por ir adelante. 
Como en los relatos de Las mil y una noches, estos cuentos quieren demostrar que la palabra y la razón son las mejores armas contra la barbarie y la guerra. Realidad y fantasía unidas para recuperar esperanzas perdidas, ilusiones enterradas bajo los pozos de petroleo, miradas de chicos y chicas que quieren un presente en paz.




5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Islam: sociedad, política y feminismo

por Juan José Tamayo Acosta

Esta obra recoge las conferencias del curso Islam: sociedad, política y feminismo, que tuve el honor de dirigir en la Fundación Tres Culturas del Mediterráneo (Sevilla) con la colaboración de la Universidad Internacional de Andalucía en septiembre de 2010 en torno a los tres núcleos temáticos que constan en el título estudiados en una perspectiva interdisciplinar por especialistas en estudios árabes e islámicos y por expertos en las ciencias de la comunicación, teólogos, teólogas, politólogos y sociólogos... En el tiempo transcurrido desde la celebración del curso septiembre de 2010- hasta la publicación de este libro se han producido importantes transformaciones en el mundo árabe y musulmán, que ni siquiera entonces se preveían y que lógicamente no han podido recogerse en esta obra. Nos referimos a las movilizaciones populares conocidas como Primavera árabe, que requieren un análisis en profundidad sobre el islam en el nuevo escenario económico, político, cultural, religioso, etc. y sobre el necesario protagonismo que han de tener las mujeres en dicho escenario. Este habrá de ser tema de un nuevo curso a celebrar próximamente...

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro
Nosso objetivo é que você goste de Livros Para Aprender árabe e passe horas e horas lendo. Ler é um dos maiores prazeres da nossa vida e queremos que o acesso à literatura seja muito mais fácil e adequado para todos. Por este motivo, em nosso site você encontrará Livros Para Aprender árabe que possuem uma versão totalmente gratuita ou com capítulos gratuitos para que você possa decidir com antecedência se deseja ou não investir dinheiro nesta leitura.
Os Livros Para Aprender árabe que colocamos à sua disposição são livros muito valorizados pelos leitores e têm sido recomendados. Assim, você poderá ler apenas o melhor dos melhores e desfrutar de uma leitura empolgante, interessante e envolvente do início ao fim.

No booksbonus.com você encontra o Livros Para Aprender árabe gratuito e online para que possa desfrutar da leitura de uma forma mais gratuita e acessível a todos. Porque somos apaixonados por palavras, apaixonados por letras, apaixonados por livros.

Temos outras categorias. Dê uma olhada!

Livros Para Aprender Inglês
Livros Para Aprender Mandarim Chinês
Livros Para Aprender Hindi
Livros Para Aprender Espanhol
Livros Para Aprender Francês
Livros Para Aprender Bengali
Livros Para Aprender Russo
Livros Para Aprender Português
Livre Para Aprender Urdu
Livros Para Aprender Alemão
Livros Para Aprender Japonês
Livros Para Aprender Italiano
Livros Para Aprender Latim
Livros Para Aprender Coreano
  • Information About Cookies