Baixe o melhor Livros De Diálogo online. Formatos: PDF, kindle, ebook, ereader, epub

Procurando por Livros De Diálogo gratuitamente para desfrutar de uma boa leitura? Você veio ao lugar certo! No booksbonus.com, oferecemos uma grande variedade de Livros De Diálogo para que você nunca pare de ler. Por acreditarmos que o acesso à cultura deve ser gratuito e gratuito, em nosso catálogo você encontrará as melhores opções para conhecer autores clássicos e atuais.

DMCA.com Protection Status Copyright Infringement Warning: Wordslovers do NOT host any copyrighted material. All content links are provided by Google Search Results and are linked from/to their respective hosts domains.

Melhores livros em Livros De Diálogo para download em PDF gratuitamente

Se você é apaixonado por Livros De Diálogo, pesquise em nosso website. Você encontrará uma grande variedade de títulos de livros escritos por autores famosos, contemporâneos, clássicos e novatos. Nosso objetivo é que você possa ter uma grande biblioteca virtual para que possa satisfazer seu desejo de ler e desfrutar de uma boa leitura.

EdiTOriaL a peça guia-nos por um diálogo improvável entre ...

A peça guia-nos por um diálogo improvável entre um livro sobre livros. (este que, com a interrupção do primeiro, agora começa) e um filme sobre livros.

Diálogos - Porto Editora

Observa o livro e indica os elementos paratextuais que constam: 1.1. na capa;. 1.2. na lombada;. 1.3. na contracapa. 2. Na referência bibliográfica de um livro, ...

no 1º dia do "Diálogo sobre os dois grandes sistemas do ...

Copérnico. No frontispício do livro, descritivo e extenso, muito normal na época, pode ler-se: DIÁLOGO. POR. GALILEU GALILEI. DA ACADEMIA DOS LINCES.

Livro Branco sobre o Diálogo Intercultural “Viver Juntos em ...

O Livro Branco explica que, para o diálogo intercultural progredir, será necessário adaptar várias vertentes da governação democrática da diversidade cultural; ...

Um diálogo entre a Literatura Infantil e os Quatro Pilares da ...

da leitura crítica nas crianças, foram selecionados livros e histórias que contemplavam ... diálogo entre eles através de um mesmo livro.

A LITERATURA COMO DIÁLOGO:

Nome da Rosa aponta a importância de outros livros na construção do seu, “Descobri o que os escritores sempre souberam (e nos disseram muitas e muitas ...

S. Gregório Magno SEGUNDO LIVRO DOS DIÁLOGOS

SEGUNDO LIVRO DOS DIÁLOGOS: VIDA DE SÃO BENTO. Nursia 480 - Monte Cassino 543. Índice Geral. PREFÁCIO DE S. GREGÓRIO MAGNO AOS QUATRO. LIVROS DOS DIÁLOGOS.

O diálogo entre o ensino e a aprendizagem Telma Weisz

ste livro trata de alguns aspectos essen- das mudanças em curso educação, ... Nesse diálogo entre professor e aprendiz, cabe ao pro-.


Diálogo/Desenho

por Marcia Tiburi

O desenho é uma das artes mais fundamentais, e, de presença marcante nas artes visuais, liga-se de forma imprescindível ao design. Tiburi recupera a importância dessa arte numa conversa com o músico e professor de desenho Fernando Chuí, produzindo um diálogo ilustrado que serve como introdução ao desenho e suas interfaces com a educação e a cultura contemporâneas. Partem da reflexão sobre o conceito de desenho, e buscam as relações pedagógicas e históricas que ele estabelece com outras áreas do conhecimento.

5,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Paulo Freire e Edgar Morin sobre Saberes, Paradigmas e Educação: Um Diálogo Epistemológico

por Carlos Antonio Fragoso Guimarães

Todas as áreas do saber, do senso comum ao conhecimento mais formal, são influenciadas por estruturas de crenças e modelos de realidade implícitos, denominados de paradigmas. Esses paradigmas, ao condicionarem o comportamento em geral e a prática científica e acadêmica, exercem também a sua influência sobre a Educação e, consequentemente, nas práticas pedagógicas e no processo de formação de professores, impactando no modo como entendemos o mundo. Contudo hoje em dia está claro que os pilares paradigmáticos que deram sustentação à cultura ocidental em geral, por mais de trezentos e cinquenta anos, estão apresentando sinais de esgotamento. Por isso a sua influência sobre a sociedade e no modo como pensamos a realidade também merecem uma reavaliação crítica.

5,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

DiÁlogo Com A Morte

por VinÍcius Ricardo Do Nascimento

QUANDO A REALIDADE NÃO É COERENTE E O PRESENTE NÃO FAZ SENTIDO. QUANDO O TEMPO SE PERDE NO ESPAÇO E A NOÇÃO DE CONSCIÊNCIA SE TORNA CONFUSA E VAGA. DIALOGAR COM O ABSTRATO, MAS QUEM DISSE O QUE É O CERTO?

5,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo entre a sociologia e a psicanálise: o indivíduo e o sujeito

por Denise Maria de Oliveira Lima

A autora recorre à obra teórica de Sérgio Paulo Rouanet para mostrar a possibilidade de entrelaçamento entre a dimensão social e a dimensão psíquica do ser humano. Rouanet considera “impossível entender a luta de classes, as situações externas de opressão, de ideologia, sem entender os mecanismos psíquicos que condicionam todas essas distorções”. Baseada neste pressuposto, ela desenvolve sua obra de forma acessível aos interessados no tema.

4,5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Compreendendo a complexidade socioespacial contemporânea: o território como categoria de diálogo interdisciplinar

por Maria Teresa Franco Ribeiro

O livro constrói um diálogo entre pesquisadores brasileiros e franceses, de diferentes campos do conhecimento, sobre dois temas que passaram a ocupar os espaços do debate acadêmico e das ações públicas, nas duas últimas décadas: a questão do desenvolvimento e a questão territorial. Duas questões foram colocadas para os pesquisadores: qual o significado do conceito de território a partir de seu campo de estudo e quais contribuições podem aportar para a compreensão dos processos de desenvolvimento. Além de um rico debate no sentido epistemológico, a partir dos diversos campos de análise o livro aponta também algumas indagações: como trabalhar a relação entre espaço e território, como caraceterizar fronteiras territoriais em um mundo em que, elas marcam profundamente tanto a união/ intercâmbio quanto a ruptura/interdição? E várias outras quetões que compoem a agenda de debate da economia, geografia, ciencias políticas, sociologia e da administração.

4,5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo Sobre a Felicidade

por Santo Agostinho

Tema frequente no pensamento antigo e abordado pelas várias escolas helenísticas, o tema da «vida feliz» (no sentido ético) é aqui inserido por Santo Agostinho - ainda no início da sua produção filosófica - no âmbito de uma reflexão de cunho teocêntrico.

4,4/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Alquimia Taoista: Diálogos

por He Yang,Ma

 O Taoismo é uma tradição espiritual ancestral, cuja origem se perde no tempo. Ao longo dos milênios, um corpo de conhecimento vasto e diversificado foi desenvolvido e acumulado pelos mestres taoistas, visando à restauração do estado de plena integração do ser humano com a natureza e sua essência mais original. Dentre as várias vertentes que surgiram neste caminho, uma delas é especialmente reverenciada pelos taoistas: a Escola do Caldeirão e do Elixir (Dan Ding Pai), conhecida no Ocidente como Alquimia Taoista. Este livro do Mestre M? Hé Yáng , traduzido por seu discípulo Wu Jyh Cherng, elucida, de forma simples e direta, questões fundamentais sobre o caminho da Alquimia Taoista. Escrito sob a forma de um diálogo entre mestre e discípulo, o texto é uma referência de inestimável valor para os praticantes do cultivo e refinamento do Elixir Interior (Nei Dan). Uma verdadeira pérola sagrada, para nos inspirar e orientar no cultivo do nosso próprio Caminho! Saúde e Longevidade! (fragmentos do texto da orelha, por Wagner Canalonga)

4,3/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Pense Como Um Gênio: Os Sete Passos Para Encontrar Soluções Brilhantes Para Problemas Comuns

por Raimon Samsó

Todo problema pode ser resolvido com a mudança de mentalidade que o "criou". Isto é possível através da transformação do diálogo interno, da maneira de "falar" - e que acabará por se refletir na experiência de uma nova realidade.
Uma vez que as experiências se adequam aos pensamentos, com este ebook você aprenderá a identificar e aplicar a lei da atração, visualizar, eliminar os "pensamentos automáticos negativos" para logo em seguida desativá-los com três pergutas simples-.
Neste ebook: como ter mais criatividade e boas ideias, inclusive para o negócio, como aplicar a lei da atração para os seus problemas, aprender a usar a visualização para gerar ideias inovadoras, um método de auto-coaching pessoal.
Esta leitura gera mudanças pessoais que levam à criação de novas realidades, a experienciar paz interior, recuperar o poder pessoal e, finalmente, avançar a uma vida mais bem sucedida.
Conteúdo: "As sete ações," o segredo para criar novas realidades.
Invente sua manhã com seus pensamentos atuais Crie o espaço mental a uma nova realidade Mude sua percepção para mudar a sua experiência Renove seu diálogo interno Eleve a vibração de suas declarações e crenças Semeie pensamentos sementes e ilumine seu sucesso pessoal Imagine o tipo de vida que você quer para você agora Se algumas experiências se repetem ou você se sente bloqueado em algumas áreas de sua vida, este livro vai ajudá-lo a identificar padrões de pensamento que limitam você e vão levar você a corrigir isso até alcançar a paz e satisfação interior desejada.
Leia este ebook e em uma hora você vai descobrir "As sete ações" para pensar como um gênio.

4,2/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogos em psicologia social

por Ana Maria Jacó-Vilela

Diálogos em Psicologia Social é o tema do XIV Encontro Nacional da ABRAPSO. A definição do tema bem como os tipos de diálogos que se queriam presentes foram construídos paulatinamente, num processo dialógico. [trecho retirado da apresentação do livro]

4,1/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Prostituição, tráfico e exploração sexual de crianças: diálogo multidisciplinar

por Monica Prates Conrado

Buscamos com essa iniciativa abrir um espaço para o debate de assuntos que não estão em destaque no cenário jurídico e que de algum modo acabam por reverberar os medos, preconceitos e incertezas científicas. Os assuntos inseridos neste livro são correlatos em diversos aspectos e confundidos em muitos, esse motivo para escolha desta publicação. Tendo a prostituição como centro, mas encarando que o tráfico e a exploração sexual de crianças fazem parte deste cenário. Nos deparamos com a difícil tarefa do poder púbico em diferenciar a migração para fins de prostituição internacional, do aliciamento de pessoas para trabalho sexual, ou não, por meio de violência para a exploração do seu trabalho. 

Além disso, discutir a exploração sexual de crianças, vale denotar não existe o termo prostituição infantil, as crianças não tem capacidade jurídica para escolherem livremente se prostituir, e quando a doutrina intitula a exploração sexual de crianças como prostituição infantil, nada mais quer do que marginalizar a prostituição e incutir a ela a culpa pela exploração infantil.


Esses conceitos são fundamentais para compreensão dos temas que trataremos nesses livros, todos os títulos selecionados, respeitam os direitos fundamentais. Vale ressaltar a participação de autores das mais variadas áreas do conhecimento, construindo conjuntamente um estudo multidisciplinar, com o objetivo de discutir as várias óticas de análise dos temas desta publicação, engrandecendo nossa obra de forma única. É com essa visão que lhe fazemos o convite para leitura. 

4,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogos entre ciência e divulgação científica: leituras contemporâneas

por Cristiane Porto

Esta obra aborda a relação da ciência e sua divulgação, estabelecendo diálogos entre pesquisadores dos mais diversos temas sobre ciência e suas interfaces, levantando questões práticas, como a relação da ciência com a cultura, e analisando questões curiosas, como a presença da ciência nas músicas de Gilberto Gil e a abordagem que a mídia brasileira dá a assuntos como o bioetanol e as células-tronco.

4,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogos apócrifos

por Maria do Rosario Longo Mortatti

Em Diálogos apócrifos, estão reunidos textos selecionados da produção da autora, Maria do Rosário Longo Mortatti, durante sua atuação profissional: entre 1976 e 1991, como professora de língua portuguesa e literatura na rede pública oficial de ensino paulista e em escolas particulares da cidade de Campinas/SP; e, a partir de 1991, como docente universitária vinculada à Unesp (Universidade Estadual Paulista). São textos de palestras, entrevistas, notas e artigos de opinião ou divulgação científica, escritos entre 1986 e 2014, que permaneceram inéditos ou foram publicados em veículos de circulação restrita ou atualmente fora de circulação. Todos estão relacionados com a temática "educação e ensino de língua e literatura", na qual estão circunscritos os temas de estudos e pesquisas que a autora veio desenvolvendo ao longo das últimas quatro décadas. Os textos estão organizados em ordem cronológica de sua produção e circulação, propiciando maior visibilidade da perspectiva interdisciplinar, no que se refere à relação tanto dos temas entre si quanto com as demandas que motivaram sua abordagem, em cada momento histórico. Essa ordenação cronológica propicia ainda que o leitor relacione informações e opiniões sobre os assuntos abordados com o momento histórico a que se referem, evitando, assim, anacronismos.

4,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Impactos da violência na escola: um diálogo com professores

por Simone Gonçalves de Assis

Violência na escola é considerado antigo problema no Brasil, mas a relevância no contexto social e as graves consequências para alunos e suas famílias, professores e demais funcionários da escola – a que se tem assistido nos últimos anos –, demonstram a complexidade da violência estrutural e urbana. A compreensão do tema, que atinge (também) a escola, passa pela percepção de que a violência é produzida nas relações interpessoais, sendo este um complexo assunto que demanda urgente discussão. A obra em questão é fruto de consistente pesquisa do Centro Latino-Americano de Estudos de Violência e Saúde Jorge Careli (Claves/Fiocruz), conta com apoio da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do MEC e traz relatos e importantes perspectivas discutidas, além de apontar caminhos que possam servir de base para possíveis soluções. 53o Prêmio Jabuti 2011 - 1o lugar na categoria Educação

3,5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo/Fotografia

por Marcia Tiburi

"Em um mundo cada vez mais marcado pela presença de câmeras digitais, muitas vezes acopladas a celulares e tablets, discutir a fotografia como uma atividade especializada, pertencente ao mundo das artes, pode parecer, para muitos, fora de contexto. Atualmente, todos nós podemos tirar uma fotografia, editá-la e, depois, compartilhá-la e exibi-la em álbuns, porta-retratos e redes sociais, como uma forma de tomar nota da vida cotidiana ou de guar¬dar lembranças. Em Diálogo/fotografia, Marcia Tiburi e Luiz Eduardo Achutti retomam, por meio da prática pedagógica fundamental , o diálogo ,, questões de grande importância para aqueles que se põem a pensar sobre a fotografia (sobre a sua história, o seu desenvolvimento e o seu papel): Há reconciliação possível entre a fotografia e a arte? Ou não há necessidade de reconciliação uma vez que nunca houve cisão? A fotografia é, então, uma forma de arte? Ou é toda arte uma forma de fotografia? Questões tão sérias quanto provocativas são discutidas de maneira leve e prazerosa. Não se trata de um livro de teoria, mas de uma correspondência entre dois amigos intelectuais que, ao explicarem seu pensamento um para o outro, nos ensinam e nos convidam para o diálogo."

3,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

DiÁlogo Com Extraterrestres

por Edno Machado

Um diálogo de ficção, travado no quinto grau, para aqueles que acreditam que há uma ordem de classificação de contatos com seres além do nosso planeta. Fórmula que encontramos para nos comunicar com o leitor, numa linguagem simples, humorada e de fácil aceitação. Esperamos que este livro, de pura ficção, não seja confundido com humanismo científico futurista inocente e, sim, que ele seja de informações úteis, que, solucionadas as causas, os efeitos bem salientes na sociedade atual (drogas, violência, crenças, analfabetismo, ignorância, pobreza...) sejam amenizados.

3,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Patrística - Justino de Roma I e II Apologias | Diálogo com Trifão - Vol. 3

por Justino de Roma

Este volume traz as duas Apologias e o Diálogo com Trifão dirigidas ao imperador Antonino Pio e ao senado romano. As Apologias advogam a causa dos cristãos, pleiteiam seriedade e empenho pessoal do imperador no julgamento das causas e das acusações que levantam contra os cristãos. No Diálogo há o primeiro confronto entre o cristianismo e a filosofia grega, entre o cristianismo e o judaísmo.

1,0/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo e Educação Ambiental: Desafios para a prática educadora dialógica

por Rafael de Araujo Arosa Monteiro

Como dialogar? Como possibilitar o diálogo em processos de educação ambiental? Estas duas perguntas suscitam um debate que buscamos aprofundar nesta obra.O projeto que culminou com esta publicação teve início em janeiro de 2020 com a criação de uma campanha Catarse. A primeira ação desenvolvida por nós foi um curso on-line sobre diálogo e educação ambiental. Ele, inicialmente, já seria on-line, mas a sua realização, em março, coincidiu com o início das ações de isolamento social por causa da Covid-19. Esta situação exigiu de nós o esforço em manter o engajamento dos participantes e, sobretudo, criar situações de diálogo.
Concomitantemente ao curso, lançamos nossa chamada de capítulos. Recebemos doze textos, dos quais oito foram selecionados e inseridos nesta obra.
O processo de revisão e correções também envolveu práticas mais dialógicas, com a leitura cruzada entre os autores para a possibilitar sugestões de melhorias. Desta forma, conseguimos avançar na qualidade dos textos e, mais importante que isto, tivemos um processo formativo de todas as pessoas envolvidas neste projeto nas temáticas chaves deste livro: diálogo e educação ambiental.
O livro Diálogo e Educação Ambiental: Desafios para a prática educadora dialógica tem oito capítulos redigidos por 22 autores. Este grupo de pesquisadores tem representantes de quatro regiões brasileiras (exceto a Norte), com destaque para região Nordeste, com 11 autores, seguida pela Sudeste (5), Centro-Oeste (4) e Sul (2). Este grupo diverso permitiu que o nosso livro assumisse feições de um caleidoscópio, com variações na constituição do referencial teórico adotado e nas práticas descritas.
Isto também demonstra como a própria educação ambiental é diversa. Longe de ser um campo homogêneo, temos diversos percursos formativos, distintas relações com o meio ambiente, variadas formas de ação. Tendo isto em mente, apresentamos uma visão geral dos capítulos:
O primeiro capítulo, Diálogo e educação ambiental: Uma visão geral, foi redigido pelos organizadores da obra, Rafael de Araujo Arosa Monteiro e Valdir Lamim-Guedes, que buscaram dar uma visão geral sobre o conceito de diálogo e sua relação com a educação ambiental.
O segundo capítulo, Metodologia Participativa e a busca do diálogo no Ensino Superior, de autoria de Riellen de Souza Scherer e Daniel Fonseca de Andrade, trata de inovações pedagógicas implementadas na disciplina Poluição e Ambiente (P&A). É interessante notar como os autores trouxeram uma visão crítica e dialógica para uma disciplina técnica, sendo esta uma abordagem pouco usual.
O terceiro capítulo, O desenvolvimento das competências previstas na BNCC e a promoção da Educação Ambiental Dialógica: um caminho possível?, foi escrito por Danielle Pereira de Almeida, Karlla Mirelly Fernandes Costa, Oberto Grangeiro da Silva e Ulysses Vieira da Silva Ferreira. Eles analisam como que as competências previstas na BNCC para o ensino de ciências naturais podem ser articuladas com uma educação ambiental dialógica. Nas palavras dos autores: “É por meio desse desenvolvimento que se é possível formar um cidadão que se preocupa com o meio em que está inserido, com os indivíduos que nele residem, e que participa de forma ativa, como um ser livre e pensante e com autonomia para mudar o mundo”
No quarto capítulo, Importância do diálogo nas práticas educativas do campo, as autoras Caroline Lins Ribeiro Ferreira, Kelci Anne Pereira e Graziela del Mônaco abordam a relação entre educação ambiental e educação no campo destacando a relevância do diálogo e relacionando-o com educação popular e agroecologia.
O quinto capítulo, Unidades de Conservação como Lugares de Diálogos para a Educação Ambiental, redigido por Marcos Vinicius Campelo Junior, Luiz Henrique Ortelhado Valverde, Suzete Rosana de Castro Wiziack e Icléia Albuquerque de Vargas, tratam de uma pedagogia do diálogo e do ambiente a ser desenvolvidas em Unidades de Conservação. Ressalta-se que uma visão que une a conservação da natureza e uma visão crítica da realidade é um grande desafio, sendo, portanto, uma contribuição importante dos autores.
O sexto capítulo intitulado Diálogo em busca da formação de jovens protagonistas em Educação Ambiental, cuja autoria é de Victor Araújo Barbosa, Ariadny Avelino Farias de Araújo, Flávia Carolina Lins da Silva e Betânia Cristina Guilherme, é voltado ao relato de experiência sobre um projeto de extensão universitária que buscou estimular o diálogo com jovens do interior de Pernambuco, possibilitando um processo formativo crítico de educação ambiental.
A autora Luana de Almeida Pereira, no sétimo capítulo intitulado Lixo urbano: relato de uma experiência no ensino fundamental baseada no diálogo, na educação ambiental e científica, trata de sua experiência na educação básica na tentativa de dar um sentido maior a temas como lixo, reciclagem e compostagem. Nas palavras da autora, “a abordagem foi baseada no diálogo com o intuito de formar indivíduos preocupados com os problemas ambientais e com capacidade para pensar em solucioná-los”.
Os autores Dayse Marinho Martins e Yuri Givago Alhadef Sampaio Mateus tratam no oitavo capítulo, intitulado Protagonismo juvenil e educação ambiental dialógica na EJA às margens do Rio Anil em São Luís – MA, de um trabalho realizado com alunos da educação de jovens e adultos, com a intenção de problematizar o Rio Anil. Sobre este capítulo, é importante destacar a relevâncias das ações educativas desenvolvidas com EJA, tanto por garantir um ensino mais significativo quando pela possibilidade de uma maior compreensão da realidade e participação em processos decisórios.
Esperamos que a leitura seja agradável e que estimule o desenvolvimento de ações educativas dialógicas, que são essenciais em um mundo que muito se fala, mas pouco se ouve. 

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Douta Ignorância. Linguagem e Diálogo: O poder e os limites da palavra em Nicolau de Cusa

por João Maria André

Elegemos, neste livro, três fios temáticos para percorrer o pensamento filosófico-teológico de Nicolau de Cusa e o cruzarmos com alguns motivos de interrogação filosófica nesta segunda década do século XXI: douta ignorância, linguagem e diálogo. Na douta ignorância encontra-se um modo de estar no saber que desconstrói todas as certezas, mas não nos mergulha no ceticismo. Na linguagem e pela linguagem nos dizemos e dizemos a nossa apropriação da realidade, uma linguagem que o pensador do século XV sempre reconheceu como dinâmica, mas que também reconheceu na sua fragilidade para exprimir adequadamente a verdade e o mundo. Se o nosso modo de habitar o saber é a douta ignorância e se o dispositivo de que nos servimos para o dizer é a linguagem, então o diálogo emerge como espaço de pensamento, de discurso e de ação: pensamento em diálogo, discurso em diálogo, ação em diálogo transformam-se em modos de realização do projeto de uma antropologia dialógica ainda hoje profundamente atual.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo sobre o tempo: Entre a filosofia e a historia

por Jelson Oliveira

Este não é um livro como qualquer outro. O tema anunciado no título, o Tempo, aguça de imediato o interesse do Filósofo. Os assuntos dos capítulos, a História, o Tempo (mais uma vez), a Morte, a Amizade e o Futuro, deixam-no à vontade. O procedimento anunciado, o diálogo, lhe é familiar, predispõe para um envolvimento que não deverá causar surpresas. O diálogo vira conversa, troca epistolar, oportunidade para recordações, evocações, sugestões. Acaba até mesmo sem participantes determinados, pois a palavra é dada generosamente a autores dos mais diferentes recantos. Esse não é um texto a duas vozes, é um texto polifônico, a cada momento uma voz nova e inesperada pode se fazer ouvir. Este é o convite. (Željko Loparic ́)

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

O diálogo das religiões

por Andrés Torres Queiruga

A presença dos fundamentalismos, a instrumentalização dos credos religiosos para fins terrivelmente bélicos e a inquietude espiritual, que para muitos supõe a presença em paralelo das religiões num mundo como o atual, que as põe em crescente contato direto... não permitem fechar os olhos diante desse problema. É urgente pensá-lo de verdade. O autor o trata com clareza e honestidade, procurando ser uma ajuda no diálogo, no debate e ânimo para uma práxis renovada.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo Fecundo

por José Avelange Oliveira

Compilado de ideias e reflexões do teólogo José Lisboa Moreira de Oliveira, em forma de diálogo, envolvendo os últimos escritos deste grande líder baiano que defendeu o interesse dos menos favorecidos, em todo o Brasil. No diálogo cuidadosamente construído, sobressaem temas emergentes como o boicote interno às mudanças na Igreja propostas pelo Papa Francisco, os sofrimentos emocionais de padres, as seduções entre o clero católico, a mulher no âmbito eclesial e civil, os padres que honram seu ministério, o neopentecostalismo e os caminhos possíveis para a restauração da mensagem original do Evangelho, de forma a se alcançar a unidade entre os povos e, por consequência, um mundo de paz.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo / Educação

por Tiburi Marcia

O diálogo sobre educação, com toda sua implicação filosófica, é algo tão necessário quanto o oxigênio que nos libera da asfixia. Pensar na 'contramão da servidão' ideológica é libertário, e a educação é simplesmente o ponto nevrálgico de todo compromisso estabelecido pelas pessoas em sociedade. Educar para a liberdade parece ser mesmo revolucionário e propõe o entendimento das condições a que estamos lançados, ou, por que não dizer, a que nos lançamos. A responsabilidade, a ética, o compromisso com o outro (que somos nós mesmos) reclamam essa consciência, só mesmo reconquistada no diálogo. Quem sabe assim se possa estabelecer a ponte entre as pesquisas acadêmicas sobre o assunto e a vida concreta de pessoas reais, muitas vezes distantes da reflexão filosófica, mas nem por isso incólumes às ideologias impostas à educação, como a ideia corrente de que educar é, necessariamente, formar pessoas que possam gerar renda.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo ciceroniano

por Erasmo De Roterda

Diálogo ciceroniano aborda questões religiosas e filosóficas. É importante ressaltar, no entanto, que sua questão central é a retórica. O diálogo que se estabelece entre os três personagens desta obra satiriza e procura pôr em xeque o discurso ciceroniano. Entretanto, mais do que um ataque a Cícero ou a seus seguidores quinhentistas, Erasmo desenvolve considerações universais e atemporais, ainda hoje relevantes para a estética ou para a avaliação estilística e literária.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo/Dança

por Marcia Tiburi

A dança é a arte do corpo em movimento. E está presente nas mais diversas tradições culturais, seja em suas festividades e comemorações religiosas, seja em sua própria produção artística. No cenário acadêmico e educativo do Brasil, a dança tem sido valorizada com a criação de cursos universitários de graduação e pósgraduação. Neste volume, Marcia Tiburi troca correspondência com a professora de dança e teatro Thereza Rocha. Juntas, refletem sobre o sentido da dança e sua conexão com o pensamento. "É a dança das palavras."

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo/Cinema

por Marcia Tiburi

"A ilusão do cinema pode ser mantida no diálogo filosófico? Não se quebra o encanto? A arte que pode emocionar, alegrar, distrair, ensinar, denunciar... quando posta sob o olhar que interroga perderia sua terceira dimensão? Segundo os autores, o cinema não se presta a ser mera ilustração de pensamentos. Ele é mais e está além de uma única interpretação, ou então seria pura propaganda ideológica. Logo, a magia não se quebra; ao contrário, se enriquece, pluraliza, expande o olhar ou o aprofunda. Como já disse Jean-Claude Bernardet, a história do cinema é em grande parte a luta constante para manter ocultos os aspectos artificiais do cinema e para sustentar a impressão de realidade, e é, também, o esforço constante para denunciar esse ocultamento e fazer aparecer quem fala. "

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo sobre a História e o imaginário social

por Paul Ricoeur

Neste Diálogo sobre a História e o Imaginário Social, Paul Ricoeur e Cornelius Castoriadis, dois dos maiores filósofos da segunda metade do século XX, debatem questões relacionadas com a história, a imaginação, as instituições e a criatividade, tais como: de que forma podemos pensar a dimensão imaginária das sociedades? Como compreender o aparecimento da inovação na história e na ação humana, as revoluções e o projeto de autonomia? Tendo tido lugar em 1985, este diálogo revela duas perspetivas que convergem na valorização da capacidade transformadora da ação. O texto, prefaciado por Johann Michel, inclui um posfácio de Gonçalo Marcelo.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogos sobre a religião natural

por David Hume

David Hume (1711 – 1776) foi um filósofo, historiador e ensaísta escocês que se tornou conhecido pelo seu empirismo radical e ceticismo filosófico. Nos Diálogos, personagens de Hume debatem uma série de argumentos para a existência de Deus e os argumentos cujos proponentes acreditam que através do qual poderemos vir a conhecer a natureza de Deus. Neste volume constam cartas desses dois períodos de revisão textual (i.e., 1751-63 e 1776) onde Hume aluda aos Diálogos ou a discussões teológicas.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

O diálogo: Edição 2

por Catarina de Sena

Jovem simples e vibrante, Santa Catarina (1347-1380) sempre demonstrou grande amor pela Igreja e pelo mundo. Teve importante atuação religiosa e social no seu tempo, século XIV, apesar de ter vivido apenas 33 anos. Nos dez últimos anos de sua vida, a jovem leiga ligada à Ordem Dominicana escreveu ou ditou 382 cartas sobre os mais diversos assuntos, mas sempre marcadas pela linguagem clara e lógica, e pela sabedoria e profundidade teológica que a conduziram ao posto de Doutora da Igreja. Esta obra apresenta integralmente as cartas de Santa Catarina, revelando o espírito vibrante, conciliador e surpreendente que a tornou exemplo de fé e de vida no seu tempo e hoje.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo fraterno: Ética e técnica

por Marlon Reikdal

Como acolher os que buscam no espiritismo o consolo para suas dores e solução para suas dúvidas? O atendimento fraterno é a porta de entrada ao Centro Espírita. Realizá-lo de forma adequada requer estudo, reflexão e planejamento. Ética e técnica precisam estar em sintonia para que o alívio e esclarecimento cheguem aos corações sofredores e produzam resultados. Este trabalho, pautado nas diretrizes da doutrina espírita, especialmente nas obras de Allan Kardec, Manoel Philomeno de Miranda e Joanna de Ângelis, sob o farol seguro dos ensinamentos do mestre Jesus, apresenta valioso estudo e roteiro àqueles que se dedicam à tarefa de acolher e ouvir.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Religião e diálogo inter-religioso

por Anselmo Borges

Há quem anuncie o fim da religião. Outros, porém, constatam o seu regresso. Mas o que é a religião? Donde provém? Pode-se ser religioso e ateu ao mesmo tempo? Por que há muitas religiões? A religião está vinculada à violência? Qual o lugar da religião na escola pública? As sociedades são cada vez mais multiculturais e multi-religiosas. Tornou-se claro, como há anos vem proclamando Hans Küng, que não haverá paz no mundo sem paz religiosa. Mas não pode haver paz entre as religiões sem diálogo inter-religioso e uma ética mundial. Este livro responde a estas e outras questões. Na primeira parte, percorre o caminho para uma definição de religião. Na segunda, estuda as condições de possibilidade para o diálogo entre as religiões. Uma síntese rigorosa e acessível sobre uma temática candente.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Ludicidade, formação de professores e educação matemática em diálogo

por Américo Junior Nunes da Silva

Ludicidade, Formação de Professores e Educação Matemática em Diálogo apresenta a ludicidade como um dos saberes importantes à docência e oportuniza a (re)significação da prática em busca de estratégias que favoreçam o processo de mediação do conhecimento, tendo em vista atender às necessidades demandadas pelas escolas. Que esta leitura se constitua lúdica para vocês, leitores, e esperamos que inúmeras aprendizagens, reflexões e práticas nasçam a partir dela.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo Do Pensamento: ... O Pensamento Em Poesia!

por Edson Tavares

Diálogo do Pensamento é um livro de poesias que procura levar o leitor a refletir sobre sua vida, seja no contexto familiar ou nas amizades, nos seus sentimentos ou nas suas relações, no contexto social ou na sua vida de fé. Neste livro, de forma poética, o autor pretende abordar assuntos que compõem o cotidiano das pessoas.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo das grandezas do Brasil: Primeira edição do apógrafo de Lisboa

por Caesar Sobreira

Diálogo das grandezas do Brasil é um texto fundamental da história do Nordeste e do Brasil. Foi escrito em 1618 por um português anônimo radicado há muitos anos em Pernambuco. O texto é um diálogo entre dois portugueses, um recém-chegado e outro há décadas vivendo na Nova Lusitânia. Os argumentos descrevem a terra, a fauna, a flora, a economia, os minerais, o sistema de governo, os órgãos judiciários, os habitantes e seus costumes. Um verdadeiro tratado histórico-antropológico de inestimável valor a coroar o patrimônio da cultura nacional.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo de valor

por Ricardo de Souza

Cortar despesas, tomar decisões de investimentos, mudar o padrão de vida, e tantas outras dicas, na teoria pode parecer fácil, todavia na prática não é tão simples assim. Toda grande mudança, ideia ou educação (no caso a financeira) inicia-se em um diálogo, e é exatamente isto que este livro propõe. De um modo simples e fácil de entender, e sem abrir mão da qualidade e da presença de conceitos essenciais, o autor Ricardo de Souza aborda o tema da vida financeira e suas complexidades, da forma que um bom diálogo deve ser: simplesmente educativo e educativamente simples

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Quimeras em diálogo: Grafismo e figuração na arte indígena

por Carlo Severi

O grafismo e a figuração na arte indígena são temas de reflexão de diversos especialistas em Quimeras em diálogo. Organizada por Els Lagrou e Carlo Severi, a obra é pioneira na abordagem profunda e rigorosa sobre o grafismo ameríndio e sua relação com os suportes sobre os quais se aplica e que a constituem. "Quimeras em diálogo" reúne textos que exploram dois tipos de relação entre grafismo e figuração num universo marcado por uma ontologia que tem o xamanismo como sua prática ritual constitutiva: a relação entre grafismo e a figuração (e/ou desfiguração) dos corpos, por um lado, e a relação entre cognição e percepção, por outro. A obra reflete sobre como a imagem surge como instrumento de mediação entre os lados visível e invisível do mundo fenomenológico. A relação entre ritual ameríndio e criação artística e as transformações entre música, ritmo, movimento e grafismo no contexto da performance ritual são outros destaques. Propondo uma antropologia da percepção – que analisa o estatuto e a agência da imagem na sua relação com o universo cognitivo particular no qual opera – a obra reflete sobre o particular minimalismo figurativo presente na arte ameríndia, que sugere muito mais do que aquilo que expõe. Uma arte que leva ao extremo a tensão entre imagem material e imagem mental, tendendo a uma abstração que oculta uma figuração virtual.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo de civilizações: viagens ao fundo da história, em busca do tempo perdido

por João Gouveia Monteiro

Este livro constitui a memória do Colóquio "Ocidente, Oriente: diálogo de civilizações", organizado pela Reitoria da U.C., em Outubro de 2003. Nele colaboram 13 autores, para além de João Gouveia Monteiro (Pró-Reitor para a Cultura da U.C., que assina a Introdução) e do Embaixador João de Deus Ramos (Administrador da Fundação Oriente, que escreve o Prefácio). A obra pode ser subdividida em quatro territórios distintos: i) um conjunto de quatro textos de grande fôlego, assinados por: Gérard Dédéyan (professor da Universidade de Montpellier e que apresenta uma síntese das relações entre o Ocidente e o Oriente, desde a Grécia antiga até à atualidade); Luís Filipe Thomaz (diretor do Instituto de Estudos Orientais da Universidade Católica Portuguesa, que escreve sobre a Ásia do Sueste, visando demonstrar a inaninade dos conceitos tradicionais de 'Ocidente' e 'Oriente'); Cláudio Torres (diretor do Campo Arqueológico de Mértola, que põe em causa a conceção tradicional da conquista muçulmana da Península Ibérica e da Reconquista que se lhe teria seguido); e María Jesús Merinero (professora da Universidade de Cáceres, que explica em que consistem os "islamismos" e analisa o perfil de movimentos terroristas como a al-Qaeda e o grupo de Bin Laden); ii) três textos curtos cruzando olhares sobre o Oriente, da Índia à China e ao Japão, assinados por Carlos João Correia (professor de Filosofia das Religiões da Universidade de Lisboa), João Paulo Oliveira e Costa (presidente da Associação de Amizade Portugal-Japão) e Paulo Varela Gomes (professor no Departamento de Arquitetura da Universidade de Coimbra). iii) três pequenas intervenções em torno do problema do diálogo inter-religioso no mundo de hoje, a cargo de Frei Bento Domingues (sacerdote dominicano), Faranaz Keshavjee (docente do I.S.C.S.P. e membro da comunidade muçulmana ismaelita) e Joshua Ruah (médico e membro da comunidade israelita de Lisboa); iv) três breves reflexões acerca da situação internacional, no plano político e geo-estratégico, da autoria do Professor Adriano Moreira, do General Pezarat Correia e do Professor Azeredo Lopes (todos eles comentadores bem conhecidos do público português).

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Língua Portuguesa e Direito em diálogo: práticas interdisciplinares no Curso Técnico em Administração para a formação integral dos alunos

por Victor Gagno Grillo

A formação de um técnico em administração requer conhecimentos variados e o desenvolvimento de estratégias argumentativas, mas a sua apropriação nem sempre é possível pelos estudantes diante da fragmentação de conteúdos. Assim, a efetivação de práticas interdisciplinares no Curso Técnico em Administração pode favorecer a formação integral dos alunos, englobando conhecimentos teóricos e práticos a partir de um diálogo entre as disciplinas do currículo. Por sua vez, a utilização de gêneros do discurso na prática educativa é uma possibilidade de promover essa formação mais ampla dos estudantes, pois o trabalho com determinados gêneros pode conduzir ao conhecimento do cenário profissional em cuja atuação se dará. Assim, a pesquisa investiga como a utilização de práticas interdisciplinares entre Língua Portuguesa e Direito, envolvendo gêneros do discurso, pode favorecer a apropriação de conhecimentos e a prática profissional dos alunos do Curso Técnico em Administração com foco na sua formação integral.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo Com Ina

por Giovane Silva Santos

SINOPSE Livrinho de bolso contendo 22 textos, estes em prosas a que remete um diálogo e mensagem dedicada a um ente querido, Janaína, que prefere ser chamada de Ina é que dedico esse trabalho e com imenso carinho retrato alguns pensamentos e sentimentos referente a nossas variadas conversas e o entendimento no que refrigera a vida.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo Acerca Da Verdade

por Roberison Wittgenstein Dias Da Silveira

Era um início de tarde, se reuniam colegas de toda parte num espaço de discussões de uma grande Universidade. Ali, no ambiente propício a divagações, uma conversa chamou a atenção de muitos, não só pela importância do tema, mas pela envergadura daqueles que discutiam. E como se todos parassem por um longo tempo as suas atividades para acompanhar o que acontecia, quatro homens conversaram entre si a respeito da verdade. Este livro apresenta o diálogo deste encontro, uma conversa que se estende a vocês, leitores, para que se reconheçam em algum dos interlocutores ou em nenhum deles, quem sabe? O importante do livro é que percebam a relevância do que ali se discutiu e a pertinência do assunto num tempo que há de vir, porque é chegada a hora da verdade e ela vem, inapelavelmente. Da parte do autor, fica o convite para uma boa leitura, uma conversa proveitosa que durou um fim de tarde, mas que talvez renda ao amigo leitor o caminho para uma nova vida.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo, reflexão e prática: abordagem objetiva para o iniciante em finanças

por Marchesi Cristina

O leitor conhecerá a origem secular das finanças e seus principais teóricos, os diferentes tipos de empresas e suas necessidades específicas, o funcionamento do departamento financeiro e suas múltiplas ramificações. Diálogo, reflexão e prática: abordagem objetiva para o iniciante em finanças uma publicação voltada para estudantes e profissionais das áreas de finanças, matemática e contabilidade. É referência valiosa para empreendedores de pequeno, médio e grande porte e ainda complementa o conhecimento de investidores no mercado de ações.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo dos oradores

por Cornélio Tácito

Em Roma, a oratória havia sido sempre a grande escola de formação de cidadãos de liderança, mas essa oratória entrou em declínio, nos termos em que o aponta a inquietação inicial de Fábio Justo, a quem Tácito vai responder. Ora, concentram-se aí todos os pontos que o Diálogo põe em discussão: os papéis políticos da oratória e do orador, a importância social e cultural da poesia e sua indissociabilidade das outras áreas de conhecimento que fazem parte da formação de um cidadão; a "decadência" da oratória, na sua correlação com a decadência das instituições de ensino e das práticas pedagógicas utilizadas na formação do orador; a baixa estima que essa escola suscita entre os jovens; os fatos de ordem política responsáveis por esse alegado declínio.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo Das Mentes

por John Taylor Paiva

Diálogo das Mentes é baseado no que os pensadores científicos propagaram a respeito dos poderes da mente, onde é proposto que o homem tem o Poder de Decisão e o Instrumento que executa o que ele determina.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Justiça e comunicação: o diálogo (im)possível

por Rita Basílio Simões

A porosidade crescente das fronteiras entre os campos da Justiça e dos media pode ser pensada por referência às exigências do tempo presente. Dificilmente as sociedades contemporâneas se compadecem com uma visão da Justiça fechada sobre si mesma e sobre a estrita racionalidade que orienta a sua administração, exigindo pelo contrário um crescente escrutínio das decisões judiciais. A Justiça vê-se, por conseguinte, forçada a adotar práticas discursivas de maior transparência e clareza, de modo a poder explicar-se perante o público e os media. Trata-se, simultaneamente, de sociedades que carecem de uma estrutura de mediação da realidade social e da formação da opinião comunicativa, que amplificam, quer por gerirem, num espaço público alargado, as trocas comunicacionais desenroladas nos demais campos da vida coletiva, com os quais constroem uma multiplicidade de relações. Não obstante as áreas de tensão que se espraiam, a Justiça e os media estão, pensamos, em condições de construir diferentes patamares de entedimento. E estão-no não apenas numa dimensão normativa, devido às responsabilidades públicas de ambas as instituições nas democracias contemporâneas, como também numa igualmente importante dimensão empírica, como este livro procura demonstrar. De facto, ao suscitar a reflexão sobre as fronteiras que aproximam e separam os planos da deliberação pública formal, representada pelos tribunais, e informal, represnetada pelos media, a coletânea de textos que ora se apresenta redime precisamente a teorização tradicional neste domínio de um revivificado ceticismo. 

The growing porosity of the boundaries between the justice system and the media should be considered with reference to the demands of the present age. It is difficult for contemporary societies to deal with a justice system that is closed in upon itself and oriented by a strict rationality. They demand more scrutiny of judicial decisions, clearer and more transparent discursive practices, and more accountability to the public and the media. However, these societies do not have any structure for mediating social reality and the formation of communicative opinion, which means that the communicational exchanges that take place in the various fields of collective life are amplified by being managed within a broad public area and used to construct a multiplicity of relations. Despite the areas of tension involved, the justice system and the media are, we believe, in a position to foster a better understanding, not only on a normative level, given the public responsibilities accruing to both institutions in contemporary democracies, but also empirically, as this book attempts to show. In fact, by stimulating reflection about the boundaries that join and separate the different levels of formal public deliberation, as represented by the courts, and the informal level represented by the media, this collection of texts manages to redeem the traditional theorization in this domain from a revived scepticism.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

DiÁlogo Com A Luz (Volume I)

por Saulo Caravasco Salvatori

Nesta obra buscaremos traçar uma jornada, longe de ficções, em torno do saber sobre a Ontologia da Luz. Uma reflexão sobre o ser, sua essência, seu gênero supremo e seu mundo. Onde a dor e o sofrimento, como tudo o que é da ilusão, são meros efeitos, reações de nossas ações. Hoje no sintonizamos exclusivamente com as energias que estabelecemos afinidade, inclusive de nossas cocriações mentais e crenças limitantes, que minoram o grau de perfeição do Plano Divino por meio de nossa nebulosa cegueira espiritual. Mas há de haver muito cuidado, pois tudo o que reafirmamos passa a ser uma “verdade” para nós. Nesse contexto e infelizmente, acabamos por projetar um pseudossistema evolutivo que perdura ainda hoje. Uma irrealidade paralela! Um conjunto de inverdades, um lapso ilusório temporal aprisionador e limitador da evolução humana. Uma ruptura entre o próprio ser e o que é de fato real, onde os sentimentos “negativos” poderiam se dar em razão de nossa salvação, se não tivéssemos dado a eles o sentido de nossas vidas, no equilíbrio dinâmico do qual somos parte essencial! Atentemo-nos, pois em todo sentimento “negativo” existe um ato de não reconhecimento de uma verdade. E é daí que surgem as desvirtudes, as desumanidades e o mal. Desse modo, somos nós que devemos conter o progresso do mal humanamente criado. Ainda em todo esse contexto, talvez o maior mistério de nossas vidas sejamos nós diante de nós mesmos, de nossas crenças. Será que se nos conhecêssemos nos reconheceríamos? O que diríamos ou aprenderíamos com nós mesmos? Como está se dando o diálogo consigo mesmo e em torno das verdades da Luz Divina...? O ouro que buscamos não se encontra na obscuridade, mas em nossa essência iluminada e natureza divina, como uma eterna verdade apenas ignorada devido às nossas próprias sombras ou ilusões. E a palavra chave desta Nova Era ou novo momento evolutivo é consciência; e consciência se faz com as verdades. Verdades estas que se revelam e se desvelam por meio da Luz Divina. Ademais, resignar-se às sombras ilusórias não é alcançar a verdade, mas tão somente se sujeitar à consciência não iluminada. Ponderemos se estamos compreendendo, em verdade, o sentido da vida e de nossa existência. Mais informações em: Facebook: Saulo Caravasco Salvatori Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCIUphRMtGCtEkr7Gz_uAqyw E-mail: saulocaravascosalvatori@gmail.com

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo com Gestores: Desafios e Estratégias em RH

por Adriana Cristina Ferreira Caldana

As organizações de hoje não podem se dar ao luxo de ter uma área de RH que não contribua para liderar o pensamento moderno e contribuir para aumentar a lucratividade da empresa. Essas novas demandas sociais afetam o gestor de RH e precisam ser exploradas e debatidas com o intuito de solucionar desafios e criar oportunidades. O papel do gerente, diretor ou executivo de RH deve ser paralelo às necessidades de sua organização em mudança. Organizações de sucesso estão se tornando mais adaptáveis, resilientes, rápidas para mudar de direção e centradas no cliente. Nesse ambiente, o profissional de RH, considerado necessário pelos gerentes e executivos, é um parceiro estratégico, um patrocinador e defensor dos funcionários e um mentor de mudanças. Assim, o objetivo deste livro consiste em descortinar as estratégias inovadoras para fortalecer a retenção de empregados no cenário atual, utilizando-se para isto, da técnica de pesquisa qualitativa denominada grupo focal, aplicada a Gestores de Recursos Humanos de renomadas empresas que atuam nos mais diversos setores do mercado internacional, com o propósito de conhecer as opiniões, percepções e comportamentos relativos ao tema.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Romance como diálogo na filosofia de Shaftesbury

por Lygia Caselato

Neste livro, a autora procura seguir a pista indicada por Cassirer, segundo a qual o pensamento de Shaftesbury antecipa o Romantismo, mas sem remontar como ele sua origem aos moralistas de Cambridge, e sim à leitura que Shaftesbury faz de Platão e do diálogo antigo. Percorre então, no primeiro capítulo, a ligação entre o"Solilóquio" e a herança clássica deixada pelas poéticas de Horácio e Aristóteles. No segundo capítulo, explana a visão platônica da poesia, a poesia em Platão e o diálogo socrático, explorando a relação entre o diálogo e a herança platônica. No terceiro capítulo apresenta a contribuição de Shaftesbury para a história da filosofia, ao apresentar o romance como um novo gênero filosófico e moral, e também para a literatura, ao reelaborar o diálogo socrático com romance, e reinventar os fundamentos que estão na origem da formação do romance moderno,

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo e Escuta II: Edição Atualizada, Edição 2

por Dom Julio Endi Akamine

Livro com reflexões em artigos publicados na imprensa de autoria do autor. Uma série de trinta artigos selecionados com temas de interesse de jovens e adultos.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Arquitetura em diálogo

por Alejandro Zaera-Polo

O livro reúne dez entrevistas realizadas por Alejandro Zaera-Polo, entre 1992 e 2000, para a renomada revista El Croquis com grandes nomes do meio arquitetônico – entre eles Rem Koolhaas, Frank Gehry, Jean Nouvel e Álvaro Siza. Figura muito atuante na área acadêmica e autor de renomados projetos, Zaera-Polo faz uso de seu extenso repertório e transforma cada entrevista em um profundo debate sobre método, técnica e posicionamento teórico, revelando as diretrizes principais do pensamento e da prática de seus interlocutores, que se mostram bastante heterogêneas. Boa parte dos entrevistados se tornaram starchitects – arquitetos cujo alcance midiático é comparável ao de celebridades e cujas obras despertam a atenção pelo design arrojado e inovador. Seus projetos influenciaram de maneira significativa a área e suas posições teóricas continuam a desempenhar um papel relevante no entendimento atual da prática. Embora sejam criticados por terem concebido edifícios autorreferentes e pouco voltados para as pessoas e a cidade, seus projetos recentes foram pensados de modo mais integrado e representaram uma inovação importante para o modo de funcionamento da disciplina. Segundo o arquiteto Martin Corullon, organizador do livro, a coletânea é "um retrato histórico da gênese de um período muito profícuo para a produção arquitetônica", sendo uma importante obra de referência para se compreender o início da produção de escritórios ainda muito atuantes no meio. A edição conta com apresentação de Corullon, na qual ele introduz os principais pontos a serem tratados nas entrevistas, que são dispostas de forma cronológica e acompanhadas de imagens referentes aos projetos mencionados.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro

Diálogo entre a vida, Deus e o Esteves

por Abel Dias

A minha obra, simplesmente, é uma anti-obra, escrita por alguém que não existiu. Um eu forjado por um dom dado, o eterno dom de sonhar. Só assim deste modo seria possível ser criado o que quer que fosse. Se algo a obra tem de seu, é tudo o que, em circunstâncias normais, nunca poderia ter sido erguida, nunca poderia sequer ser algo. Assim, tal como a própria obra em si, os respectivos personagens são produto de uma não realidade, uma realidade exterior ao nome que possam vir a ter. São produto da capacidade produtiva para criar, somente criar o que já foi criado. Ou seja, a sua existência já existia. A única criação exterior a essa já concebida, foi a maneira como, irreais, essas personagens se diluíram da essência que as assemelha: criação do sonho. Todos esses personagens têm vidas próprias dentro deles, vidas que dariam uma mútua realização do seu mundo, o mundo do real em que o Homem está muito longe de o vir, literalmente, a conhecer, literalmente a desvendar. Todos eles dariam, certamente, matéria de investigação para muitos bons e largos anos, cada um na sua própria contingência, na sua própria índole onírica. Todos são parte integrante de um eu disperso, um eu vário resumido numa unidade elementar. Um eu múltiplo como o universo.

5/5.00 Leia o livro de graça
Compre o livro
Nosso objetivo é que você goste de Livros De Diálogo e passe horas e horas lendo. Ler é um dos maiores prazeres da nossa vida e queremos que o acesso à literatura seja muito mais fácil e adequado para todos. Por este motivo, em nosso site você encontrará Livros De Diálogo que possuem uma versão totalmente gratuita ou com capítulos gratuitos para que você possa decidir com antecedência se deseja ou não investir dinheiro nesta leitura.
Os Livros De Diálogo que colocamos à sua disposição são livros muito valorizados pelos leitores e têm sido recomendados. Assim, você poderá ler apenas o melhor dos melhores e desfrutar de uma leitura empolgante, interessante e envolvente do início ao fim.

No booksbonus.com você encontra o Livros De Diálogo gratuito e online para que possa desfrutar da leitura de uma forma mais gratuita e acessível a todos. Porque somos apaixonados por palavras, apaixonados por letras, apaixonados por livros.

Temos outras categorias. Dê uma olhada!

Livros De Madrigais
Livros De Melodrama
Livros épicos
Livros De Farsa
Livros Tragicomédicos
Fábulas Grátis
Livros De Epigramas
Livros épicos
Livros Gênero De Oratória
Livros De Biografia
Livros De Comédia
Hinários
Livros De Poemas Didáticos
Livros De História
Hinários
Ode Books
Novos Livros Educacionais
Novelas Grátis
Livros De Poemas épicos
  • Information About Cookies